* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

terça-feira, janeiro 29, 2013

Aumento de 6,6% na gasolina.

E o governo da Gerentona incomPTente, acaba de anunciar o aumento de 6,6% no preço da mais vagabunda e cara gasolina do planeta.
Aqui na Baixada, a comum sem o aumento, já está beirando pela casa dos R$ 2,70, isso porque o governo não "aumentava" os preços "oficialmente" desde sei lá quando. 
Imaginem se tivesssem acompanhado a inflação...Estariamos pagando 5 paus no litro, com certeza.
Além de ser a mais cara do planeta ainda vem batizada em 25% de álcool, ou seja, voce compra 1Litro de gasolina, só leva 750 ML e paga preço cheio. O restante é alcool e água que enfiam no seu tanque.
Mas tudo bem, nos feriados de carnaval o povaréu vai entupir as estradas chacoalhando a bunda e gritando skindô..skindô...ziriguidum!!
Nem vai lembrar do aumento dos combustíveis.
E viva a pocilga do povo burro e arrogante que só olha para o próprio umbigo!!!! 
E o mais interessante é que a Dentuça não fez pronunciamento em rede nacional de rádio e TV, para falar dos aumentos nos combustíveis, assim como ela fez quando inventou a falácia da queda de preços nas tarifas de energia elétrica.
E nem veio à público explicar que, ou aumentam os combustíveis, ou a PTroubrás quebra por conta das trampolinagens que transformaram a estatal no maior cabide de empregos para a cumpanherada vermelha nuncaantesvistonahistóriadestepaís!!!

PETROBRÁS, Privatização já!!!   


E no mais

PHOD@-SE!!!

........................................................................


Share/Bookmark

Um comentário:

Anônimo disse...

PresidANTA 171.
É SÓ GOLPE, EM CIMA DE GOLPE!

30/01/2013

Luz aumentou antes de Dilma
anunciar redução


Empresas de energia passaram a reajustar tarifas tão logo a presidenta Dilma anunciou em outubro a intenção de reduzi-las. Já em novembro, a Agência Nacional de Energia Elétrica autorizou um reajuste de 12%, mas alguns estados, como o Rio de Janeiro, segundo queixas de consumidores, aumentaram a conta de luz até 27,5% antes de Dilma informar na TV, dia 23, que as contas seriam reduzidas em até 18%.

www.claudiohumberto.com.br