* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

terça-feira, outubro 09, 2012

CONDENADOS!!!!

CONDENADOS!!!
AGORA É OFICIAL, 
ESSES TRÊS NÃO PASSAM DE CRIMINOSOS !!!! 

Por mais que o EX presidente Defuntus Sebentus tenha tentado desconstruir o mensalão com suas negativas sobre a existência da formação de uma quadrilha de Ratos Vermelhos. O STF no dia de hoje lavou a alma dos brasileiros que pensam e se opõe ao PT.

Hoje mais do que nunca eu posso dizer com muito orgulho...


VÃO SE PHODER CAMBADA DE CORRUPTOS FELASDEUMAPOTA!!!!

O mensalão existiu, foi provado, e condenou os amigos do Sebento.
Ainda falta um nesse processo, mas esse certamente está com os dias contados, e se a justiça dos homens não o fizer, a divina o fará.


 ...E o povo otário continua votando no PT, o que esperar de um povo desses?

E no mais, não acabou em pizza, mesmo que eles não puxem cadeia a "capivara" deles irá constar uma condenação por corrupção. 
Em outras palavras, se não tivermos uma revolução socialista na pocilga, esses a dai na política nunca mais, ao menos oficialmente.

E PHOD@-SE!!!

.................................................................

Share/Bookmark

5 comentários:

Anônimo disse...

Dia histórico.
Agora é pegar o apedeuta sebento.
Viva o STF. Viva Joaquim Barbosa.
Abaixo a súcia do PT que domina este país.
Nuncadantes na história destepaiz houve um governo mais corruPTo.

Anônimo disse...

.
Falta um.... o que consentiu o Mensalão.
.

Luiz Roberto disse...

Bonito foi ver eles nas manchetes dos jornais internacionais. O mundo já conhece esses bandidos.

Anônimo disse...

E o silêncio do Sebentão? Está vendo os amigos se f..... e fica bem quietinho, deve estar pensando naquela máxima popular "quem não é visto não é lembrado"! Mas, a hora do Seboso vai chegar, Deus é Pai!

Anônimo disse...

não estou percebendoi ainda o silêncio do Sebentão, ele continua enganando o povão brasileiro achando que é o máximo.