* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

sexta-feira, setembro 09, 2011

700 milhetas sumiram nas obras do PAC no Min. dos Transportes

Finalmente sai o relatório de 253 páginas da CGU sobre as irregularidades no Ministério dos transportes.
Oficialmente quase R$ 700.000.000,00 (Setecentas Milhetas) simplesmente desapareceram no buraco negro da bandalheira, do oba-oba e da corrupção que tomou conta daquele órgão.
O Sinistro dos transportes Paulo Passos veio a imprensa para anunciar que vai colocar a tranca na porta arrombada.
Entre outras medidas eles irão contratar 100 engenheiros para fiscalizar as obras de perto(?) Eu nunca vi ninguém fiscalizar nada de longe, mas, enfim...
A grande maioria das obras irregulares são do PAC sob responsabilidade do DNIT e da VALEC. Os dois órgãos que tiveram que ser "faxinados" pela presidANTA Dilmarionete. Quase 40 aspones levaram o pé na bunda por estarem envolvidos em falcatruas, desvios, superfaturamentos e maracutaias. Só que a grana não foi e nem será devolvida aos cofres públicos.
Assim é fácil ser corrupto no Brasil. O apadrinhado político de algum deputado ou senador FELADUMAPOTA consegue um carguinho de "aspone" em um ministério ou secretaria, rouba sem parar, desvia sem dó, e se for pego é demitido e fica tudo por isso mesmo. Não bloqueiam ou penhoram-se bens para responderem pela dívida, e nem bloqueiam contas bancárias dos canalhas. A punição é a perda da boquinha e a marca momentânea de corrupto. Uma vez que o povo tem memória curta.
Experimente você, simples mortal e pagão, deixar de pagar alguma dívida com o governo para ver o que vai te acontecer. Será uma romaria de oficiais de justiça te perseguindo, sem contar que o juiz manda bloquear tua conta bancaria pelo BACEN. E se bobear ainda te enfiam na cadeia.
Bem, depois de 700 milhetas desviadas, o ministro vem dizer que vai colocar a casa em ordem. Mas pela lógica a casa nunca deveria ter sido desarumada. O dinheiro público deveria ser tratado de maneira responsável e honesta por quem é responsável por ele.
Agora irão posar de paladinos da justiça para esfriar a bronca, irão dar uma ou outra maquiada aqui e ali e assim que o povo voltar as atenções para outra maracutaia, a bandalheira recomeça.
E acima de tudo, toda essa conversa do ministro fazendo reuniões e cobrando seriedade e fazendo ajustes só estão acontecendo porque a opinião pública e a imprensa independente denunciaram e caíram de pau em cima dessa cambada de vagabundos. Pois, se não tivessem percebido, essa repentina honestidade do ministro não existiria, assim como a conversa de arrumar a casa. 
Sem a gritaria da população, esses quase 700 milhões iriam se tornar alguns BI em poucos meses e ninguém lá dentro do ministério teria repentes de honestidade ou ética.
O que mais incomoda de verdade, é ver que esse pessoal só "entra" nos eixos quando a casa cai para o lado deles. E nos outros trinta e tantos ministérios e secretarias em que ainda não explodiram escândalos o que será que acontece com a grana pública?
A saúde precisa de uma nova CPMF para financia-la, mas o ministério da saúde tem um rombo no orçamento de 2.2 Bilhões de Reais, e isso é mal gerenciamento de recursos. Porque em vez de criar novos impostos o governo não gerência com competência o orçamento? 
Se pararem de roubar no Brasil seremos um país de primeiro mundo. Mas o duro é fazer essa cambada de vagabundos entender que o país precisa de seriedade  e honestidade no gerenciamento dos recursos públicos.
Criou-se no Brasil uma cultura. A cultura do: "Quem chega ao poder tem que roubar".
E mesmo que o cidadão seja honesto, quando ele se junta ao bando da canalha política, das duas uma, ou ele não aguenta a pressão e cai fora, ou ele entra na turma e enfia a mão sem dó.
Agora o ministro dos transportes vir a público e "reconhecer" que há irregularidades é de uma desfçatez sem limites. Não há irregularidades, há roubo mesmo!! 
E em um país sério o ministro seria demitido e a turma toda cairia em cana. A faxina da Dentuça se resumiu em mudar o chefe da quadrilha, mandou o Alfredo Nascimento pra rua e colocou o Paulo Passos no lugar. Na verdade a merda e as moscas continuaram as mesmas, já que os dois são do mesmo partido e a bandalheira é institucionalizada partidariamente.
Se o Brasil fosse uma empresa que tivesse que dar lucros pelo seu desempenho no mercado, estariamos à beira da falência. Mas como o Brasil tem o povo burro e cordeirinho para cobrir os rombos, eles vão arrebentando a boca do balão, e quando a casa cai, aumentam impostos para cobrir as despesas.
Em suma. Eu trabalho feito um condenado e pago um caralhão de impostos para lá na frente, e no final das contas, ter deixado um bando de sem vergonhas milionários e eu receber uma merda do INSS.
Então...
Paunabunda do povo, que se aumentem os impostos.
O brasileiro vai achar lindo!!!!
...........................
....................................
Share/Bookmark

2 comentários:

Anônimo disse...

O MAIS ESPETACULAR E SÓRDIDO DE TUDO É ISSO É QUE O MINISTRO FALOU QUE VAI FAZER A FAXINA NO SEU MINISTÉRIO E É AI QUE VEM O MAIS IMPORTANTE DE TUDO:
NÃO TEM PRAZO PARA COMEÇAR. HAHAHAHA

Sidney disse...

O Ex-ministro tinha que ser responsabilizado estar preso e fazer devolver todo o dinheiro, pois ele era o responsavel pelo Ministério, isso é um tapa na cara da sociedade.