* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

quarta-feira, janeiro 11, 2012

"Estudante" que levou tabefes da PM quer a exoneração dos puliça.

E fecharam a boca de fumo na USP
Após levar alguns bem dados tabefes da PM, o "estudante" de ciencias da natureza, (ciências da natureza? háháhá!!)
Agora virou celebridade dos sem noção e dos babacas de sempre, já começou a desandar em vomitar asneiras. Entre outras coisas vai querer uma indenização, em dinheiro, é claro. E quer também a exoneração dos policiais que encheram aquele fucinho esfumaçado de porradas.
O "estudante" tem 31 anos, é vocês leram direito, TRINTA E UM ANOS, e que estuda na USP LESTE estava a 30KM do seu campus, e é reincidente em presepadas porque já havia sido preso na ocupação da reitoria no ano passado.
Bom moço esse hein?
E o governador picolé de chuchu demonstrando uma covardia absurda e um servilismo eleitoreiro odioso, já sinaliza nas entrevistas que os puliça irão se phoder, e o "estudante" vai sair de cú lambido dessa situação.
Agora, o que causa realmente estranheza é que a ficha escolar desse cidadão não vem à público. O cara tem 31 anos, faz uma porra de um curso de merda, vive enfiado no centro de vivência, ou, "boca de fumo" da cidade universitária.  E depois diz que é "estudante"? 
Reiterando. ele estava a 30 KM do campus onde ele "supostamente" estuda.
Só não vê quem não quer.
O "estudante" já recebeu apoio de um padreco comunistóide PTralha, que está tentando virar a situação para racismo. E alguns orgãos totalmentye inuteis para a sociedade brasileira, como a OAB, se posicionam favoravelmente ao "estudante".
Certamente que o PM abusou um pouquinho na truculência, só que a imensa maioria da população está de acordo com a polícia, então, nada mais justo do que colocar para o público a situação estudantil do saco de pancadas. Só após a apresentação do histórico do cidadão é que poderiam tirar conclusões e fazer juízo de valores. Pois é notório que o "estudante" é um tranqueira e agitador que se infiltra na USP para trabalhar em favor das Ratazanas Vermelhas. 
E não custa nada a secretária de segurança de SP apresentar o atestado de antecedentes do "ofendido" aluno.
O que importa na verdade é que após essa confusão toda, a USP conseguiu fechar a boca de fumo, o reitor sai dessa sem nenhum arranhão, os fumetas vão continuar fumando em outro lugar, e quem se phodeu de verde e amarelo foi o PM que só estava lá como boi de piranha da hipocrisia de um governador do estado frouxo e servil, e da covardia do comando da PM.

E nas próximas eleições só vota em Tucano quem for muito otário.
VOTO NULO JÀ!!!!

E PHODA-SE!!!

........................................


Share/Bookmark

14 comentários:

Andreia disse...

O sujeito foi abordado pelo policial não porque era negro e sim porque parecia mais um marginal do que um estudante. Quando foi perguntado se era estudante e para mostrar suas credenciais porque não mostrou? Queria realmente a confusão, porque são baderneiros, destruidores da ordem pública. Quem precisa e quer estudar na USP não tem como passar no vestibular mas essas figuras exóticas entram com uma facilidade incrível! Agora ele quer exonerar do seu cargo um pai de família que estava no cumprimento do seu dever e encontrou um menino "birrento" pela frente fazendo manha. Rídiculo! APOIO A PM!

Anônimo disse...

É necessário saber o que este "estudante" (?!) estava fazendo no local e o que falou ANTES da gravação. Em momento algum o policial mostrou ato de racismo, e sim uma violência desnecessária. Esses baderneiros da USP, sustentados pelos nossos impostos, precisam estudar mais e deixar de dar trabalho para a polícia.

Paulo disse...

Primeiro que o cara não é negro nem aqui nem na China, segundo que o policial deveria ter prendido por desacato, terceiro que ele estava a 50km. do seu campus e finalmente deveriam acabar com o curso de ciências da natureza, eufemismo p/ maconheiro. Ah, os policiais deveriam ter revistado todos, achou um baseado é cana.

Hellen Souza disse...

Me desculpem pelo que vou falar, mas se OAB e MP se intromentem só pra ferrar PM, pq eles não vão la tirar esses "estudantes marginais" com as próprias mãos então ??? Esses órgãos só servem pra criticar, vão ficar defendendo um arruaceiro que acha que a USP é a casa dele e faz o que bem quer !!! E qto ao Sr. Governador, tome um pouco de vergonha na cara, pq a situção dessa Universidade é vergonhosa. Esses estudantes estão se achando no Direito de tomar um lugar público, fumar maconha e ainda acha que pode expulsar um PM que deve estar de saco cheio dessa atitude de criança.

Anônimo disse...

Sandro Luciano

Que bonito hein? as comissões de direitos humanos já entraram em polvorosa; e essa de racismo? quer dizer que eu não posso brigar com um negro que eu sou racista? na petulância do estudante as comissões de direitos humanos não dão um pio; é por essas e outras que a criminalidade está assim no Brasil, não se respeita a polícia, sobra pra quem? para o cidadão classe média que não tem tempo de afrontar policiais e que fica à mercê da bandidagem

Anônimo disse...

Só o que me faltava, o maconheiro QUER! hahahhaha da licença né, ele querer é uma coisa, mas ta se achando muito importante. E na minha opinião se fosse pro PM ser exonerado tinha que ter dado uma coça muito maior nesse nóia

William disse...

Cacete nesses baderneiros...espulsão da USP, cheia de vagabundos travestidos de estudantes...

Anônimo disse...

O problema do voto nulo é a integridade das nossas urnas eletrônicas. Se você quiser ter mesmo a certeza de que não votou em ninguém, na minha modesta opinião, não vá até a sua secção votar. Ou vote em alguém que notoriamente não vai nem de longe eleger-se. A multa é titica.

Anônimo disse...

Grande Mascate!
Como disse o comentarista Paulo e pelo que vi na TV, o cara não é negro ôrra nenhuma! Tá mais prá pardo.
Ainda bem que existe seu site para desfazer a alienação da TV paga pelos comunas.
A propósito, o que faz um cara formado em ciências da natureza? Respondo: Torna-se um FISCAL DA NATUREZA, que a gente denominava o cara que não fazia ôrra nenhuma na vida, tudo a ver...
Quanto ao policial, merece uma medalha, cumpriu a missão, pois só depois disso a boca de fumo foi fechada, afinal, esse tipo de gente só se combate é na porrada mesmo! Os caras são mestres em conversinha fiada. Esse foi o legado do Zé Dirceu.

José T. S.

Anônimo disse...

Agora a vaca foi pro caraleo de vez.
Se o carinha for pardo, negro, japa, china, "Homoafetivo" ou qualquer outra coisa diferente de você vai poder te ofender, chingar a mãe, chutar a tua canela e tá livre de tomar umas porradas nas fuças senão vc é preso por racismo. Vão se phoder.

Anônimo disse...

Mascate
Na minha época era sonho de todo vagabundo ser Fiscal da Natureza ( passar o dia todo na praia)Atualmente já tem até curso universitário pago pelos idiotas, digo, contribuintes! Que porra é essa?
Presta atenção.
Em breve esse cabeça de merda será lançado para deputado fedemal ou estadual pelo PT com "simbalo" da luta dos oprimidos contra aszélites e ganhará com os votos da minorias e simpatizantes. Paizinho do caraleo.
Phodam-se

Anônimo disse...

Esse vagabundo deve achar que a coisa publica é só dele. Bom se é publica é mantida também com o meu dinheiro, portanto é minha também, e eu quero mais é que ele vá fumar seus baseados na casa do caraleo e deixe em paz quem está estudando ou no exercicio de suas funções, no caso o policial que nada mais fazia do que atender solicitação.

Carlos, o vira-lata disse...

É a tática da regra de três( desenvolvida pela propaganda nazista) em ação:
1- criam um factóide:
A PM agrediu um estudante.
2- Convocam uma autoridade ou especialista para opinar e reafirmar o factóide:
Entrevistaram um frei, que afirmou que o caso era de racismo.
3- Apresentam a solução:
A exoneração do PM agressor e a retirada da PM da USP.
Claramente uma matéria paga no JN.
Pergunto: Quem pagou,com que dinheiro e com que objetivo?
Bonner, editor chefe, deixa passar matérias tendenciosas, ou será que recebeu por fora?
E esse frei babaca, fomentador do racismo, o que ele tem a ver com essa estória? O caso não é de racismo,e o PM não agrediu o estudante( apenas retirou do recinto), mas de um miliciano ligado aos partidos comunas cuja unica finalidade é promover arruaça. Esse malandro não é estudante porra nenhuma. Meus filhos estudaram na USP, tentei vaga para eles no alojamento da Universidade e não consegui, as vagas são ocupadas por esses malandros esquerdistas, fumetas, ligados principalmente ao PT, aliás muitos professores também são ligados ao PT. E o reitor porque não expulsou o malandro, que inclusive é reincidente em invasões?

"O Mascate" disse...

Carlos O Vira Lata
Simples o reitor não expulsou o traste da USP porque no mínimo a covardia do governador assim o determinou.
E os dormitórios da universidade são terreno livre para po tráfico de drogas. O mundo sabe disso.
E o estudante no episódio com o PM fez direitinho a lição de um esquerdofrênico PTralha que usa a USP como trampolim político.