* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

domingo, março 18, 2012

Filhinho de Eike Batista atropela e mata ciclista.

O filho do empresário Eike Batista, Thor Batista de 20 anos, atropelou e matou um ajudante de caminhão de 30 anos que trafegava em uma bicicleta as margens da rodovia Washington Luís no Hell de Janeiro.
Até aí nada demais, ciclistas morrerem a beira das estradas da pocilga é coisa normal, principalmente próximo a cidades ou comunidades pobres.
Tá certo que caminho de ciclista é como vôo de barata, nunca é em linha reta.
Acontece que a situação tende a dar em nada, segundo testemunhas o filhotinho do biliardário empresário abandonou o local e retornou minutos depois quando a polícia já estava atendendo a ocorrência.
As mesmas testemunhas disseram que o rapaz  passou mal após ver o corpo "desfigurado" do falecido ciclista.
O que pega na verdade é que o jovenzinho superendinheirado tinha nas mãos uma Mercedes SLR McLaren, que atinge os 100KMh em menos de 3,8 segundos e pode chegar a velocidade máxima de 340 KMh. Ou seja, dar um carro com essa potência para um garoto de 20 anos é a mesma coisa que entregar uma pistola carregada de munições nas mãos de um Orangotango. O resultado sempre será uma surpresa.
A legislação brasileira deveria mudar em relação a esse comportamento permissivo de papais com muito dinheiro e quase nenhuma noção.
 O jovem quando conseguir sua habilitação deverá passar determinado tempo com permissão para dirigir veículos até "X" HPs, e com o passar do tempo e sem levar multas ou se envolver em acidentes ir conseguindo "promoções" que o possibilitariam ir subindo de categoria em potência de veículos até os 24 anos, onde a maturidade está mais "madura" e o pé um pouco mais leve além da habilidade ao volante um tanto mais segura.
Um forma simples de reduzir acidentes por imperícia ao volante e excesso de confiança comum a todo novo motorista. 
Não precisa ser gênio para ver que a molecada anda barbarizando no trânsito a bordo de verdadeiros "foguetes" sobre rodas, que acabam se tornando máquinas de matar ainda mais perigosas que uma ama.
O governo coibiu o porte de armas mas facilitou o acesso aos carros através do crédito fácil, e as mortes continuam acontecendo, e a cada nova tragédia os "assassinos" são jovens cada vez mais novos e ao volante de carrões absurdamente possantes.
A mesma coisa deveria ser com as motos, o cidadão começa a pilotar com uma licença até 100CC e com o passar do tempo ir subindo de categoria até estar liberado para pilotar qualquer tipo de motocicleta.
As leis de transito que foram um avanço no Brasil já começaram a ficar desfiguradas, as punições são ridículas e se o responsável por alguma morte no trânsito tiver uma condição social elevada...Ai que a impunidade toma forma.
O carro do jovenzinho foi apreendido e logo em seguida liberado para o advogado da família do rapaz. ou seja...pericia no veículo para que, né?
Além de que a polícia declarou que o jovem não estava embriagado no momento do acidente. Mas nem só de álcool se embriaga um motorista, não é? Um examezinho "tochicológico" básico seria sempre bem vindo para dirimir quaisquer dúvidas futuras...mas....A legislação não é tão eficiente assim. E se tiver de cara cheia de álcool ainda pode levar um ferro, mas se o fucinho estiver cheio de outra "substância" qualquer, não dá em nadica de nada!!!
E no mais, o jovem vai sair dessa de cú lambido, a família do defunto vai chorar a morte do ente querido por alguns dias, e a pizza da impunidade vai ser servida aos convidados da falta de tudo em que o Brasil está atolado.
E se bobear ainda será capaz de que o morto seja declarado culpado pelo acidente e a família ainda tenha que indenizar os danos causados pelo corpo na lataria do carrão. No Brasil  de hoje...tudo é possível.

E PHODA-SE!!!!!

Share/Bookmark

10 comentários:

Anônimo disse...

Infelizmente, o comentarista da Tribuna da Imprensa, está corretíssimo em suas afirmações.


http://www.tribunadaimprensa.com.br/?p=33910#comments

Carlo Germani
março 18th, 2012 at 16:09



1-Rússia e China são as potências que dominarão o mundo (retorno do comunismo) se a insana e satânica Nova(des)Ordem Mundial se consolidar.

2-Depois da “redemocratização” do Brasil,principalmente nas Eras FHC e Lula/Dilma,o Brasil entregou sua soberania para a oligarquia financeira mundial (leia-se “senhores donos do mundo”).

3-Ouso dizer que o nosso destino,se não apearmos do poder esses psicopatas comunistas (PT, Lula, Dilma, José Dirceu et caterva), está definido: um país irreversivelmente inviável, com um governo ditatorial e totalitário, economia fascista (conluio Estado + megaempresariado),(…), e uma população
escravizada.

4-Com o movimento revolucionário comunista-petista pós chegada ao poder de Lula/PT/Dilma, a tomada do poder por dentro do Estado e da sociedade (Cartilha de Gramsci), é um fato inquestionável.

Se não houver uma guinada com um governo conservador, fundamentado num verdadeiro projeto de país, e não de poder, com Estado reduzido, forte econoimia liberal, maciço investimento em educação e infraesstrutura generalizada,(…),o Brasil será reduzido ao saque de suas reservas naturais e só.



Ou os raros homens patriotas e que amam o Brasil, agem para acabar com esta quadrilha que se auto intitula partido dos trabalhores, da vida pública nacional, ou eles conseguirão arrasar com tudo e todos.

18/03/12 17:44

Anônimo disse...

Mascate
Não concordo.
O fato de ser um carrão ou carrinho não faz diferença. Qualquer carro até um Gordini mata se atropelar alguém.
Em alguns estados nos EUA (a maioria) pode-se dirigir aos 15 anos.
O fato só foi notícia com mais destaque por ser o filho de quem é.
Rodovia é que não é lugar para pedalar.Nem para ciclomotores.
Pelamordedeus nem dá ideia do governo regular mais alguma coisa. Já se mete demais nas nossas vidas

"O Mascate" disse...

Anônimo.
Nos Estados Unidos o comércio de bebidas é regulado e fiscalizado e se um menor de 21 for pego bebendo ou portando álcool os pais se estrepam E o jovenzinho idem.
Eles podem dirigir por lá aos 15 anos mas sabem que se fizerem merda a lei pega para valer.
Aqui na pocilga se bebe em botecos nas calçadas e em postos de gasolina, e o cidadão embriagado quando atropela e mata alguém o máximo que dá é uma fiança básica e um processo que irá se arrastar por décadas.
A situação pegou por ser justamente filho de quem é, pois zé mané matando no trânsito não dá mais manchetes.

Anônimo disse...

AQUI NA BANÂNIA SE VOCÊ ESTIVER DROGADO, ALCOOLIZADO E MATAR ALGUÉM COM O SEU CARRO, NÃO DÁ EM NADA.EXPERIMENTE ROUBAR UM POTE DE MANTEIGA NO SUPERMERCADO PARA VER O QUE ACONTECE...É CADEIA NA CERTA

Anônimo disse...

Esse é o país da hipocrisia.
Dirigir só após os 18 anos, Beber também, maioridade penal só aos 18 anos mas pode votar aos 16 anos.
Encher o caneco nas baladas e sair dirigindo pode, fumar não pode.
Tem algo errado aí.
Quanto ao acidente foram realizados 2 testes de bafometro com resultados negativos.
Não estou aqui defendendo o rapaz nem o falecido. Trata-se unicamente de não fazer conjecturas e querer um bode expiatório para as merdas que ocorrem todos os dias criminalizando o rapaz só por ser rico. Se fosse um manezinho de corcel 76 sem freio a responsabilidade é a mesma mas não daria manchete.

Airton Leitão disse...

Quando o atropelador de um ciclista pobre é filho de um bilionário como Eike Batista, é lógico que haja grande repercursão na mídia, mas não há razão para querer condenar antecipadamente o jovem Thor. Estrada é para carros e não para bicicletas. As notícias dão conta de que o ciclista teria se atravessado na frente do carro, que vinha em velocidade permitida. O atropelador foi a uma delegacia comunicar o fato. Não há também motivo para acusá-lo de omissão de socorro, o que providenciou quando foi à deleggacia. O estado do carro dele dá para entender que não tinha como prestar socorro. As despesas com o sepultamento foram pagas por Batistas.
E o pior é já aparecer logo um advogado falando em indenização. A dor dos familiares do morto não tem preço, porém esse advogado já pensa num polpudo honorário.

"O Mascate" disse...

Testemunhas dizem que o rapaz morto não atravessou a pista e foi colhido no acostamento...ou próximo dele.
Mas o estdo em que ficou o carro prova que o rapazote não vinha no limite permitido.
E falar que fizeram DOIS testes de bafometro com resultados negativos, em uma delegacia onde a o delegado liberou o carro para a família sem fazer perícia, é algo bastante duvidoso.
E volto a isnsitir a situação só deu a repercussão que deu por ser filho de quem é o rapazote.
E segundo a imprensa o advogado do atropelante já pediu exame de sangue da vítima para provar que ela estava alcoolizada e portanto é responsável pelo acidente.
E como eu disse, não duvido nada que ainda a família do morto não tenha que pagar o conserto do carro.
E a família da vítima pedir indenização por conta da morte...isso é cultural no Brasil. Rico quando se mete com pobre sempre acaba perdendo algum dinheiro.
Para muitos a morte de um ente da família nas mãos de um milionário pode ser a sorte grande.

Não esqueçam que a dor e a dignidade das pessoas sempre tem um preço.

JR disse...

Hell de Janeiro!! O Rio virou um HELL!! Bem criativo! Kkkkkkkkkk! E sobre o artigo, aqui no Brasil o rico se da bem e o pobre se ferra!

Justa homenagem disse...

Hino Dos Cafajestes

Ultraje a Rigor


Nós, os cafajestes do Brasil
temos como missão cafajestar
queremos nossas esposas prá chifrar
e o povo prá enganar


Filhos nos quatro cantos do Brasil
pensões que nós deixamos de pagar
contamos com o respaldo popular
em qualquer lugar


Canalhas!
em qualquer posto dessa nossa sociedade
os cafajestes do Brasil
podem viver com toda liberdade

Anônimo disse...

Olá Mascate,
Quando um estrangeiro é flagrado segurando um papel, discretamente, com o DEDO DO MEIO, vimos todo tipo de gente ficar indignada - ofendidos até as vísceras.
Quando assistimos pessoas que foram filmadas com a mão no pote, vem a conversa: “ninguém sabia, vamos investigar , montar uma CPI...”
Quando assistimos o pior dos atropelamentos – o da motivação em continuar...
Afinal, quando os assistiremos em um presídio? Talvez no centro de Brasília, todo de vidro transparente, trajando pijamas listrados (de vermelho, azul, verde, etc.), portando bolas de ferro, presas no “calcanhar de Aquiles”?
Talvez se lembrem dos “humanoides” que puxam carrinhos de “luxo”, aqueles cheios de CDs, papelões etc. - dos que puxam carrinhos cheios de impostos...