* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

segunda-feira, setembro 29, 2014

E no debate da TV Record.....

E ontem, na TV Record,  tivemos mais um debate dos presidenciaveis.
O formato dos debates engessa as ideias e cansa o público, aquela fórmula de 30 segundos, um minuto e meio e mais trinta segundos com os mediadores cortando o pensamento do candidato é de uma palhaçada absurda.
As ideias ficam pelo caminho e os assuntos vão sendo jogados ao vento de uma forma até irresponsável.
A legislação eleitoral que dá dois dias de tempo de TV para um candidato e dez segundos para outros.  E isso faz com que o que seria um embate de ideias se transforme em um mini palanque onde os micro candidatos querem usar o tempo de TV para dar seu recado em busca de mais alguns votinhos.
Nossa democracia é meio caolha ou canalha quando se trata de legislação eleitoral, uns com tanto e outros com tão pouco em um regime onde TODOS deveriam ser iguais perante as leis. Mas...
Bem, como era de se esperar o alvo preferido dos que estão na briga pelo segundo turno foi a presidANTA Dilmarionett Ducheff, os escândalos e a bandalheira dos Ratos Vermelhos que tomam conta do noticiário policial deram as cores ao debate.
Muito se disse e pouco se aproveitou dos três majoritários, o mimimi de sempre, as trocas de acusações, e o nada recorrente no porra nenhuma em ideias concretas e propostas que ao menos sejam viáveis.
Todos tem as mais variadas formas de resolver os problemas do país só que ninguém faz nada, sempre.
Traécio com seus "punhos de renda" não tem cacoete para baixar o nível e carregar a Dentuça nas costas morro acima. Fica lá com aquela cara de pateta ouvindo uma porrada de acusações sem ter energia para reagir.
Osmarina, é aquilo mesmo, sua fome é tamanha que não tem nem forças para falar, fica se esganiçando feito uma galinha D'angola. Essa me irrita.
A Dentuça mais parece um general da SS nazista perto de encher de tiros um prisioneiro Judeu, aquela cara amarrada e aquela boquinha de chupar ovos são o máximo. Tenta passar um ar de séria e só consegue passar antipatia.  Mente pra caraleo, mas aprendeu com quem? Então...
E a bizarrice da noite foi para a presidANTA, cada vez que algum candidato soltava a palavra "governo" a Jumenta pedia direito de resposta. Um saco, e de uma "ditatoriedade" patéticos, sorte que a direção do debate percebeu a manobra e cortou as asas da Jumenta Voadora, senão... Tavamos Phudidos.
O que deu um tom um pouco mais hilário ao debate, como sempre, foram as intervenções do "esfumaçado" candidato Eduardo Jorge, com seu jeitão meio porra loca fora da casinha foi o mais conciso e menos panfletário dos debatedores. Surpreendeu e se mostrou mais esquilibrado, apesar do jeitão apalermado.
Eduardo Jorge deu alguns chega pra lá na comunistóide do PSOL que chegaram a ficar feios para a candidata. Ela mostrou que se o discurso sair da pauta do ódio ao capitalismo, os LGBTs e mais um ou outro nada, ela fica rodando em volta do rabo e pagando micos homéricos. 
Essa "moça" definitivamente precisa estudar.
Lucianta Genro, a velha e jurássica comunistinha de boutique sempre aprontando os papelões e pastelões sem noção de quem nem sabe direito os motivos que a levaram a essa aventura.  Mas ela está lá, e com esperanças de chegar ao segundo turno...Faz me rir!!!
Seu discurso é o mesmo da Rússia de 1910, suas propostas anti capitalismo e em defesa do povo são mais do mesmo e não empolgam nem o mais distraído dos eleitores.
Chata pra caraleo lembra o "porque non te callas" que o Rei da Espanha mandou nas fuças do finado Hugo "pajarito" Chavez. E com o agravante que Lucianta tem mania de perseguição ou abandono. 
O melhor para a irmã mais feia do Valderrama é fazer uns 10 anos de analise ou arrumar um marido. Coisa de comunistóide mal comida. Redundância!!! Dirão alguns!!! 
Mulher comunista e mal comida é regra!!!
O Pastor...Oras o pastor, esse tem aquele 1% dos teleguiados da congregação e vai ficar nisso mesmo. Não tem empatia com o público e é outro chato do caraleo.
Mas a polêmica da noite ficou para o SR. Spacelly Fidelix. 
Um político da velha escola, uma miniatura do Malóf, um pequeno salva vidas de aquário que acredita ser um gigante.
Esse sentou a pua na mala vermelha e cabeluda, acabou falando demais e colocou a cara para bater quando deu sua posição sobre o homossexualismo a ponto de tirar um "ÔÔÔÔ....geral na patuléia de puxa sacos que se empoleirava na platéia. 
Nessa hora, acredito que o tal Aero Willys rasgou até a prega rainha de tanto ódio!!!!
Fidelix colocou a corda no pescoço e vai ser enforcado em praça pública pela sua opinião nada politicamente correta para os moldes bovinos movidos ao modismo de ser legalzinho e tolerante para parecer descolado e evoluído.
Sua opinião é conservadora sobre a agenda politicamente correta de plantão, e tem mais, não da para ficarmos coitadizando os homossexuais a ponto de  alguns partidos e politicos se apoderarem do homossexualismo e fazerem disso bandeiras em busca de votos.
O estelionato político de quem usa os gays como trampolim eleitoral é tão odioso quanto os que agridem homossexuais apenas pelo seu comportamento. 
Os "homofóbicos"...odeio essa palavra, ela nivelou tão por baixo a discussão do assunto homossexual que acabou criando uma conotação criminosa à todo aquele que não rezar pela cartilha do politicamente correto.
Se vc pensar diferente dos "descolados" automaticamente é tido como homofóbico e tratado como bandido, ou seja; Se vc tem uma posição contrária ao "correto" imposto pelo modismo sem vergonha da utilização da massa homossexual na agenda política, todo o preconceito daqueles que estão do outro lado caem sobre vc te chamando de..... preconceituoso...
Fidelix vai ser punido pelo crime de opinião, será execrado em praça pública e jogado aos cães que pautam o comportamento social cagando regras e criando "apartaides" sexuais entre a sociedade.
Enfim, o debate foi um porre, colocou ainda mais dúvidas na cabeça de parcela dos eleitores que ainda não tem um candidato definido e mostrou que são TODOS farinha do mesmo saco.
Uns querem se manter no poder para continuarem mamando nas gordas tetas do estado e TODOS os outros querem chegar lá. Simples assim.
E o povo...O povo é apenas um mero detalhe.
Na realidade nenhum político da nova ou velha política quer o poder por se preocupar com o povo, eles querem é grana. Se não fosse o dinheiro não teríamos tantos aventureiros em busca dessa boquinha.
Afinal, tem candidato que jura se preocupar com o povo e na vida pessoal jamais moveu uma palha para favorecer esse mesmo povo. Se nunca fizeram na vida privada não será agora que farão.
E de resto tudo é a mesma geléia geral.


E PHOD@-SE!!!
.....................




Share/Bookmark

7 comentários:

O Libertário disse...

É só imaginar os dois extremos. Tire-se toda a grana do estado e não teremos um, repito, um só abnegado que queira fazer alguma coisa pelo povo. Por outro lado, ponha-se todo o PIB na cofre do estado e e teremos uma multidão querendo ser presidente e o que chegar lá de lá não sai mais e ainda nos tira a liberdade também. Quem souber a dose certa que se apresente.

Fernando R disse...

Como prometido:

Abaixo-assinado O Separatismo Paulista

http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=P2013N44815

Anônimo disse...

MASCATE, sem muitas delongas, este seu brilhante post eu traduzo lembrando aquela passagem que diz:
Tem político que não se elege porque promete fazer na vida pública, tudo o que fez na PRIVADA, mais ou menos como a grande parte dos Eleitores faz nas Urnas no dia das Eleições.

ABS...

Anônimo disse...

My friend, não vi o tal debate, não tenho mais paciência para isso, tiro minhas conclusões através da leitura diária de blogs políticos e jornais. O Levy Fidelix é a bola da vez, pelo que entendi disse um cabedal de asneiras para aproveitar os seus 15 segundos de visibilidade. Agora, vão processar o idiota por ter sido apenas....idiota. Senhor Jesus, dai-me forças! Se cada vez que alguém disser asneiras o mesmo vier a sofrer um processo, então, viveremos em uma ditadura do fascismo do bem (também conhecido como politicamente correto). A coisa toda se perderia na insignificância da referida criatura, mas,nãããõooo, temos que ter um showzinho dos cretinamente corretos. Tem assunto muito mais sério para ser tratado num debate, como o escândalo da Petrobrás, o aumento do dólar, a censura à imprensa que não é amestrada,só para citar alguns exemplos. Esses debates se transformaram numa imensa perda de tempo e de dinheiro!

Anônimo disse...

Já imaginou nos dias atuais o Jô Soares com o seu ‘Capitão Gay’... http://globotv.globo.com/rede-globo/video-show/v/relembre-jo-soares-interpretando-o-capitao-gay/2732288/ e o Costinha, imitando a ‘bichinha’ - http://www.youtube.com/watch?v=C3rwujzILBg

Araújo disse...

O Levy não falou nenhuma asneira no tocante ao homossexualismo (masculino, especificamente). Ou será que agora é asneira dizer que o ânus é a porção do intestino naturalmente destinada à expulsão de excrementos?
Pode-se, por outro lado, questionar se ele falou isso de maneira grosseira ou, mesmo, coisas como se o fiofó só se presta à sua função natural mesmo. Mas daí a execrar o candidato como se ele tivesse cometido um crime hediondíssimo revela muita da estupidez reinante nestas bandas.

Anônimo disse...

Mascate,o TSE deveria proibir de participar de debates para presidente candidatos com 0% ou 1%de intenções.É o caso da Luciana Genro.Ela só aparece para atrapalhar aqueles que estão com boas intenções.Aqui vai uma pergunta : ela não tem o que fazer? ou ela está sendo paga por algum partido para torrar a paciência?