* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

sábado, setembro 20, 2014

PM mata ambulante no centro de São Paulo.

Bem amigos, mais uma semana que chega ao fim com uma polêmica nas redes sociais e na imprensa mundo cão.
O caso do PM que "sapecou" um trouxa no centro de SP.
TODO mundo viu na TV mundo cão ou nas redes sociais e ou viu, ou verá nos programas eleitorais da esquerda vagabunda os vídeos feitos por Merdleynes ou Merdsons captados através de celulares de ultima geração comprados em suaves 50 prestassãos nas Casas Bahia a muvuca que culminou com o passamento do Zémané.
Tudo começou com uma apreensão de produtos piratas em uma rua de SP, onde um ambulante quando abordado resolveu reagir e entrar em confronto com a PM.
Nos momentos seguintes vemos uma bizarrice em matéria de falta de controle na imobilização do camelô por parte dos PMs. 
Os policiais "em três" fizeram um esforço sobre humano para tentar grampear o "suspeito" e nesse tempo a aglomeração de "divogadus" do povo começou a se formar. 
Sabemos que os PMs para mobilizar um cidadão que não quer ser preso tem que usar da força, e no meio da população burra a situação fica ainda mais complicada, pois os PMs tem que manter a calma e acima de tudo não machucarem o suspeito e não deixar que ele se machuque, pois qualquer resultado que acabe em ferimentos é tido pelos próceres da esquerda e os sabe tudo do politicamente correto de plantão, como truculência da PM. Principalmente em SP onde o PT já percebeu que não leva o governo do estado e usa qualquer situação como a morte do ambulante para tentar ganhar algum dividendo eleitoral, mesmo quando os PMs em questão estavam em "ação delegada" a serviço da prefeitura do PT.
Bem, o defunto quis advogar a causa alheia e partiu para a burrice, peitou a PM e um certo momento avançou sobre o policial que fazia a cobertura da prisão e deu no que deu, o PM assustou, reagiu e acertou um tirambasso de .40 na boca do jumento. Deu merda.
E se o vagabundo tivesse pego a arma do PM e dado um tiro no policial os víedos da internet estariam bombando de idiotas comemorando o heróico feito. Mas como morreu um trouxa o mundo desabou.
Uma das coisas que me deixa mais perplexo é ouvir dos "intelequituaus" de botequim a velha frase que a polícia é despreparada. 
Porra!!! Uma polícia que trata com brasileiros é o reflexo da clientela, não da em uma situação de confronto usar argumentos e solicitações civilizadas e bem preparadas segundo os "especialistas" quando a freguesia é de uma falta de tudo absurda. E quando um PM tenta ponderar e argumentar civilizadamente, na cabecinha de bagre do povo, o PM é bunda mole, a população "cresce" e passa a atacar ainda com mais força acreditando na covardia do PM, não da para argumentar com os ignorantes, isso é visto sempre como covardia, e quando alguém demonstra "fraqueza" é ai que a coisa desanda.
Os PMs ganham pouco, são mal treinados e na maioria do tempo que passam trabalhando até suas aposentadorias tratam sempre com o que há de pior na sociedade, pois se a PM passasse a vida lidando com gente educada que respeita as leis e tem civilidade e cidadania, aposto que os atos e resultados seriam de primeiro mundo, agora lidar com gentinha burra que sempre está a fim de tomar partido do lado contrario é de phoder.  A PM é despreparada por que a freguesia dela é pior ainda, e ponto! Ação e reação.
E tem mais, o comando da PM é de uma obtusidade com seus comandados que chega a ser criminoso. Tem PM trabalhando em SP que a família mora há 600 KM de distância e não consegue transferência para a cidade de origem por simples ranhetice, a pseudo autoridade por parte dos comandantes. 
E trabalhar sobre pressão invariavelmente acaba da forma que acabou. Não estou afirmando que seja o caso do PM que sentou o dedo no Jumento, mas é bem assim em uma grande maioria dos casos. 
A PM ainda é mantida e dirigida com o pensamento dos tempos da ditadura, a democracia ainda não chegou nos batalhões de forma efetiva. É certo que tem muito PM tranqueira, vagabundo mesmo os famosos coxinhas, mas cabe a corporação encontrar as peças defeituosas e consertar a máquina.
Não esqueçam que um PM antes de tudo é um ser humano que sente todas as emoções, aflições e medos de um cidadão comum, e tem os mesmos problemas, se não, ainda maiores que toda a população. Além é claro, dos baixos salários para lidar na maior parte do tempo com a escória humana.
Não sou amante da PM, mas sei o papel que ela tem na sociedade e a necessidade em mantê-la funcionando para o bem estar da população, muita coisa precisa ser revista na corporação, mas nenhuma ação de boa vontade vai ter resultados enquanto o povo acreditar que em vez de respeitar o trabalho da polícia insiste em continuar fazendo merda. 
Se o comportamento civilizado vier do cidadão, a PM na figura de seus membros não terá porque agir de outra forma, agora, quando o povo parte para cima em defesa do "coitadinho" o resultado poderá ser sempre o mesmo, merda!
Cansei de ver gente que foi assaltada e gritar pela polícia pedindo ajuda e quando o policial enfia os grampos, ou tem que usar de energia para conter o vagabundo, a própria vítima começa a coitadizar o meliante de uma forma bizarra, e essa falta de posicionamento sério e acreditar que podem berrar por justiça e depois cagarem para trás com medo do trabalho que vai dar o processo do vagabundo é que transformam a PM em um mero joguete na mãos da população. E cá entre nós, acaba enchendo o saco dos "pulissa".
Concordo que a polícia civil tem que acabar, essa é um berço de corrupção, gente despreparada, vagabundos em geral. 
Agora a PM, mesmo com a falta de apoio de parte da população é necessária para a manutenção da cidadania e da ordem social, mesmo quando o PT tenta de todas as formas sabotar o trabalho da PM. E ainda tem policial militar que vota no PT, isso sim é de phoder!!!
A esquerda em peso e os politicamente corretos de sempre caíram de pau na corporação por causa da morte do camelô e "divogadu" de malandro em horas vagas. 
Se o finado tivesse ido cuidar da própria vida e não tivesse se metido no rolo, e acima de tudo se não tivesse avançado sobre o policial, muito certamente agora não estaria deitado em uma geladeira do IML. 
A reação do policial foi uma resposta momentânea para uma situação onde TRÊS policiais acuados por dezenas de idiotas que a qualquer momento poderiam mata-los. E deu no que deu.
No dia em que o povo parar de se meter em tudo que não lhe diz respeito e passar a cuidar da própria vida, muito certamente as barbáries serão reduzidas, mas enquanto o povo, esse mesmo povo que vive de chamar a PM por qualquer motivo, seja por que levou uma surra do marido bêbado, seja para fazer um parto, continuar se comportando como jumentos, serão tratados como tal.

E no mais.

PHOD@-SE!!!
...................




Share/Bookmark

4 comentários:

Anônimo disse...

Mascate, eu sempre lamento a morte de alguém, principalmente em condições tão trágicas.Mas compreendo o trabalho difícil da polícia em lidar com gente ignorante e que quer desafiar a polícia de qualquer jeito.O desrespeito deu no que deu.O lema é o seguinte:ruim com a polícia pior sem ela.

Anônimo disse...

O ambulante já tinha passagem por desacato e agressão. Não era nenhum santinho. Hoje, aqui na Lapa, fizeram um protesto. Ainda bem que durou uma hora mas, vários comerciantes fecharam as portas. Se fosse o PM que tivesse morrido duvido que haveria protesto. Infelizmente, com o PT houve proliferação de gente ignorante e alienada. Fora PT! Fora marreteiros da Lapa!

Anônimo disse...

Os bovinamente corretos adoooram quando ocorre um fato como esse para esculhambar com a PM. Quando um policial morre em cumprimento do dever NENHUMA criatura dos direitos dos manos aparece no enterro.

Anônimo disse...

Chiii...podem apostar que será um prato cheio para a Luciana Genro (1ª linha auxiliar do PT) detonar a PM no próximo debate.