* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

segunda-feira, agosto 31, 2009

Da série, POTAQUEPAREU!!!!

FUTURO DO BRASIL??!!??!!
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!

Com esse trio qual país pode ter futuro?


Uma Sinistra terrorista, um velho coroné corrupto e safado, e o Imperador de Garanhuns Dom Lulla LI O èbrio.


Até para tirar fotografia os caras são desonestos.

Share/Bookmark

O Incra também le o O Mascate.


Domain Name embratel.net.br ? (Brazil)
IP Address 200.252.81.# (INCRA/INSTITUTO NACIONAL DE COLON E REF. AGRARIA)
ISP Embratel
Location
Continent : South America
Country : Brazil (Facts)
State/Region : Distrito Federal
City : Braslia
Lat/Long : -15.7833, -47.9167 (Map)
Language Portuguese (Brazil)
pt-br
Operating System Microsoft WinXP
Browser Internet Explorer 7.0
Mozilla/4.0 (compatible; MSIE 7.0; Windows NT 5.1; .NET CLR 1.1.4322; .NET CLR 2.0.50727; .NET CLR 3.0.4506.2152; .NET CLR 3.5.30729)
Javascript version 1.3
Monitor
Resolution : 1024 x 768
Color Depth : 32 bits
Time of Visit Aug 31 2009 10:03:38 am
Last Page View Aug 31 2009 10:03:38 am
Visit Length 0 seconds
Page Views 1
Referring URL
Visit Entry Page http://o-mascate.blo...tro-do-cofre-do.html
Visit Exit Page http://o-mascate.blo...tro-do-cofre-do.html
Out Click
Time Zone UTC-4:00
Visitor's Time Aug 31 2009 10:03:38 am
Visit Number 84,099"
.
Atá no Incra tem leitores d'O Mascate.
Vão trabalhar cambada!!!!


Share/Bookmark

DNA misturado pode dar merda.

Cientistas da Venezuela estão sendo procurados pelas polícias de diversos países por haverem feito desastradas experiências genéticas e misturado em um mesmo tubo de ensaio os DNAs, de Hugo Loko Chavez e do "bispo" da IURD Há há há...Pedir Maiscedo.

O resultado da mistura genetica, células tronco e colifórmes fecais foram inseminados artificialmente em uma fêmea de macaco aranha que acabou dando a luz a um pequeno ser totalmente teatral e barulhento (DNA Loko Chavez), manipulador e explorador da fé (DNA Pedir Maiscedo).

Um pequeno ditadorete da fé que berra em nome de Jesus, como se o homem lá de cima fosse totalmente surdo...
...e os aqui de baixo totalmente idiotas.

.


Alinhar ao centro

Share/Bookmark

domingo, agosto 30, 2009

Não é só o Sebento que dá vexame quando enche o fucinho.

Seria cômico se não fosse tão patético.

Nem mesmo lendo a letra, a decadente "cantora" há há há... Vónusa conseguiu deixar de avacalhar com o Hino Nacional Brasileiro, e também com o 1º Encontro Estadual dos Agentes Públicos.
Realizado na Assembléia Legislativa do estado de SP.
.
O Hino Nacional é a expressão máxima de patriotismo do povo brasileiro e TODO cidadão tem por obrigação conhecer e saber muito bem cantar o hino.
.
Não é só o Batráquio Sebento que gosta de uns goró.
.
Parece que a decana decadente artista também é chegada em dar uns "tapas no gato" mas, que pelo que parece, ela espancou o bichano.
.
Totalmente sem voz, sem postura, e o pior, sem saber o que estava fazendo ali.
.
Que vergonha!!!!
Assistam ao vídeo e tirem suas conclusões.



Apenas para lembrar.
Vónusa, aquele alemão que te deixa louquinha se chama Alzheimer.

Share/Bookmark

sábado, agosto 29, 2009

Se for pobre, é puta, se for rica, é artista....

O que dizer dessa situação grotesca e hipócrita?

Uma jovem educadora baiana, com o fucinho cheio de goró resolveu se expor em público e acabou caindo em desgraça.

Perdeu o emprego, alguns amigos, parentes, dignidade, privacidade e bom senso.

No Brasil, como dizia Drummond, a inteligência abunda.

O que mais incomoda nessa situação na verdade, não é o comportamento imbecil da jovem, e sim, os desdobramentos da sociedade hipócrita, falso-moralista.

O Brasil é o país da bunda, ainda agora assistí a três jovens de classe média em reduzidissimos trajes rebolando diante das cameras de TV em rede nacional em uma pseudo competição de "bambolê virtual", mais uma vez entre "torcidas de futebol", a representante que conseguir rebolar por mais tempo será sagrada campeã(?)..

No BBB as candidatas à capa da Playboy se exibem em tempo integral com "tudo enfiado". Programas de TV dos mais diversos mostram mulheres semi nuas com "tudo enfiado" como apelo de audiência.

Escolas de Samba com mulheres literalmente nuas...Tudo é aceito com naturalidade e com a desculpa de ser "arte", agora, a jovem professorinha virou puta por ter se comportado exatamente da mesma forma que todas as "artistas" que se expõe em troco de quinze minutos de fama...a diferença entre ser puta e artista está em quem comanda essa bandalheira.

Se for uma emissora de TV é arte, se for em um baile Funk na periferia de Salvador é putaria...

Ou essa jovem burrinha de Salvador virou o bode expiatório dos safados moralistas, ou ela faz parte de um grande esquema de propaganda para alavancar a carreira da ilustre desconhecida banda que inventou o ritmo do "todo enfiado".

O próximo há há há... HIT do carnaval da Bahia.

Aí me vem a pergunta, qual a diferença entre a professorinha alcoolizada da Bahia e as moçoilas representantes das torcidas rebolando em rede nacional de TV?

Santa hipocrisia!!!!!


Share/Bookmark

Mulher PTralha

Depois a mulherada reclama quando falo que Mulher PTralha quando não é feia de dar dó, é mal comida ou "sapataçalhambassa".
Vejam no caso da Líder do MST, Marina dos Santos.
Essa figura está mais para jogador de futebol colombiano do que para mulher.
Feia pra caraleooo, com jeitão de lateral esquerdo de time da terceira divisão da Colombia.
Deus nos livre da feiura das PTralhas.
.

...e Deus perguntou para a mulher.....
Você quer ser bonita ou PTralha?

.

.


Share/Bookmark

O BOTE DO LEÃO SINDICAL




O BOTE DO LEÃO SINDICAL

A tentativa de aparelhar a Receita Federal com auditores ligados ao PT criou um monstro rebelde – e mostrou o perigo de misturar governo e partido

Na saída O atual secretário da Receita, Otacílio Cartaxo (à frente, à esq.), e sua antecessora, Lina Vieira, quando ela estava prestes a ser defenestrada

O ex-ministro José Dirceu, quando era o todo-poderoso chefe da Casa Civil e o ideólogo do governo, pregava que o PT só teria controle absoluto da máquina quando seus quadros estivessem no comando da Polícia e da Receita Federal. Em 2008, o ex-secretário Jorge Rachid, sobrevivente da turma que reinava no governo anterior, foi demitido. Os petistas enxergaram ali uma oportunidade, e o aparelho sindical entrou em ação. Além de instalarem Lina Vieira no comando do Fisco, eles ocuparam também os principais postos do órgão. Na semana passada, em solidariedade à ex-chefe, demitida sem explicações há dois meses e envolvida numa polêmica com a ministra Dilma Rousseff sobre um suposto pedido de favorecimento à família do senador José Sarney, muitos se rebelaram. Doze dirigentes decidiram abandonar seu posto e denunciaram uma suposta interferência política do governo em favor de grandes empresas investigadas pelo Fisco.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, a quem a Receita Federal está subordinada, demorou a entender o significado da insurreição. Primeiro, ele fez troça: "Demissões? Que demissões?". Em seguida, depois de levar uma reprimenda do presidente Lula, Mantega procurou amenizar a crise. "É uma balela, está se criando uma ideia falsa de que há confusão", disse, assegurando que a interrupção na fiscalização de grandes empresas, como afirmaram os sindicalistas rebelados, é falsa. A turma que está deixando a Receita Federal insinua que existem ao menos dois casos em que teria havido interferência do governo em favor de companhias graúdas – um envolvendo um banco estrangeiro, outro uma montadora de automóveis americana. Ao nomear o grupo de Lina Vieira para os postos-chave da Receita, o governo acreditava que estaria, como pregava o ex-ministro José Dirceu, assumindo o controle da máquina e, consequentemente, subordinando as ações do Fisco aos interesses do Planalto. A coisa escapou do controle.

Para o lugar de Lina Vieira foi nomeado Otacílio Cartaxo, ex-assessor dela. O novo chefe da Receita ganhou o cargo depois de dizer no Congresso que, ao contrário do que afirmava sua ex-chefe, a Petrobras não foi beneficiada por uma manobra ilegal que permitiu à empresa adiar o recolhimento de mais de 4 bilhões de reais em impostos. Ele agora se dedica a fazer uma limpa dos sindicalistas associados a Lina. Se não está desaparelhando completamente a Receita, ao menos tenta dar voz a quadros mais técnicos.



Revista Veja


Share/Bookmark

Reforma agrária Por dentro do cofre do MST





Por dentro do cofre do MST

VEJA teve acesso às movimentações bancárias de quatro entidades ligadas aos sem-terra. Elas revelam como o governo e organizações internacionais acabam financiando atividades criminosas do movimento

Policarpo Junior e Sofia Krause



Assertivos do ponto de vista ideológico, os líderes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra são evasivos quando perguntados de onde vêm os recursos que sustentam as invasões de fazendas e manifestações que o MST promove em todo o Brasil. Em geral, respondem que o dinheiro é proveniente de doações de simpatizantes, da colaboração voluntária dos camponeses e da ajuda de organismos humanitários. Mentira. O cofre da organização começa a ser aberto e, dentro dele, já foram encontradas as primeiras provas concretas daquilo de que sempre se desconfiou e que sempre foi negado: o MST é movido por dinheiro, muito dinheiro, captado basicamente nos cofres públicos e junto a entidades internacionais. Em outras palavras, ao ocupar um ministério, invadir uma fazenda, patrocinar um confronto com a polícia, o MST o faz com dinheiro de impostos pagos pelos brasileiros e com o auxílio de estrangeiros que não deveriam imiscuir-se em assuntos do país.

VEJA teve acesso às informações bancárias de quatro organizações não governamentais (ONGs) apontadas como as principais caixas-fortes do MST. A análise dos dados financeiros da Associação Nacional de Cooperação Agrícola (Anca), da Confederação das Coo-perativas de Reforma Agrária do Brasil (Concrab), do Centro de Formação e Pesquisas Contestado (Cepatec) e do Instituto Técnico de Estudos Agrários e Cooperativismo (Itac) revela que o MST montou, controla e tem a seu dispor uma gigantesca e intrincada rede de abastecimento e distribuição de recursos, públicos e privados, que transitam por dezenas de ONGs espalhadas pelo Brasil:

• As quatro entidades-cofre receberam 20 milhões de reais em doações do exterior entre 2003 e 2007. A contabilização desses recursos não foi devidamente informada à Receita Federal.

• As quatro entidades-cofre repassaram uma parte considerável do dinheiro a empresas de transporte, gráficas e editoras vinculadas a partidos políticos e ao MST. Há coincidências entre as datas de transferência do dinheiro ao Brasil e as campanhas eleitorais de 2004 e 2006.

• As quatro entidades-cofre receberam 43 milhões de reais em convênios com o governo federal de 2003 a 2007. Existe uma grande concentração de gastos às vésperas de manifestações estridentes do MST.

• As quatro entidades-cofre promovem uma recorrente interação financeira com associações e cooperativas de trabalhadores cujos dirigentes são ligados ao MST.

• As quatro entidades-cofre registram movimentações ban-cárias estranhas, com vul-tosos saques na boca do caixa, indício de tentativa de ocultar desvios de dinheiro.

Entre 2003 e 2008, segundo levantamentos oficiais, cerca de trinta entidades de trabalhadores rurais receberam do governo federal o equivalente a 145 milhões de reais. O dinheiro é repassado em forma de convênios, normalmente para cursos de treinamento. O Tribunal de Contas da União já identificou irregularidades em vários desses cursos. São desvios como cadastros de pessoas que não participaram de aula alguma e despesas que não existiram justificadas com notas frias. A Anca, por exemplo, teve os bens bloqueados pela Justiça após a constatação de que uma parte dos recursos de um convênio milionário assinado com o Ministério da Educação, para alfabetizar jovens, foi parar nos cofres do MST. Teoricamente, a Anca, a Concrab, o Cepatec e o Itac são organizações independentes, sem nenhum vínculo oficial entre si ou com o MST. Mas só teoricamente. A quebra dos sigilos bancário, fiscal e telefônico das entidades-cofre mostra que elas fazem parte de um mesmo corpo, são uma coisa só, bem organizada e estruturada para dificultar o rastreamento do dinheiro que recebem e administram sem controle legal algum.

TORNEIRA ABERTA Milhões de reais do governo Lula serenaram durante seis anos a fúria do MST

Eis um exemplo da teia que precisa ser vencida para tentar entender como os recursos deixam o cofre da entidade e viajam por caminhos indiretos ao MST. Uma das beneficiárias de repasses da Anca é a gráfica Expressão Popular. Seus sócios são todos ligados ao MST, como Suzana Angélica Paim Figueiredo, advogada do escritório do ex-deputado Luiz Eduardo Greenhalgh, que atua em causas de interesse do MST. Suzana faz parte da banca que defende o terrorista italiano Cesare Battisti, preso no Brasil. A advogada ainda é presidente de uma segunda editora, a Brasil de Fato, que também recebe recursos da Anca, também presta serviços ao MST e tem como conselheiro ninguém menos que João Pedro Stedile, líder-mor do MST, um dos principais defensores da não extradição de Battisti. Anca, Brasil de Fato e MST, embora sem vínculos aparentes, funcionavam no mesmo conjunto de salas em São Paulo. Procurada, a advogada Suzana não quis esclarecer que tipo de serviço as gráficas prestaram à Anca. Indagadas, o máximo que as três entidades admitem é que existe uma parceria entre elas. Essa parceria, ao que tudo indica, serve inclusive para ocultar as atividades do departamento financeiro do movimento sem-terra.

Além de funcionarem nos mesmos endereços, como é o caso da Itac e da Concrab, e de dividirem os mesmos assessores e telefones, como a Anca e a gráfica, as entidades curiosamente recorrem aos mesmos contadores e advogados – eles também, ressalte-se, integrantes de cooperativas ligadas ao MST. A análise dos dados sigilosos revela que Ilton Vieira Flores, o contador da Anca, o cofre principal do MST, é um dos responsáveis pelo Cepatec, outra fonte de arrecadação de dinheiro do movimento. O contador também é diretor da Cooperbio – um excelente exemplo, aliás, de como as ONGs ligadas ao MST se entranharam no governo. A cooperativa, que tem como função intermediar recursos para associações de trabalhadores rurais que se dedicam à fabricação de matéria-prima para a produção de biocombustíveis, assinou convênios milionários com a Petrobras. O presidente da Cooperbio, Romário Rossetto, é primo do presidente da Petrobras Biocombustível, o petista Miguel Rossetto, ex-ministro do Desenvolvimento Agrário, uma das principais fontes de recursos da Anca, do Cepatec, da Concrab e do Itac.

TORNEIRA FECHADA O ministro Guilherme Cassel, do Desenvolvimento Agrário (no alto, à esq.), cortou verbas para convênios. Resultado: o MST, comandado por Marina dos Santos, ameaça retaliar

Há muito que desvendar a respeito do verdadeiro uso pelo MST do dinheiro público e das verbas provenientes do exterior. A Anca, por exemplo, é investigada desde 2005 por suas ligações com o movimento. A quebra do sigilo mostra que funcionários da entidade realizaram saques milionários em dinheiro em datas que coincidem com manifestações promovidas pelo MST e também com períodos eleitorais. Outra coincidência: tabulando os gastos das entidades, resta evidente que parte expressiva dos recursos é destinada a pessoas físicas ou jurídicas vinculadas ao MST. Há também transferências bancárias suspeitíssimas. Em agosto de 2007, 153 000 reais do Cepatec foram parar na conta de Márcia Carvalho Sales, uma vendedora de cosméticos residente na periferia de Brasília. "Não sei do que se trata, não sei o que é Cepatec e não movimento a conta no banco há mais de três anos", diz a comerciária. O Cepatec também não quis se pronunciar.

Para fugir a responsabilidades legais, o MST, embora seja onipresente, não existe juridicamente. Não tem cadastro na Receita Federal, e, portanto, não pode receber verbas oficiais. "Por isso, eles usam essas entidades como fachada", diz o senador Alvaro Dias, do PSDB do Paraná, que presidiu a CPI da Terra há quatro anos e, apesar de quebrar o sigilo das ONGs suspeitas, nunca conseguiu ter acesso aos dados bancários. Aliados históricos do PT, os sem-terra encontraram no governo Lula uma fonte inesgotável de recursos para subsidiar suas atividades. Uma parcela grande dos convênios com as entidades ligadas ao MST destina-se, no papel, à qualificação de mão de obra. Mas é quase impossível averiguar se esse é mesmo o fim da dinheirama. "Hoje o MST só sobrevive para parasitar o estado e conseguir meios para se sustentar", diz o historiador Marco Antonio Villa.

O MST sempre utilizou o enfrentamento como peça de marketing do movimento. No governo passado, os sem-terra chegaram a organizar uma marcha que reuniu 100 000 pessoas em um protesto em Brasília, além de invadirem a fazenda do presidente da República com direito a transmissão televisiva. No governo Lula, a relação começou tensa, mas foi se acalmando à medida que aumentavam os repasses de dinheiro e pessoas ligadas ao movimento eram nomeadas para chefiar os escritórios regionais do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). O MST passou, então, a concentrar os ataques à iniciativa privada, especialmente ao agronegócio. Os escritórios do Incra se tornaram suporte para ações contra produtores rurais, muitos deles personagens influentes na base aliada do governo. Além disso, os assentamentos contribuíram para aumentar a taxa de desmatamento e as ONGs ligadas à reforma agrária se tornaram um ralo pelo qual o dinheiro público é desviado. Esse estado de coisas levou à instalação de uma CPI no Senado e, ato contínuo, a um recuo do Planalto nos afagos aos sem-terra. A pretexto da crise econômica mundial, o governo cortou mais de 40% da verba prevista para os programas de reforma agrária. Cedendo à pressão de ruralistas, tirou das mãos do MST o comando de escritórios estratégicos do Incra, como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Pernambuco, e colocou no lugar pessoas indicadas por ruralistas. Por fim, o golpe mais dolorido: fechou a milionária torneira dos convênios.

As ONGs ligadas ao MST chegaram a receber quase 40 milhões de reais em um único ano. No início do governo Lula, em 2003, esses repasses não alcançavam 15 milhões de reais. No ano seguinte, cresceram substancialmente, ultrapassando os 23 milhões de reais. Em 2005, o valor aumentou novamente, atingindo 38 milhões de reais. No segundo mandato, as denúncias de irregularidades envolvendo entidades ligadas aos sem-terra ganharam força. E o dinheiro federal para elas foi minguando. Em 2007, ano de abertura da CPI, os repasses às ONGs ficaram em 28 milhões de reais. No ano passado, as entidades receberam 13 milhões. E, nos oito primeiros meses deste ano, os cofres das ONGs do MST acolheram menos de 7 milhões de reais em convênios com o governo federal. Como reação, a trégua com o governo também minguou. No início de agosto, 3 000 militantes invadiram a sede do Ministério da Fazenda. A ação em Brasília foi comandada pela nova coordenadora nacional do MST, Marina dos Santos, vinculada a setores mais radicais do movimento. No protesto, o MST exigiu o assentamento imediato de famílias que estão acampadas. Nos bastidores, negocia a retomada dos repasses para as ONGs e a recuperação do comando das unidades do Incra. Em conversas reservadas, existem até ameaças de criar problemas para a candidatura presidencial da ministra Dilma Rousseff. O governo Lula agora experimenta o gosto da chantagem de uma organização bandida que cresceu sob seus auspícios.



Revista Veja



__._,_.___

Share/Bookmark

sexta-feira, agosto 28, 2009

PT, a ordem é manter o Sebento no poder.

PT se reduziu ao papel de manter Lula no poder, diz 'Economist'

Um artigo na edição desta semana da revista britânica The Economist afirma que o Partido dos Trabalhadores (PT) se reduziu ao papel de manter seu líder, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no poder.

Comentando a recente crise no Senado causada pelas denúncias contra o presidente da Casa, José Sarney, e saída dos senadores Flávio Arns e Marina Silva do PT, a publicação afirma que o partido, que se via "socialista, ético, jovem e até romântico" no seu início, "reduziu-se ao papel de fazer com que Lula chegasse ao poder e se mantivesse nele".

A The Economist afirma que a recente crise começou quanto Lula "utilizou seu poder" para levar o PT a apoiar Sarney, que a revista classifica como "um líder político antigo, que muitos que entraram no PT queriam tirar da política".

Para a revista, o apoio de Lula a Sarney tem o objetivo de garantir o apoio do PMDB a Dilma Rousseff nas eleições presidenciais de 2010.

A ministra-chefe da Casa Civil é classificada pela publicação como "uma nova recruta no PT", com uma "competência impressionante, mas com falta de carisma para conseguir votos, como tem o presidente".

Citando algumas dificuldades para a candidatura Dilma - como o diagnóstico de câncer e as denúncias da ex-secretária da Receita Federal, Lina Vieira - a Economist afirma, no entanto, que o maior desafio para a petista talvez seja a candidatura de Marina Silva à Presidência pelo PV.

"(Marina) Silva dificilmente se tornará a próxima presidente do Brasil, mas ela pode tirar votos de (Dilma) Rousseff. Antes disso, no entanto, ela terá que ordenar o Partido Verde, que também perdeu seu ímpeto moral em algum lugar de Brasília."



Alzira Miranda

Share/Bookmark

Por que o povo não sai às ruas?

"Alguém poderia dizer que resta a internet e o Twitter, como se o socorro pudesse vir sozinho do milagre eletrônico"

As pessoas estão se perguntando, diante dos escândalos no Senado: “Por que o povo não sai às ruas?”.
Além da indagação, exalam a autocrítica desalentada: “O povo brasileiro é muito passivo”. A isso seguem-se frases de impotência e ceticismo quanto aos políticos em geral.

A situação torna-se ainda mais incômoda quando essas mesmas pessoas se lembram dos caras pintadas, que, há quase 20 anos, saíram às ruas para depor Collor. Olham para o passado recente e não conseguem entender por que hoje o povo não se rebela, por que a história não se repete.
Os cientistas políticos deveriam/poderiam explicar isso. Sem ser cientista, parece-me que, para entender esse impasse, temos que convir no seguinte:

1. É uma ilusão pensar que o “povo” espontaneamente sai às ruas para protestar e exigir reformas;


2. Os movimentos sociais dessa natureza exigem duas coisas complementares: liderança e militantes. Esse tipo de atuação tem algo de fanatismo, de evangélico, de messianismo misturado ao sonho e à utopia;

3. Sem liderança e militantes que articulem manifestações, as insatisfações flutuam sem direção. A imprensa pode alardear o que quiser, mas o pasmo ficará como uma bolha que se esvai no ar.

Cadê, então, as lideranças e a militância? Onde estão? Quem são aqueles que deveriam e poderiam ser líderes? Há que cruamente considerar os seguintes fatos:

4. Até pouco tempo, grupos militares, religiosos e facções políticas tradicionalmente fizeram esse trabalho de militância. Hoje, no entanto, no quadro brasileiro, não há nenhum partido ou organização capaz de exercer esse papel. Se não, vejamos:

5. Os militares brasileiros, que organizaram as manifestações populares que desembocaram em 1964, estão de quarentena e desgastados politicamente;

6. As organizações religiosas que lutaram contra a tortura e a ditadura hoje não têm nem a penetração nem a liderança que tinham há décadas;

7. Os partidos de esquerda, como PT, PC, PCdo B e PSB, chegaram ao poder e se distanciaram das ruas, tornando-se fisiológicos, seus militantes renderam-se ao lado afrodisíaco do poder; o PSDB e o DEM não têm militância para isso e o PSOL não tem capilaridade para movimentos de rua como tinha o falecido PT, que está cometendo em público uma série de "harakiris"

8. A OAB, que teve papel importante na luta contra a ditadura por meio de Raymundo Faoro, não tem voz que se faça ouvir a nível nacional;

9. Os partidos de centro-direita têm um discurso frouxo e tendem para a inércia, para os acordos, e só aglutinam os subordinados para interesses próprios;

10. Os estudantes, que seriam a reserva disponível, não podem ser mobilizados porque a UNE caiu numa armadilha: perdeu a independência, recebe dinheiro do governo, está com a consciência paralisada ou adormecida.

Essa situação é motivo de júbilo para alguns políticos da situação, que esfregam descaradamente na cara dos caras pintadas ou não pintadas o fato de que se lixam para a opinião pública e de que tal opinião é “volúvel”. Estão tripudiando porque sabem que falta o elo, a argamassa da liderança e militância popular capaz de estremecer o poder. Militância e liderança que são fruto do trabalho alucinado de alguns missionários, revolucionários que queimam suas vidas atuando 24 horas para que seus sonhos e alucinações aconteçam.

Diante desse quatro, assinale-se que a cultura chamada pós-moderna incentiva cada vez mais a fragmentação da consciência. Alguém poderia esperançosamente dizer que resta a internet e o Twitter, como se o socorro pudesse vir sozinho do milagre eletrônico. Mas, convenhamos, até mesmo a internet e o Twitter só funcionam política e socialmente se indivíduos fisicamente presentes e reconhecíveis assumirem o risco da liderança e romperem a crosta do pasmo e da desilusão.

Affonso Romano de Sant'Anna
Share/Bookmark

quinta-feira, agosto 27, 2009

EHHHHHH!!!!! NÓIS É BÃO PRA CARALEO

NÓIS GANHA É DE GOLEADA

BRASIL 563 X ARGENTINA 439

NÓIS É MELHOR QUE OS ARGENTINO ATÉ PRÁ MORRÊ DE GRIPE SUÍNA!!!!!

BRASIL DO BBB, BUNDA, BOLA E BATUQUE,

Share/Bookmark

Onde está Wally?

Após o DESgoverno afirmar categóricamente que NÃO houve uma reunião entre a Sinistra Dilmá e a EX secretária da receita federal Lina Vieira.
Surpreendentemente a Sinistra desapareceu da mídia.
Não foi mais a comícios travestidos de inaugurações, desapareceu dos noticiários, não tem mais andado colada ao saco do Batráquio.
.
Estaria a Sinistra com os pés na cova?
UUUUEEEEEEBAAAAAAAA!!!!!
.
Ou o DESgoverno Sebentobatraquiano estaria isolando a Sinistra para dar uma abafada no caso.
Ou tem receio do estrago que uma abertura da bocarra do SARGENTÃO COM TPM possa provocar.
.
Se alguém souber, por favor avisem este humilde blogueiro...

.


Share/Bookmark

terça-feira, agosto 25, 2009

Piora a cada dia..

.
Senado Federal, uma casa de canalhas, não se salva ninguém.
.
.
Alguém precisa aumentar as doses de Gardenal do Suplicy, ele ainda vai acabar engolindo a língua.
.
Continuo sem entender...como é que alguém ainda vota nesse retardado Ptralha?
.
Se derem duas tartarugas para o senador tomar conta, uma foge a a outra rouba a carteira dele...
o cara é xaropasso.

Share/Bookmark

Os outros eram assistencialistas,.... nós somos imbecis...



Após assistir a este vídeo minha indignação vai as alturas, minha vontade é desfiar um rosário de palavrões, impropérios e xingamentos, mas, como este é um Blog de "respeito" ficarei apenas no....

FÊLADAPÔTA!!!!!


A política no Brasil mudou, o povo tem acesso aos arquivos de internet.

As verdades aparecem.
Só os cínicos, mentirosos e estelionatários eleitorais ainda não perceberam.

...............................................................................................................................................
Dilmá diz que não teve reunião com Lina Vieira.
Lina Vieira foi demitida por conta de uma reunião que não existiu.
Para que, afinal, a CCJ do senado ouviu Lina Vieira uma vez que ela não esteve com Dilmá?
Os funcionários da receita diretamente ligados a Lina Vieira não foram sumáriamente demitidos.
E os servidores de alto escalão da RF pediram demissão ontem por motivos que não existiram.
Os servidores da receita ao se demitirem não deram o atestado de que a Sinistra mantém ingerência política na RF e quem não seguir suas ordens vai para a rua.
E eu não escrevi este texto....que vocês não leram


Share/Bookmark

Malandro é malandro e mané é mané...



"Diploma de dizimista" de Edson Luiz de Melo, ex-zelador, de 45 anos, em Belo Horizonte, Minas Gerais, terça-feira (11). Dulce Conceição de Melo, de 65 anos, mãe de Edson, entrou com a ação na Justiça contra a Igreja Universal do Reino de Deus por prejuízo de R$ 55 mil. Ela teve que pedir a interdição civil do filho para impedir que o prejuízo fosse maior e que ele desse mais dinheiro à igreja.
Dulce conta que por causa da igreja o filho teve até que ser internado. Líderes da Igreja Universal do Reino de Deus estão sendo investigados por lavagem de dinheiro e formação de quadrilha

Cumpanhêro é só cricá nas imaje prá ampriá

Posted by Picasa

Share/Bookmark

segunda-feira, agosto 24, 2009

Um Blog de dar azia em sal de frutas.


A uma semana de seu lançamento, blog de Lula começa a receber críticas: Link - Estadao.com.br













Pra falar a verdade, eu bem que gostaria de ler alguns posts do Batráquio Sebento.
Infelizmente...ou felizmente... ele não vai escrever no Blog, e também os leitores (?) não terão como responder às postagens, não haverá espaço para comentários.
Um Blog realmente dentro da DEMOCRACIA PTRALHA, eles escrevem o que querem e não admitem críticas.
Haja Sal de Frutas!!!!!

Share/Bookmark

Bolsa Família, um prêmio ao brasileiro VAGABUNDO.

Como o setor têxtil é de vital importância para a economia do Ceará, a demanda por mão de obra na indústria têxtil é imensa e precisa ser constantemente formada e preparada. Diante disso, o Sinditêxtil fechou um acordo com o governo para coordenar um curso de formação de costureiras. O governo exigiu que o curso deveria atender a um grupo de 500 mulheres que recebem o Bolsa Família. De novo: só para aquelas que recebem o Bolsa Família.


O importante acordo foi fechado dentro das seguintes atribuições: o governo entrou com o recurso; o Senai com a formação das costureiras, através de um curso de 120 horas/aula; e, o Sinditêxtil com o compromisso de enviar o cadastro das formandas às inúmeras indústrias do setor, que dariam emprego às novas costureiras. Pela carência de mão obra, a idéia não poderia ser melhor. Pois é.


Pois bem. O curso foi concluído recentemente e com isto os cadastros das costureiras formadas foram enviados para as empresas, que se prontificaram em fazer as contratações. E foi nessa hora que a porca torceu o rabo, gente. Anotem aí: o número de contratações foi ZERO.


Entenderam bem? ZERO, gente.


Enquanto ouvia o relato, até imaginei que o número poderia ser baixo, mas o fato é que não houve uma contratação sequer. ZERO. Sem qualquer exagero. O motivo? Simples, embora triste e muito lamentável, como afirma com dó, o diretor do Sinditêxtil.


Todas as costureiras, por estarem incluídas no Bolsa Família, se negaram a trabalhar com carteira assinada.

Para todas as 500 costureiras que fizeram o curso, o Bolsa Família é um beneficio que não pode ser perdido.

É para sempre.

Nenhuma admite perder o subsidio.


SEM NEGÓCIO- Repito: de forma uníssona, a condição imposta pelas 500 formandas é de que não se negocia a perda do Bolsa Família. Para trabalhar como costureira, só recebendo por fora, na informalidade.


Como as empresas se negaram, nenhuma costureira foi aproveitada.

A RAZÃO DE LULA - O que sobrou nisso tudo? Muita coisa. O custo alto para formar as costureiras foi desperdiçado. E pelo que foi dito no ambiente da FIEC, casos idênticos do mesmo horror estão se multiplicando em vários setores. Considerando que a região nordeste do país contempla o maior número de beneficiados com o Bolsa Família, aí está a razão para sermos todos imbecis e idiotas. Lula tem razão. Toda razão.

PATERNALISMO e POPULISMO a melhor forma de tornar um povo vagabundo.

O brasileiro já é indolente por natureza e com ajuda oficial, agora é que não vai querer saber de "batente".

Antigamente, quando o PT era um partido em busca do poder, qualquer político de oposição que fizesse um plano como este seria processado pela justiça eleitoral. Hoje nenhuma instituição é séria neste país.

ESSE PROGRAMA DE BOLSAS DEVERIA SER CHAMADO DE CURRAL ELEITORAL, VOTO DE CABRESTO, OU DESCARADA COMPRA DE VOTOS.

Mas qual juíz ou promotor público no Brasil de hoje tem peito ou mesmo ética para por um fim nisso?

ESTAMOS ENTREGUES ÀS MOSCAS. QUE VERGONHA!!!!


Share/Bookmark

domingo, agosto 23, 2009

CIRCUS BRASILIS APRESENTA.

Brasil:
Se cobrir vira circo!

Se cercar vira hospício!
.
.


E ESTES SÃO OS REPRESENTANTES DO POVO...

Share/Bookmark

Vagabundo tem que levar é bala mesmo!!!!

Parabéns a Governadora do Rio Grande do Sul e a Brigada Militar que trataram os "trabalhadores" há há há...rurais sem terra como devem ser tratados.

Vagabundo tem que sentir o peso da lei.
.
O que este blogueiro lamenta profundamente é que houve apenas UM desencarne de "trabalhador" financiado com o dinheiro de nossos impostos.
.
Peço ao comando da Brigada Militar que faça mais treinamento de tiro para a tropa.
Tem que ter mais eficiência na pontaria.

.
Agora, tenho mesmo é pena do Capeta, o Cramulhão vai ter que aturar mais um inútil no inferno...
.
Share/Bookmark

Agosto....mes do cachorro louco...ou seria covarde?

Merdaandante, já pra casinha!!!
.
O interessante foi assistir o senador Merdaandante latir alto e rosnar feito um cachorro grande contra a Lina Vieira, e depois ve-lo todo mijado com o rabo entre as pernas fazendo "festa para o dono"
e revogar o irrevogável.
.
Eu já sabia da falta de postura desse senhor, mas nunca imaginei que ele poderia ser tão rasteiro e servil.
.
Enfim....tudo pelo PUDÊ!

Share/Bookmark

sexta-feira, agosto 21, 2009

Eu já sabia!!!!

Se alguém ainda acreditou na saída do MERDAANDANTE da liderança do PT no senado.
Se lascou...HÁ HÁ HÁ!!!
.
Era óbvio que aquela conversinha de "indignado" era apenas para ELEITOR boi tonto dormir.
.
Esse senadorzinho não passa de um pau mandado e borra botas da pior espécie.
.
Voltou atrás no pedido (em CARÁTER IRREVOGÁVEL) de demissão da liderança da PTralhada no senado.
.
Esse senador, assim como eu, temos a mais absoluta certeza que o eleitor PTralha é burro, retardado e idiota.
.
Para os eleitores PTralhas eu só tenho um recado:
.
PHODAM-SE!!!!!


MINHA DEMISSÃO É EM CARÁTER IRREVOGÁVEL....
.
..HÁ HÁ HÁ...
QUEM SERÁ QUE ELE PENSA QUE ENGANA?


Share/Bookmark

quinta-feira, agosto 20, 2009

TIRO NO PÉ

"80%? de aprovação"
.

Muita gente está comemorando a quebrada básica de fucinho que a PTralhada está levando com essa atropelada anti-ética em defesa do velho ZéSarnento.
.
80?%, Esses números fizeram inflar ainda mais o arrogante ego do Batráquio Sebento.

.
Como um rolo compressor o Imperador de Garanhuns, usou de toda sua "infinita sabedoria" e atropelou as diretrizes do PT.
Jogou pesado pela absolvição do velho Zé Sarnento acertando um tiro no próprio pé inchado de cachaceiro.

.
(O que realmente existe por traz desse acordão?)
.
(Qual o medo que o Batráquio tem de enfrentar o velho ZéSarnento?)
.
(Quem diria que um dia veriamos a PTralhada defendendo com unhas e dentes o velho coroné nordestino que por mais de duas décadas foi alvo da artilharia PESADA dos PTralhas.)
.
Sabemos que o jogo político é dinâmico, mas ver no mesmo barco, os agora irmãos siameses Sarney, Collor e Lulla, todos jogando no mesmo time, é coisa que nem nos mais insanos devaneios poderíamos imaginar.
.

Um tiro certeiro no pé, feriu de morte a democracia, a ética, e acima de tudo, a pouca credibilidade que o PT ainda tinha entre seus seguidores.
.
Muitos PTralhoroedores ainda irão abandonar o navio.
.
A candidatura de Marina Silva é o tiro de misericórdia na arrogância Sebentobatraquiana e sua candidata mãe do emPAC.


.
O melhor de tudo foi ver o Senador Merdaandante com cara de "bunda" tentando justificar o injustificável.
Mais um arrogante que tomba por conta do "fogo amigo" há há há!!!

.
O Senador Suplicio que já é perdidão por natureza, agora está mais desorientado do que cego em tiroteio.
.
A única senadora que jamais enganou a população, a SAFADA de carteirinha que agiu de modo esperado, Idely Salvatisequempuder, a senadora que tem cara de doméstica que perdeu a condução, votou como "seu mestre" mandou.
.
Olha que eu jamais pensei em me divertir tanto vendo o barco PTralha fazendo água...

80?% DE APROVAÇÃO FAZ MAL A SAÚDE.

A democracia, a ética, e a constituição já foram para o espaço mesmo, então vamos nos divertindo vendo essa tropa de imbecis se debatendo e avacalhando de vez o Brasil.
E em 2010 o povo que tenha aprendido a lição e bote essa cambada de vagabundos para correr.


Share/Bookmark

Congressus Brasilis.


Share/Bookmark

quarta-feira, agosto 19, 2009

BIOGRAFIA IMUNDA

O Brasil vive uma época terrível. Só temos palavras negativas para o momento atual. São elas: MENTIR – ROUBAR – FALTA DE ÉTICA, DE MORAL, DE CARÁTER – FALTA DE RESPEITO AOS VALORES DE UMA SOCIEDADE SADIA – e mais.

Quais as razões que levam o GRUPO GUARARAPES a afirmar tal descalabro?

Falta de “DEMOCRACIA”. DEMOCRACIA é o cumprimento da LEI. No Brasil não existe lei para bandido de colarinho branco ou político canalha. Eles estão acima do bem e do mal. A politicagem governa e a canalha se aproveita. É GUERRA EM QUARTO ESCURO E TODOS COM FOICE NA MÃO. O BRASIL não existe.

A biografia do poder público durante a fraude da abertura democrática até os dias de hoje do petismo calhorda – que virou um projeto de enriquecimento ilícito para os traidores do país – é absurdamente imunda.

Somente patifes esclarecidos, que vivem em uma sociedade notoriamente corrompida pela podridão dos podres poderes da República, admitem que gente mentirosa, leviana, corrupta, ladras e ladrões de cofres particulares, terroristas, e assassinos, continuem dando as cartas sujas da prostituição da política como forma padronizada de tomada do poder e enriquecimento ilícito.

Ouvir em senador – palavra que já virou sinônimo de bandido – questionar porque a secretária da Receita Federal não entrou com uma representação contra a Estela, quando percebeu suas intenções corporativistas sórdidas, nos causa um ilimitado nojo e revolta, por sabermos que estamos pagando verdadeiras fortunas em salários e mordomias para essa gente, diariamente, nos fazer de palhaços do Circo do Retirante Pinóquio.

Desejamos dizer para esse senhor – o senador Mercadante – que ele e seus comparsas, que defendem os desvios de conduta da súcia liderada pelo Retirante Pinóquio, não farão falta alguma para a sociedade se entrarem em um avião – de preferência o presidencial devidamente lotado – e sumirem do mapa por um milagre do destino. Que suas famílias nos desculpem, mas esse é o único caminho adequado para gente que passa a vida enganando os contribuintes que os colocam no poder pelo voto.

Cabem as perguntas: – Por que o “inocente” senador da República dos canalhas não entrou com dezenas de representações pelos atos do presidente da República e dos seus “cumpanheiros” do covil de bandidos, a cada contumaz prática de desrespeito às leis e da moralidade dentro do poder público? – Por que o “inocente” senador fica fazendo jogo de cena no affaire dos corruptos e “canalhas amorosos” e não pede simplesmente a prisão da banda podre do senado se voltando para aqueles que o colocaram no poder pelo voto de confiança na sua prometida honestidade de propósitos?

– Não dá para responder não é seu verme de degradação moral do poder público?

E a OAB? – Por que não faz uma campanha para acabar com a corrupção, a prevaricação e a canalhice explícita dentro do poder público, em vez de mirar suas armas para os empresários como forma de puxar o saco do petismo bandoleiro? Essa turma do direito sabe perfeitamente que a corrupção nasce dentro do poder público, que corrompe e aceita ser corrompido nas calhordas relações públicas do covil de bandidos com o resto da sociedade, plantadas pelos patifes esclarecidos durante a fraude da abertura democrática.

Na verdade o petismo está inseguro e com medo do que vai acontecer nas próximas eleições. Esta cada vez mais difícil transformar uma terrorista e ladra de bancos, conforme a divulgação de sua ficha corrida, em uma candidata a estadista. O erro de colocar no poder outro “Retirante Pinóquio”, mesmo com um pseudo diploma de mestre e doutora, está cada vez mais difícil.

A cada novo e diário escândalo dentro do covil de bandidos a sociedade civil olha cada vez mais para o General Heleno, talvez um dos poucos no país que tem a competência, a coragem, e a disposição de limpar o poder público dos bandidos que se aninharam aos milhares dentro dos podres poderes da República.

As canalhices feitas pelos desgovernos civis contra as Forças Armadas não foram suficientes para tirar da mente dos esclarecidos NÃO PATIFES que a saída para o país é fugir da fraude da abertura democrática que somente beneficiou os canalhas do terrorismo, da corrupção e da prevaricação, e dar um voto de confiança a um General que tem uma biografia o suficientemente limpa para nos trazer de volta a esperança de vivermos em um país digno e justo.

O socialismo assistencialista e comprador de votos, corrupto, meliante, bandoleiro, terrorista e calhorda precisa ter seu caminho cortado antes que seja tarde demais.

Precisamos fazer alguma coisa, pois a eleição presidencial que se aproxima será, para os cidadãos que ainda não se venderam ao petismo, a fronteira entre a desgraça civil ou a retomada do trabalho de fazer do Brasil uma grande potência econômica com uma sociedade tratada com dignidade pelo poder público, o que estava sendo executado pelo Regime Militar.

A sociedade não quer, necessariamente, um novo regime militar.

A sociedade quer tirar do poder os bandidos que estão jogando o país no fundo do poço da degradação moral, da corrupção, da prostituição da política, e da bandidagem de colarinho branco.

A sociedade quer combater a falência da segurança pública, da educação, da cultura e da saúde.

A sociedade não quer presenciar mais uma UNE se vendendo ao poder público e milhões de crianças e adolescentes sendo conduzidas para o pântano do leninismo petista.

A sociedade não quer mais o assistencialismo grotesco do petismo substituindo os necessários investimentos em educação para transformar pedintes escravos do poder público em cidadãos que saibam construir suas vidas com seu próprio esforço e dedicação e que tenham o mérito como o único caminho válido para o crescimento pessoal e profissional.

A sociedade não quer mais entidades tipo OAB fazendo o jogo sujo do corporativismo de resultados com o poder público.

A sociedade não quer mais presenciar os Tribunais Superiores do país serem corrompidos ou manipulados pelo sujo corporativismo que tomou conta dos podres poderes da República.

O que queremos é viver em um país digno e justo e não mais comandado pelos canalhas da corrupção e da prevaricação.

Sabemos que essa tarefa não é para qualquer um, mas certamente será uma tarefa para um homem do porte patriótico e militar do General Heleno.

Para a mudança necessária e urgente basta apenas a sociedade perder o medo de sair às ruas e enfrentar da forma que for necessária os canalhas do petismo que estão destruindo o futuro de nossos filhos e de suas famílias.

Geraldo Almendra


Share/Bookmark

terça-feira, agosto 18, 2009

O BATE PAU DA TROPA DE CHOQUE.

Aloísio MERDAandante
.

.
O Brasil ficou estarrecido com a agressividade e falta de preparo deste senador que não passa de um boçal, pau mandado, garotinho de recados, covarde, e acima de tudo arrogante.
.
O senador tratou a Lina Vieira como uma bandida, só faltaram tapas na cara.
Esse é o rosto do PT.
.
Aloísio, para mim você não passa de um bosta, um verdadeiro MERDAANDANTE.
.
Agora você vai ter que engolir sua estratégia de terrorismo, pois, a secretária Lina Vieira não entrou no seu jogo sujo, PALHAÇÃO!!

Share/Bookmark

CIRCUS CONGRESSUS BRASILIS APRESENTA:

TODO MUNDO EM PÂNICO

Sinceramente eu gostaria de entender o PAVOR do governo em ouvir o que a secretária demitida da receita federal, Lina Vieira tem a dizer.
.
Estes políticos tem a mais absoluta ceterza de que o povo é otário.
.
Se a Sinistra Dilmà não tem nada a esconder, que seja ouvida e que seja desmascarada a secretária.
Mas o perigo de dar um tiro no próprio pé apavora o governo..
.
REALMENTE O BRASIL ESTÁ VIRANDO A MAIOR ZONA NUNCAVISTAANTESNAHISTÓRADESTEPAÍS..
.
O BATRÁQUIO SEBENTO E SUA TROPA DE CHOQUE NÃO PASSAM DE UM BANDO DE COVARDES E MENTIROSOS..
.
A PTRALHADA DEFENDEU O CORONÉ DO MARANHÃO, E AGORA TERÃO QUE ENGOLIR A PRÓPRIA BURRICE.
NEM SEMPRE "80% DE APROVAÇÃO" FAZ BEM PARA A SAÚDE..
.
O estranho de tudo isso é ver um presidente da república, sair em defesa de um ministro de estado com tanto empenho.
Falou em agendas, e gasto de dinheiro público para que a secretária seja ouvida.
Oras, afinal, qual o medo do CAGALHÃO DE GARANHUNS?

Share/Bookmark

quinta-feira, agosto 13, 2009

Fora do ar.

Este humilde Blog ficará fora do ar por alguns dias.
Estarei curtindo um friozasso, muito vinho e fondue na Serra da Mantiqueira.
FUIIIIIIIIIIII!!

Share/Bookmark

Frases

PROGRAMA DA REDE GLOBO AOS DOMINGOS PELA MANHÃ

*PEQUENAS EMPRESAS GRANDES NEGÓCIOS*

PROGRAMA DA REDE RECORD TODOS OS DIAS

"PEQUENAS IGREJAS GRANDES NEGÓCIOS"


E DEPOIS RECLAMAM QUANDO FALAM QUE , "TEMPLO É DINHEIRO"


Share/Bookmark

quarta-feira, agosto 12, 2009

XÔ ZIQUIZIRA...

Todos já sabem o quão frio é o pé do presidemente Batráquio Sebento.
Esse seca pimenteira já azarou a vida de inúmeros atletas, como: Guga, Roberto Carlos, Popó, Diego Hipólito entre outros...
.
Agora foi a vez do Timão entrar na "PODOFRIEIRA" Batraquiana.
.
Após a conquista da Copa do Brasil pelo TIMÃO, alguns jogadores e o Presidente do clube estiveram em Brasília e posaram em fotos ao lado do presidemente Seca pimenteira.
.
Como se isso não bastasse, o presidente corintiano, Andrés "SEM" Sanches, ( esse trocadalho foi do carilho) se filiou ao PT e posou ao lado da Sinistra Terrorista para fotos.
.
O TIMÃO vem despencando na tabela e caminha a passos largos para um vexame no Brasileirão e mais uma desclassificação na Libertadores.
.
Se continuarem nessa batida, o Coringão vai acabar caindo para a segundona, terceirona, quartona, até virar um time de futebol amador..
.
CORINTIANO QUE SE PREZA NÃO VOTA EM PTRALHA PÉ FRIO.
.
XÔ ZIQUIZIRA!!!!
.

.

Share/Bookmark

terça-feira, agosto 11, 2009

A sinistra aprendeu rápido a negar...

Negar sempre ou nunca saber de nada.
A Sinistra aprendeu rapidinho .

A sinistra-chefe da Casa Civil, Dilmá Chuck Rousseff, negou hoje, em Natal, ter se reunido com a ex-secretária da Receita Federal Lina Maria Vieira para pedir rapidez nas investigações em torno dos negócios da família Sarney, como acusou a ex-chefe do Fisco em entrevista domingo ao jornal Folha de S.Paulo. "Não fiz esse pedido a ela", afirmou Dilmá Chuck Rousseff durante uma entrevista coletiva no Centro de Convenções de Natal.
Lina disse na reportagem que teria recebido um pedido de Dilmá Chuck no final do ano passado para "agilizar a fiscalização do filho do (presidente do Senado, José) Sarney". Ela afirmou que considerou a solicitação como um recado para "encerrar" as investigações do Fisco sobre empresas geridas por Fernando Sarney.

A sinistra iniciou hoje agenda de dois dias no Rio Grande do Norte para anunciar obras e fazer um balanço das ações do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Estado. A sinistra garantiu jamais ter se encontrado de forma privada com Lina Vieira. "Encontrei com a secretária da Receita várias vezes e com outras pessoas junto em grandes reuniões; essa reunião privada a que ela se refere eu não tive", declarou Dilmá Chuck Rousseff.

A sinistra disse ainda que não fará "interpretações subjetivas" a respeito das declarações da ex-secretária da Receita. "Gostaria de dizer que em momento algum me manifestei com relação a algo que dissesse respeito a ela, nem para ela ser nomeada, nem para ela ser demitida".


Share/Bookmark