* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

segunda-feira, agosto 24, 2009

Bolsa Família, um prêmio ao brasileiro VAGABUNDO.

Como o setor têxtil é de vital importância para a economia do Ceará, a demanda por mão de obra na indústria têxtil é imensa e precisa ser constantemente formada e preparada. Diante disso, o Sinditêxtil fechou um acordo com o governo para coordenar um curso de formação de costureiras. O governo exigiu que o curso deveria atender a um grupo de 500 mulheres que recebem o Bolsa Família. De novo: só para aquelas que recebem o Bolsa Família.


O importante acordo foi fechado dentro das seguintes atribuições: o governo entrou com o recurso; o Senai com a formação das costureiras, através de um curso de 120 horas/aula; e, o Sinditêxtil com o compromisso de enviar o cadastro das formandas às inúmeras indústrias do setor, que dariam emprego às novas costureiras. Pela carência de mão obra, a idéia não poderia ser melhor. Pois é.


Pois bem. O curso foi concluído recentemente e com isto os cadastros das costureiras formadas foram enviados para as empresas, que se prontificaram em fazer as contratações. E foi nessa hora que a porca torceu o rabo, gente. Anotem aí: o número de contratações foi ZERO.


Entenderam bem? ZERO, gente.


Enquanto ouvia o relato, até imaginei que o número poderia ser baixo, mas o fato é que não houve uma contratação sequer. ZERO. Sem qualquer exagero. O motivo? Simples, embora triste e muito lamentável, como afirma com dó, o diretor do Sinditêxtil.


Todas as costureiras, por estarem incluídas no Bolsa Família, se negaram a trabalhar com carteira assinada.

Para todas as 500 costureiras que fizeram o curso, o Bolsa Família é um beneficio que não pode ser perdido.

É para sempre.

Nenhuma admite perder o subsidio.


SEM NEGÓCIO- Repito: de forma uníssona, a condição imposta pelas 500 formandas é de que não se negocia a perda do Bolsa Família. Para trabalhar como costureira, só recebendo por fora, na informalidade.


Como as empresas se negaram, nenhuma costureira foi aproveitada.

A RAZÃO DE LULA - O que sobrou nisso tudo? Muita coisa. O custo alto para formar as costureiras foi desperdiçado. E pelo que foi dito no ambiente da FIEC, casos idênticos do mesmo horror estão se multiplicando em vários setores. Considerando que a região nordeste do país contempla o maior número de beneficiados com o Bolsa Família, aí está a razão para sermos todos imbecis e idiotas. Lula tem razão. Toda razão.

PATERNALISMO e POPULISMO a melhor forma de tornar um povo vagabundo.

O brasileiro já é indolente por natureza e com ajuda oficial, agora é que não vai querer saber de "batente".

Antigamente, quando o PT era um partido em busca do poder, qualquer político de oposição que fizesse um plano como este seria processado pela justiça eleitoral. Hoje nenhuma instituição é séria neste país.

ESSE PROGRAMA DE BOLSAS DEVERIA SER CHAMADO DE CURRAL ELEITORAL, VOTO DE CABRESTO, OU DESCARADA COMPRA DE VOTOS.

Mas qual juíz ou promotor público no Brasil de hoje tem peito ou mesmo ética para por um fim nisso?

ESTAMOS ENTREGUES ÀS MOSCAS. QUE VERGONHA!!!!


Share/Bookmark

9 comentários:

Anônimo disse...

O BOLSA FAMÍLIA É UM ATESTADO DE MISÉRIA DO POVO BRASILEIRO.

PARA TER DIREITO AO PROGRAMA O BENEDFECIADO PRECISA TER UMA RENDA MÁXIMA
FAMILIAR DE 140,000.. ( PAI, MAE, FILHOS, MULHER,. ETC)

É ESSE O DINHEIRO QUE MOVIMENTA O COMÉRCIO NA CABEÇA DOS PETISTAS.
MANTER O POVO NA DEPEDÊNCIA DO GOVERNO PARA VENCER AS ELEIÇÕES.
"se não votarmos em Lula outro pode tirar o bolsa família" pensa o faminto.

O BOLSA FAMÍLIA É O MAIOR PROGRAMA DE COMPRA DE VOTOS DO MUNDO. ISTO FOI
AFIRMADO POR JARBAS PASSARINHO UM DOS POLÍTICOS MAIS EXPERIENTES DO PAÍS.
O BOLSA FAMÍLIA SERVE PARA BARGANHA POLÍTICA DOS PREFEITOS DO INTERIOR E
PARA FRAUDES, COMPROVADOS PELO TCU.
MUITOS QUE RECEBEM NÃO PRECISAM.
MUITOS QUE PRECISAM NÃO RECEBEM ..
COM A FACILIDADE DE COMPRAR E VENDER DROGAS, COM A FACILIDADE DO INCENTIVO A
PROSTITUIÇÃO E AO CRIME E A IMPUNIDADE; SOMENTE IDIOTA VAI PENSAR QUE UMA
FAMÍLIA SOBREVIVE COM UM POUCO MAIS DE 100,00 POR MÊS.

Maria Aparecida disse...

E não é só no Ceará. Em Minas e Espiríto Santo, o café está se perdendo por não se achar empregados. Eles até aceitam, mas sem registro em carteira, aí a Justiça do Trabalho arrebenta o cafeicultor. Como não pode trabalhar sem CP assinada e assim eles não querem, passam o dia todo enchendo a cara de cachaça - fiado - e pagam depois com o dinheiro da bolsa-vagabundo. E as mulheres levam para casa o que conseguem trabalhando como domésticas. E se não entregam o dinheiro levam umas boas porradas para deixar de ser abusadas.

Lord disse...

Amigo

Temos que fazer o FORA SARNEY voltar ao destaque em nossos blogs
Não podemos jogar o toalha!
TEMOS QUE CONTINUAR LUTANDO COM NOSSAS ARMAS

de um seguidor de seu blog. um abraço

Lord - caranovanocongresso.blogspot.com

OBS.: Precisamos ter um forum onde a gente possa discutir o rumo de nossas lutas, abri um blog de nome bloggersemacao.blogspot.com, procuro pessoas interessadas, que serao colocadas como coo-autores.

Bob Jegg disse...

não acredito que alguém em sã consciência acredite nisso.
Não achei o autor da mentira.
As costureiras negaram emprego com carteira assinada (que garante um mínimo de 465 reais, 13°, férias, FGTS etc..) para continuar ganhando no máximo 180 reais?
Depois é a Dilma e o Mercadante que mentem.

"O Mascate" disse...

Meu caro Bob Jegg
Vamos fazer uma conta pensando como um brasileiro médio e ignorante.
R$ 450,00 para trabalhar 8 horas por dia 5 dias por semana durante o mês inteirinho, tendo que sair de casa antes de amanhecer e voltar quando já está anoitecendo. Comer de marmita, trabalhar faça chuva ou sol, e ainda mais; correr o risco de em três meses estar desempregada....É melhor garantir os R$ 180,00 e ficar coçando a bacurinha e falando mal da vida alheia...
Entendeu?

Bob Jegg disse...

Fernandito, realmente com os maus patrões que querem arrancar o couro de um pobre coitado, pagando menos que o salário, sem vale-transporte, sem vale-refeição e mantendo o emprego pelo tempo de experiência para não recolher impostos e/ou fazendo contrato de estagiário para burlar a lei, você tem razão.
Mas o povo é guerreiro. Frequente um ambiente em que você possa sentir o que esses verdadeiros heróis pensam e trabalham. Se quiser posso lhe dar sugestões. Tenho certeza que alguns conceitos seus mudarão.
Respeito a opnião da Maria Aparecida, mas moro em MG e sei perfeitamente o que é a "panha de café". Faço uma aposta para que ela frequente um dia na vida dcesse povo e duvido que ela mantenha essa opnião. Agora, cachaceiro e vagabundo há em todos níveis sociais.

"O Mascate" disse...

Bobito
Você vem me dfalar em maus patrões? Mas, será que todo empresário é mau patrão?
Será que os que investem em treinamento, pagam impostos, cumprem as regras são maus patrões?
Se um segmento da cadeia produtiva precisa de mão de obra e não encontra, sai em busca parcerias para dar qualificação a esse pessoal desempregado e assistido, e na hora da contratação o povo prefere ganhar "por fora" a ser registrado, apenas para continuar se mantendo no assistencialismo, isso é culpa do patrão?
Oras meu amigo, você é uma pessoa inteligente, só que a sua visão é muito tendenciosa.
Não precisa me dar sugestões de onde eu deva ir para ter exemplos de "heróis" brasileiros, o meu ramo de trabalho mostra muito bem como se comportam esses heróis. Trabalho no segmento de construção civil e vejo bem o "profissionalismo" desses heróis.
caso você tenha alguma dúvida, tente encontrar um bom profissional para fazer uma reforma em sua casa e depois me conte. O povo é arrogante, burro e indolente, só que os que ainda enxergam vão para frente, os que ficam no assistencialismo ou se julgam espertos jamais deixarão de servir como fantoche nas mãos dos governos.
Tenho casos de gente conhecida que não conseguiam mão de obra para colheitas em fazendas. Os peões estavam encostados nas bolsas e não queriam trabalhar. E vi esse filme na Argentina que está trazendo mão de obra dos irmãos pobres da Amérdica do Sul para suprir o trabalho que o Argentino assistido não quer mais fazer.
Mendigo em Buenos Aires agora é Hondurenho, Colombiano, Peruano, Boliviano e etc...
Estamos seguindo o mesmo caminho.
Educação meu caro...um povo sem educação vai continuar na vagabundagem preferindo as migalhas jogadas por governos populistas ao emprego e a formação para crescer e viver as próprias custas.

"O Mascate" disse...

Bobito, você sabia que o bem de consumo que mais adiquirido pelos pobres assistidos foi o telefone celular?
Isso mesmo, o pobre recebe uma ajuda para poder comer e compra cigarro, cachaça e telefone celular, você acha que alguém vai querer realmente trabalhar ganhando no mole, mesmo que seja uma miséria?
Se não fosse assim os mendigos estariam em busca de empregos...

VoidMain disse...

"(...)Mas o povo é guerreiro. Frequente um ambiente em que você possa sentir o que esses verdadeiros heróis pensam e trabalham. Se quiser posso lhe dar sugestões. Tenho certeza que alguns conceitos seus mudarão.(...)"

Meu caro, com todo o respeito, mas em que país você vive???

Recebe algum benefício do governo???

Pois eu tenho vários exemplos e posso sitar nomes e endereços de beneficiados que NÃO querem trabalhar... Recebem o bolsa-família e mais alguns benefícios que eu nem sei como isso é distribuído! A única coisa que eu sei é que, seja CE, MG, ES ou SP, tem muito vagabundo tomando cachaça com o dinheiro que deveria sustentar a família...

O brasileiro é guerreiro sim, mas veja a Bahia onde o carnaval dura o ano todo se deixarem......

Guerreiros quando precisam... Com tudo fácil, quem vai batalhar???

Me desculpe, mas sou contra sim!

O norte/nordeste tem condições precárias de vida? Com certeza... mas com o bolsa-família, continuaram a ter a vida miserável (em termos de condições de vida).

Quando foi a ultima vez que ouviu falar que bahiano, cearense, paraibano veio para SP/MG a procura de trabalho???