* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

domingo, abril 17, 2011

Wellington Menezes, ainda vai acabar sendo canonizado.

Até onde pode chegar a idiotoce de um povo, após o brutal assassinato de 12 crianças na escola em Realengo começaram a pipocar no Orkut e na Rede as mais diversas demonstrações de apoio ao FELADAPOTA que cometeu aquele absurdo contra as crianças.
Muitos que se acham engraçadinhos ou querem aparecer se aproveitando de momentos de comoção nacional para demonstrar toda a falta de inteligência de educação e de civilidade. A falta da estrutura famíliar, e até mesmo algo que está em desuso no novo Brasil, o amor ao próximo.. A mediocridade toma proporções tão bizarras que chegam ao cúmulo de rotularem  assassinos de crianças como sendo verdadeiros heróis.
Criam comunidades no Orkut e fazem essa patetice mediocre que é brincar com as tragedias, tratá-las como sendo lugar comum, coisa normal do dia a dia de cidade grande. 
Lembram da menina Nardoni? 
Então, na época criaram a comunidade "Voa Passarinho" e colocaram a foto da menina no avatar. Isso é recorrente no Brasil, são as mais inexplicáveis reações do "engraçadismo" oportunista que remete esses pobres de espírito a total falta de bom senso e de respeito ao próximo.
Mas isso é o reflexo do comportamento do povo brasileiro, onde vimos que nos momentos que se seguiram ao ocorrido na escola os Merdonylssons e as Merdicleydes foram se aglomerando diante da escola criando uma massa de curiosos ignóbeis e engraçadinhos que vão desde as piadinhas de ocasião chegando ao ápice que é a turba crescente de imbecís gritando por "RUSTIÇA" , mesmo sabendo que ela já havia sido feita quando mandaram aquele FELADAPOTA sentar no colo do capeta.
A imprensa tem culpa nesse comportamento no momento que sai em busca de sensacionalismo e passa a dar corda para essa massa de cretinos quando começam a entrevistá-los. Aí vemos os mais "incríveis" depoimentos de gente que "quase" morreu no tiroteio, que "estudou" na escola em 1922, que é amigo da prima da tataravó da faxineira que trabalha na sorveteria onde a mãe do vagabundo trabalhou em 2008. Esse oportunismo, essa falta de decência e de civilidade que criam monstros como esse tal de Wellinton...Por falar nisso, pobre adora colocar nome estrangeiro nos filhos né?  Colocam Wellingtons e Washingtons e depois os chamam de uélito e uóxito. 
Sem querer criar animosidades, mas se forem ler os nomes das crianças que morreram no massacre verão que eu tenho uma certa razão quando digo sobre pobreza e nome "estranrreru" nas crianças.
Bem, voltando...O povo brasileiro na sua grande maioria é mediocre, tem problemas sérios de falta de cultura, não gosta de trabalhar, e prefere se manter na ignorância da ajuda do estado a ter que ir a luta para se tornar um cidadão de verdade. E o reflexo desse comportamento está nas redes sociais, e em momentos de tamanha tristeza para a humanidade onde os engraçadinhos e os curiosos se amontoam sempre pensando em aparecer e ter os 15 segundos da tão sonhada fama. Não é incomum vermos em entradas ao vivo de alguma reportagem pessoas com o celulá grudado à cabeça caminhando de um lado para o outro ao fundo do enquadramento da câmera. Prestem atenção nisso, é só ter uma reportagem na rua ao vivo que tem sempre alguém grudado em um celulá ao fundo.
E isso é o famosismo babaca dos mortos de fome mediocres que ligam para casa para dizer para a família que está na TV, mesmo que seja em um momento de tamanha tristeza para todos nós. Dai para se criar uma comunidade no Orkut é um passo. Os mesmos que criam essas comunidades são os que vivem em busca de atenção e da fama momentânea, e esses são de certa forma culpados quando acontecem tragédias como a do Realengo. Quando um desequilibrado começa a ver que o outro ganhou notoriedade e fama e chegou até a ter uma comunidade no Iogurte, que ele pensa que pode fazer o mesmo e ficar famoso.
Precisamos que os responsáveis por barbaridades como essas comunidades do Orkut sejam punidos de alguma forma, pois, se continuar do jeito que está, não duvido nada se em breve aparecer um movimento pedindo a canonização daquele FELADEUMAPOTA de Realengo.
.........................................................

Share/Bookmark

3 comentários:

Anônimo disse...

No Brasil, o errado é que se apresenta como certo.

A inversão de valores é uma das desgraças nacionais.

Nosso destino está traçado ao que ficou para a Afraca do Sul.
Leiam:

A realidade da África do Sul pós-Copa

“Poucas horas depois de Iker Casillas levantar a taça de campeão do mundo, há exatos sete dias em Johannesburgo, o governo sul-africano ordenava que tropas ocupassem algumas das regiões mais miseráveis da cidade para frear uma tensão latente de ataques xenófobos contra imigrantes estrangeiros.
No dia seguinte, funcionários de empresas de energia confirmavam a intenção de entrar em greve.
Passada a euforia, milhões de cidadãos continuavam desempregados e a África do Sul voltava à sua dura realidade.
Depois que o circo da Copa do Mundo deixou o país, ficaram a pobreza, a aids, a violência, a desigualdade social e, principalmente, uma divisão profunda entre os líderes sobre qual deve ser o projeto de país para a África do Sul.
(…)
O escritor sul-africano Rian Malan é de outra opinião. “A Fifa encorajou o governo a gastar bilhões que não tínhamos em estádios que não precisamos. Agora, infelizmente, ficaremos com dívidas por anos”, disse.”

Anônimo disse...

E mais: o safado e FDP era adepto do islamismo. Não deu outra, foi inspirado a virar purpurina.
O problema é que levou 12 inocentes com ele, tal qual fazem aqueles botocudos muçulmanos FDPs.
A coisa tá mais que esquisita e as investigações policiais já chegaram a um veredicto como um caso de insanidade.
Só!?!
Vão fazer como na Europa, denigri-se o cristianismo, mas o islamismo é intocável. Resultado:
DE VOLTA À BARBÁRIE.

Anônimo disse...

MASCATE, falar sobre este lixo humano aí é perda de tempo, pois a desgraça de muitas famílias já foi concretizada por ele, e o que não está faltando agora é todo tipo de exploração por parte da mídia e dos demagogos e hipócritas que fazem parte do meio político e de órgãos que tem a obrigação de evitar acontecimemtos e fatos desta natureza, é só neste País do governo da era da mediocridade para ver as coisas mais abomináveis e repugnantes, imagináveis e inimagináveis.