* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

sábado, agosto 31, 2013

E no Jornal da Cultura....

Quinta Feira passada durante o Jornal da Cultura, que é apresentado "diariamente todos os dias", menos aos domingos das 21:00 as 22:00 hs.
Foi apresentada uma matéria sobre o "beiço", "nó", ou chamem como quiserem a manobra que o diplomata Eduardo Sabóia fez para libertar da "prisão" ditatorial a que estava submetido o Senador boliviano, Roger Pinto Molina, encarcerado humanitariamente há quase dois anos dentro da embaixada do Brasil na Bolívia.

Molina, como sabemos, é desafeto ideológico, partidário e ferrenho opositor ao regime do índio Cocaleiro, Evo Imorales.
Bem, a história da prisão travestida de asilo político, a perseguição, e a fuga de Molina para o Brasil todos os que lêem jornais fora do caderno de esportes conhecem.
A "fuga" foi tão cinematografica que até ministro caiu pra cima no governo do Pinguim Dentuço. E toda essa ópera bufa acabou em um "preocupante" entrevero diplomático entre o Brasil e a pujante, moderna, rica, educada, primeiro mundista, progressista e democrática Bolívia.
A situação gerou um certo gosto de merda na boca para os esquerdopatas e esquerdofrênicos que não admitem serem feitos de bobo por ninguém. E o resultado foi que Eduardo Saboia pode se complicar no Itamaraty, e Molina poderá ser extraditado em nome das boas relações ideológicas boiolivarianas que habitam os governos dos trastes esquerdofrênicos da Amérdica Latrina.
Bem, toda essa lenga lenga acima foi para ilustrar "marromeno" a situação.
Durante seu comentário no referido jornal, a professora e advogada, Maristela Basso, deitou o cacete e retirou todo arremedo de importância comercial, diplomática ou geopolítica que tanto querem "pregar" na Bolívia os esquerdiotas que pensam ser os paladinos e protetores dos fracos e oprimidos.
Nem preciso dizer que uma boa parcela da cangalha esquediota do país se apressou em dar cria a filhotes de cães Pequinêses em praça pública, em sinal de protesto. Todos saíram em defesa da Bolívia e atacaram a professora e também o Jornal da Cultura.
Certo que muitos os que berraram nem assistiram ao referido jornal, estavam assistindo a novela da "golpista" Globo, mas aderiram ao movimento na base do ouvir dizer. E ouvindo dizer é uma baliza e tanto na formação da opinião inteligente e independente.
Entre outras coisas, chamaram o Jornal da Cultura de mídia golpista a serviço da direita reacionária que está sob as ordens do PSDB. Já que o PSDB é o governo no estado de SP o "dono" da Fundação Padre Anchieta que entre outras coisas mantém a TV Cultura.
Para quem não sabe, o PSDB é tão de esquerda quanto o PT, a diferença está no nível de ladroagem e sacanagem onde o PT ganha disparado, e na competência administrativa, que apesar de eu não ser Tucano, tenho que concordar que nos últimos 12 anos em que o PT é governo no Brasil e o PSDB em SP. O Brasil continua chafurdando na lama e SP continua sendo o mais moderno e rico estado da federação. A imensa maioria das obras de SP começam, acabam, são inauguradas e entregues ao povo, no Brasil do PT, as obras são inauguradas, começam...ou não, são inauguradas de novo  raramente acabam, são inauguradas novamente e as vezes são entregues ao povo.
Na verdade o Jornal da Cultura é um dos mais à esquerda que conheço, em primeiro lugar que TODA reportagem que acabe de alguma forma batendo demais no governo federal é apenas lida e quase nunca comentada, e segundo, é nítido que o jornal é pautado pelos interesses do governo, sempre o federal, o estadual também pauta, mas é menos escancarado.
O time de comentaristas do jornal é formado por 10 duplas sendo que ´cada dia uma dupla está encarregada de comentar as notícias. desses 10 comentaristas "fixos" e alguns rotativos temos uma imensa maioria de professores da USP, e em se tratando de professor da USP, ser de esquerda é obrigação curricular para acompanhar o modismo babaca que criaram no Brasil onde quem é funça público ou de estatal, "intelectual" professor ou artista tem que ser de esquerda.
Alguns são absolutamente desinteressantes como um casal que invariavelmente estão as quartas feiras na bancada do programa, e temos ainda um EX deputado que foi expulso do PT mas, ainda é vermelhoptralha até a alma.
Sorte que uns três no máximo quatro são independentes ou se opõe ao modo de governar dos partidos, principalmente o PT.
E com uma leva de comentaristas que chega aos 60% de esquerdofras pautáveis, ainda vemos os arautos do comentário internetico descendo o cacete no Jornal da Cultura alegando que ele faz parte do PIG. Impressionante....
Voltando a professora Maristela, ela é uma das poucas naquele jornal que não faz parte do abominável pensamento politicamente correto, onde quem destoa do modismo babaca em ser coxinha político é visto como reacionário ou golpista elite burguês da direita capitalista selvagem e saudosista do regime militar da ditadura Brasuca.
A opinião dela sobre a Bolívia é a visão transparente e nítida do que enxergamos no dia a dia da Amérdica Latrina. A Bolívia é um parceiro comercial menor e sem importância estratégica ou econômica para o Brasil. O que nos une é a porra da fronteira, a maior em área que o Brasil possui, o abastecimento de cocaína que invariavelmente vem através da Bolívia, a importação de mão de obra desqualificada e pobre que se sujeita a trabalhar em regime de semi escravidão em SP, do que com todas as liberdades no pujante país Andino. Sem contar que o governo Boliviano é tão parceiro do Brasil que tomou duas refinarias de petróleo na mão grande da PTroubrás, é o país onde carros roubados aqui na terrinha são contrabandeados para o lado de lá da fronteira e o governo permite que sejam legalizados e comercializados normalmente, e pau na bunda dos proprietários Brasucas que ficaram a pé.
O Brasil ainda constrói gasoduto para transportar gás natural que compramos dos Bolivianos a preços nada comerciais, e ainda em um arroubo de país bonzinho estamos construíndo uma estrada que vai atravessar o território Boliviano para chegarmos ao oceano Pacífico...apesar de termos mais de 7 mil KM de orla marítima no oceano Atlântico.
Fora o gás, a Bolívia não agrega absolutamente nada de bom ao povo brasileiro. Não é uma referência turistica, política, cultural ou intelectual, não possui medicina avançada a ponto que leve Brasucas a serem tratados por lá e ainda mantém alguns cursos de medicina meia boca onde alguns medíocres estudantes  Tupiniquins conseguem o tão sonhado "deproma de dotô".
Sem contar que no Merdosul é um parceiro absolutamente irrelevante.
Mas, a Bolívia mantém um presidente alinhado com a ideologia burra e atrasada que insiste em transformar a Amérdica Latrina em um continente socialista, e o mundo sabe que onde o socialismo foi governo o povo sofreu e viveu em um atraso ideológico e social absurdo. Mas...se a Bolívia tivesse o mesmo comportamento que vemos, só que com um governo de direita, esses mesmos que hoje latem e vomitam insanidades contra a professora Maristela, seriam os primeiros a levantarem a bandeira de apoio aos lúcidos e pertinentes comentários anti bolívianos.
Infelizmente, o Jornal da Cultura que sempre foi mais uma aula em vez de um programa jornalístico, está se tornando mais do mesmo, pautado, chato, desinteressante, e o pior, sem independência de opinião e de linha editorial.
Ainda existem alguns que colocam suas opiniões contra os poderosos, mas o tempo deles é contado dentro deste jornal. É esperar para ver.
Parabéns professora Maristela, suas opiniões são as mesmas que a imensa maioria dos Brasileiros que pensam e não se deixam iludir pelo modismo do politicamente correto patrulho-guerrilheiro ideológico que está transformando o Brasil em uma nação de idiotas.

E nos mais...
PHOD@-SE!!!
..........................



Share/Bookmark

2 comentários:

Anônimo disse...

Caro Amigo. Posso ter dificuldades de ler e escrever e algumas vezes de entender, mas o pouco que tenho assistido de telejornais nos últimos dias, observo que o andor dos petralhas, comunistas, esquerdistas, seus amigos, simpatizantes, assemelhados etc, que considero mentalmente enfermos ou politicamente burros, começou a balançar.Embora continuem vermelhos um pouco mais claros, estão deixando de apoiar os vermelhos sujos na maioria das reportagens ou comentários, mesmo que algumas apresentadoras seja cada vez mais idiotas e os apresentadores mais afrescalhados, posicionados de forma inadequadas, com ares de petralhas, ironizando os Paulistas, querendo mostrar que todas as mazelas do Brasil estão em São Paulo, sentados como se estivessem no trono de um reino, que tenho absoluta certeza que em breve irá acabar.Quanto a TV Cultura, sustentada por Paulistas, desde a sua inauguração procurou esconder o esplendor e virtudes do Estado de São Paulo, das suas cidades e de sua gente,como se Campinas, Santos, Ribeirão Preto, S J do Campos, Sorocaba, S J do Rio Preto. Bauru, e outras centenas não existissem e que também, ajudam a sustentar a emissora, favorecendo outros estados e outros artistas(Caetano, Chico, Gil etc), querendo se passar por uma emissora nacional, o que nunca foi e não é, Esse mesmo canal, até a pouco tempo mantinha no pior programa esportivo do Brasil, um ex-jogador, medíocre e comunista.Espero que a banda podre, covarde, canalha, traidora e vendida seja expurgada da boa imprensa Paulista o mais breve possível.

AdRiaNa disse...

Mascate, a Maristela Basso chegou a representar os corintianos presos na Bolivia. Se retirou do caso antes da soltura deles.
Li na internet que os corintianos ficaram presos lá para servirem de moeda de troca com o senador preso na embaixada. Acredito que seja por isso tambem que ela tem uma opiniao lucida a respeito. Teorias da conspiração á parte, de repente quem matou o menino torcedor foi até alguém a mando do.... Vai saber....esse povo não tem limites!!!!