* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

sábado, setembro 22, 2012

O mensalão existiu. Quem duvida é porque tem memória curta.

Para quem passou as últimas três décadas acompanhando os movimentos do EX presidente Defuntus Sebentus, é fácil notar que o mensalão existiu.
Para um ser que sempre que podia desandava a falar transformando qualquer reunião em comício. O atual silêncio do Sebento e seu súbito desaparecimento da mídia são provas incontestáveis de que o rabo do Batráquio tá preso. E a casa começou a cair.
O "cara" passou mais da metade da vida soltando perdigotos e cusparadas nas fuças dos otários assistentes de seus discursos. 
Suarento, boçal, mentiroso, metido a engraçadinho. Nunca perdoou um inimigo político. Fez discursos inflamados contra o decrépito Sarney, contra Paulo Malóf, Renan Calheiros, e até Fernando Eunãosoumaluco Collor de Mello. E por incrível que pareça, seus inimigos do passado são seus aliados de hoje. Quase irmãos.
Sempre que pôde, fez seu discurso, fosse em um palanque, ou em um velório. Sua verborragia vomitada pelos quatro cantos do país foram a marca registrada desse político populista, mentiroso, demagogo, um verdadeiro estelionatário ideológico.
Há algumas semanas atrás deu entrevista para um jornal Duzestaduzunidus alegando a inexistência do mensalão, e que tudo não passou de um golpe da imprensa burguesa, e da elite raivosa que quer acabar com ele.
E quando o STF começou a "sentar" a caneta nos mensaleiros que o Sebento negou existirem, ele se recolhe, fica na miúda, faz um ou outro comentário, e vive de soltar notas pelo PROstituto Lula da Silva.
Bem, agora a revista Veja da semana passada saiu com uma entrevista onde o Bode expiatório do mensalão deu com a língua nos dentes e colocou o Sebentão na quadrilha.
Após essa entrevista vemos um cidadão que perdeu a arrogância e a empáfia, seus desafios verbais se resumiram a simples notinhas plantas em jornais alinhados com a quadrilha vermelha. Vive fugindo da imprensa, se esconde, usa seguranças, se cala.
Sem a asquerosa presença nos palanques, e com uma morna demostração de que o povo está começando a acordar, o PT vai de mal a pior nas campanhas eleitorais. Segundo as pesquisas, se conseguir, emplaca só Goiânia das capitais do país.
E com a casa do PT caindo, e o Sebentão mais sumido que dente em boca de pobre. É a prova cabal que o mensalão está fazendo muito mais estragos entre os Ratos Vermelhos do que a megalomania do EX presidente poderia imaginar.

Na verdade, o que se prova com a mudança de atitude do Sebento, é que se ele tivesse a absoluta certeza da própria inocência, e da inexistência do mensalão,  já estaria se espalhando pelo país com seus discursos inflamados em sua auto defesa. O silêncio do Sebento é ensurdecedor, mas diz muito mais do que qualquer investigação ou acusação que comprovam, não só a existência do Mensalão, como também sua participação no esquema que ele jurou desconhecer.
O "cara" some, se cala, e deixa seus bate paus e baba ovos para fazerem o trabalhinho sujo de tentar convencer o Papai Noel, o Saci Pererê, e o Coelho da Páscoa que o Mensalão é caixa dois de campanha, e que tudo não passou de um golpe dazelites burguesas e raivosas.
E este fato é tão contuindente que em plena reta final de campanha eleitoral, o Sebentou foi de mala e cuia fazer palestra no México. 
Desde quando ele deixaria uma campanha onde seus cãodidatos estão tromando no rabo para fazer gracejos e desferir cusparadas em outro país?
E na tentativa de preservar a própria imagem, o EX presidente se manda e deixa os "cumpanhêrus" cãodidatos na mão.

E COMO DIZ O DITADO: 
"QUEM CALA CONSENTE"

E PHOD@-SE!!!!

....................................................................


Share/Bookmark

3 comentários:

Anônimo disse...

Pra variar, o covardão eneadáctilo, faz aquilo que sempre fez, e já se esperava, picando a mula manca pro México, sob alegação de dar um cansaço nazoreba dos xicanos.
O que me deixa mais puto dentro das calças, é ver que o populacho não se manca que, sempre que rolou uma merda dentro da nação, o sonofa dava sempre um jeito de estar longe, isso desde o primeiro mandato.
Até um petralha reconhece que, quem tem cu apertado, não faz trato com pica grossa; e em situações assim, o seguro morreu de velho.
Por outro lado, a ex premeramuda da nação e seus bacorinhos devem estar as turras com o cudecana, afinal, as chances de se picarem prazintália, naufragou antes de zarpar, depois da cagada histórica de dar asilo pro outro carcamano assassino, fez dessa a última das famílias a serem bem vindas nas terras dos Césares.

Rose disse...

Precisamos criar um bordão que caia na boca do povo.
Tenho uma sugestão:
"Quando a verdade aparece, "tem gente" que foge!"

Anônimo disse...

Esse é o deus do pé de barro, cabeça de pinico e boca de latrina.