* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

terça-feira, abril 12, 2011

Novo referendo sobre armas. A Venezuelização do Brasil.

O decrépito senador Zé Sarney, como velha raposa política que sempre foi, agora surfa na onda da comoção nacional pelo ocorrido na escola de Realengo e sai em busca de fazer um NOVO referendo de desarmamento. Mas o que quer o velho decrépito?
É certo que auferir dividendos políticos de ocasião, uma vez que o tal referendo já foi feito em 2005 e a população escolheu pela manutenção do comércio de armas LEGAIS no Brasil.
Com essa novidade de REREferendar o referendo de 2005 caimos no perigo da Venezuelalização do Brasil, ou seja, vamos fazendo referendos até que os interesses do governo sejam atingidos  pelo voto da população dando uma falsa sensação  de "legalidade" na manobra sem vergonha que pretende o presidente do Senado.
O referendo foi feito, a população votou, os interesses da cartilha de Lenin que o PT usa foram contrariados, e inventaram o estatuto do desarmamento, a população votou pela manutenção do comércio e do porte de armas e o governo manobrou e tornou impossível um cidadão ter uma arma legalizada. É certo que quem tem muita grana, nome limpo e disponibilidade de tempo pode tentar ter uma arma registrada e com porte, mas é "phoda" para conseguir.
Os PTralhas como o Sinistro da justiça e a Secretária dos direitos humanos que agora tem status de ministra, estão aproveitando o momento para fazer as presepadas de sempre. Seguir a cartilha de Lenin e jogar de joelhos uma população desarmada que não poderá se insurgir contra os governantes. E isso é o passaporte para o totalitarismo ditatorial.
Os que estão aí matando e roubando nosso povo o fazem com armas ilegais. A população não é trouxa e sabe que as armas que os vagabundos usam não foram adquiridas legalmente, são contrabandeadas pelas fronteiras desguarnecidas de Banânia, e isso o desarmamento não atinge, nem o governo tem interesse que acabe.
O desgoverno quer tirar o direito de uma reação do cidadão diante de um bandido e quer "se garantir" que esse mesmo cidadão não se rebele contra os governantes.
Fazer um REreferendo é uma palhaçada e uma afronta contra o cidadão, pois, primeiro precisa-se que desarmem os bandidos e depois a população, se chegar o dia em que um cidadão nem pense em andar armado para sua própria proteção, é que atingimos a cidadania plena, e a segurança pública total. 
Mas do jeito que está e com o cidadão desarmado pelo poder público, vamos virando patos de estande de tiro em parque de diversões.  Morreremos feito moscas sem o direito de ao menos tentar uma defesa.
Volto a dizer, se os Judeus na segunda guerra tivessem armas os alemães não teriam chegado a tanto.
O maluco do Realengo levaria seu intento com arma de fogo ou sem ela, o que ele queria é matar, simples assim.

Estaremos mais uma vez sendo usados pelos interesses obscuros dos que estão tentando transformar o Brasil em uma nova CÚba. So não vê quem não presta atenção ou é alienado demais para perceber.
.............................

Share/Bookmark

13 comentários:

zango disse...

É possível que quando Sarney morrer a imprensa o transforme em herói e santo a exemplo de José Alencar. Votei contra o desarmamento em 2005, votarei contra em qualquer tempo. Na prática, já há desarmamento

Ajuricaba disse...

É como você diz, vão ficar fazendo plebiscito e consulta popular até aprovar as coisas fantasmagóricas que eles querem. E o Riba que não é nada bobo vai ficar nas paradas de sucesso e puxando o saco da deelma.

ENSAIOS disse...

Pois é conterrâneo Mascate

Acho que Sarney, José Eduardo Cardoso, o Viva Rio e a Rede Globo precisam iniciar uma campanha para a proibição da venda legal de facas para churrasco como forma de combater a violência. Quiçá um referendo.

Paulo Saldaña - O Estado de S.Paulo - 12 de abril de 2011

Um morador de rua, aparentemente em surto e sob efeito de bebida alcoólica, esfaqueou ontem duas pessoas na frente do Parque Trianon, na Avenida Paulista, por volta das 16h40 (armado com uma faca de churrasco com cerca de 20 centímetros). Os dois, uma mulher e um homem, estavam parados em um ponto de ônibus. O agressor - que já tem passagem pela polícia - tentou fugir, mas foi preso em flagrante pela Polícia Militar.

http://goo.gl/VSIFL


Do G1 SP
11/04/2011 19h23

Morador de rua esfaqueia duas pessoas na Avenida Paulista. Vítimas seriam um homem e uma mulher.

12/04/2011 10h4
"Pensei que fosse um massacre", diz mulher esfaqueada na Paulista, Lina Ferreira, de 38 anos, teve ferimentos no rosto e em uma das mãos. Ela esperava ônibus; outro homem ferido está em estado grave.

http://goo.gl/zc1Zp

http://goo.gl/Uknae

A onda agora é "MASSACRE"! Êta povinho...

ABAIXO AS FACAS PARA CHURRASCO!

Anônimo disse...

Precisamos fazer um movimento nacional pela internet contra essas disparidades desses comunistas, senão este país vai virar sucursal da veneCÚela e CÚba.

Ez/SP

Anônimo disse...

DESARMAMENTO: A ALEGRIA DO CRIME!
História para quem esqueceu, ou nunca soube:


Em 1929, a União Soviética desarmou a população ordeira. De 1929 a 1953,
cerca de 20 milhões de dissidentes, impossibilitados de se defenderem,
foram caçados e exterminados.

Em 1911, a Turquia desarmou a população ordeira. De 1915 a 1917, um
milhão e meio de armênios, impossibilitados de se defenderem, foram caçados
e exterminados.

Em 1938, a Alemanha desarmou a população ordeira. De 1939 a 1945, 13
milhões de judeus e outros "não arianos", impossibilitados de se
defenderem, foram caçados e exterminados.

Em 1935, a China desarmou a população ordeira. De 1948 a 1952, 20
milhões de dissidentes políticos, impossibilitados de se defenderem, foram
caçados e exterminados.

Em 1964, a Guatemala desarmou a população ordeira. De 1964 a 1981,
100.000 índios maias, impossibilitados de se defenderem, foram caçados e
exterminados.


Em 1970, Uganda desarmou a população ordeira. De 1971 a 1979, 300.000
cristãos, impossibilitados de se defenderem, foram caçados e exterminados.

Em 1956, o Camboja desarmou a população ordeira. De 1975 a 1977, um
milhão de pessoas "instruídas", impossibilitados de se defenderem, foram
caçados e exterminados.

Pessoas indefesas caçadas e exterminadas nos países acima, no século XX,
após o desarmamento da população ordeira, sem que pudessem se defender: 56
milhões.


Ez/SP

Anônimo disse...

Em 2003, com a aprovação do absurdo Estatuto do Desarmamento, o Brasil
iniciou o processo de desarmar a população ordeira. Salvo engano, isso quer
dizer Você. E se você não lutar contra isso, você ou sua família poderão
ser as próximas vítimas indefesas.


Com armas, somos cidadãos. Sem armas, somos súditos. Quem desarma a
vítima fortalece o agressor. Na hora do perigo, será que a polícia vai
estar lá? Chamar a polícia pode levar alguns segundos, esperar por ela pode
levar o resto da sua vida. Uma arma na mão é melhor que um policial ao
telefone.

O Brasil tem a mania de andar na contra-mão da história. E aqueles que
tomam, por nós, as decisões, estão confortavelmente protegidos pelo aparato
de segurança do Estado, circulando em carros blindados, tudo pago pelo
nosso dinheiro. A única coisa que temem é o uso consciencioso do voto. Do
nosso voto.

Quem não luta pelos seus direitos, não tem direitos.


Ez/SP

Tg LIMA disse...

PARECE QUE SR SARNEY EA NOSSA FOMOSA MIDIA DE MASSA APROVENTADO DO OCORRIDO EM ESCOLA DE REALEGO-RJ, PRETENDE ATRAVES DO DESCARADO OPORTUNISMO, INFLAMAR A POPULAÇÃO A FAVOR DE SUAS CAUSAS OBSCURAS, PARA JUSTIFICAR O CRECENTE NUMEROS DE CASOS DE VIOLÊNCIA QUE DESDE ENTÃO VEM CRESCENDO NESSE PAIS, POIS CONSEGUIR UMA ARMA PARA A DEFESA DE SUA FAMILIA É DIFILCULTADA PARA O CIDADO DE BEM, MAIS QUANTO A BANDIDADEGEM QUE CONSEGUI SUAS ARMAS DE FORMA ILEGAL, O GOVERNO FEDERAL POUCO FALA. MAIS PARECE QUE O ALVO PRINCIPAL SOMOS NOS.
ONDE ESTA A DEMOCRACIA OCIDENTAL QUE TANTO SE AUTO-DENOMINA LIBERAL, A FINAL A VONDADE POPULAR NO REFERENDO DE 2005 NÃO VALEU, QUE REGIME POLITICO E ESSEEM QUE NÃO VALE A VONDADE POPULAR. A MIDIA POUCO FALA SOBRE ESSE DESREDPEITO A NOSSA CONSTITUÇÃO, POIS PARECE QUE BRASILIA E A MIDIA DE MASSA SO DEFENDE OS INTERRESSE OBSCUROS DE PODEROSOS QUE OS FINANCIAM QUE CONSERTEZA NÃO SOMOS NOS, CIDADÕES BRASILEIRO.

BRASIL ACORDE!!!

SOMOS UM DOS PAISES MAIS RICOS MINERAIS E PRINCIPALMENTE O AFAMADO "NIOBIO" QUE ALÉM DE DAR EXELENTE LIGA METALICA BELICA E AEROESPACIAL, OFERECE O FUTURA EM ENERGIA LIMPA E SEGURA DO QUAL O BRASIL POSSUE NA AMAZONIA NADA MAIS QUE 97% DESSE MINERAL ESSENCIAL PARA OS GAFANHOTOS INTERNACIONAIS. LOCALIZADOS PRINCIPALMENTE NESSES EMBUSTE ANTROPOLOGICOS DE GRINGOS QUE SÃO ESSAS "RESERVAS INDIGINAS".

BRASIL ACIMA DE TUDO!!!

marquer disse...

Infelizmente, Fernando, o óbvio ta aí! Um maluco que usaria ate mesmo um facão - e mataria mais ainda! - seria a motivação da proibição de fabricação de facões no País?

A coisa é tão clara que, obtemos outra conclusão, ainda mais óbvia: Um povo tolo e idiota!

Os marginais de ontem, estao no governo e protegendo os marginais de hoje...e estão contra as pessoas honestas, tanto ontem quanto hoje.

A realidade: Desarmar a população e deixar as fronteiras abertas para guarnecer ainda mais os que andam fora da lei!

É um brasil de e para marginais - Esta é a realidade!!

Anônimo disse...

Sim, grande Mascate, estão querendo transformar o Brasil num Cúbão, porque depois da população desarmada virão os guardas de quarteirão, os cães de guarda do governo, armados.

Plagiando Maiakovski(poeta russo que se suicidou após a revolução de Lenin) e Bertold Brecht:

"Primeiro levaram a pistola do meu vizinho da direita.
Mas não me importei com isso,
eu nunca tive uma arma.

Em seguida levaram o 38 do meu vizinho da esquerda.
Mas não me importei com isso,
por não ter arma, votei a favor do desarmamento.

Até que um dia o mais frágil dêles entrou sozinho na minha casa, armado, e arrancou minha língua porque critiquei o governo.
Mas já é tarde, como não protestei por meus vizinhos, já não há amigos armados para me defender".

abraços do LPS

elaine disse...

Fernando. Uma vaca cagando e o sarney abrindo a boca a diferença só fica no odor que, por decrépito, o cheiro insuportável se destaca no velho e péssimo escritor e explorador dos maranhenses!

Anônimo disse...

Meu amigo Mascate.

Fiz meu protesto junto a todos senadores, apenas um acusou o recebimento.

O Ferra Mula adormeceu mas continuo na área.

Airton.

"O Mascate" disse...

Grande Airton, pena que tenha desistido da vida de Blogueiro, é mais uma perda no mundo dos que se indignam contra a camarilha engravatada que está na política do Brasil.
Mas é bom saber que você está bem e de alguma forma ainda atuando na Blogosfera.

Mandar mensagens para político em Brasília é pura perda de tempo, eu mandei certa vez para todos os deputados e senadores e só o Paulo Paim respondeu, de resto a maioria das mensagens voltavam como NÃO lidas.

Abraços
E o espaço aqui está sempre aberto para suas opiniões.

Anônimo disse...

O desarmamento civil é ponto programático dos globalistas que controlam a ONU e seus agentes no Brasil estão fazendo todos os esforços para essa fim. Vimos que o invertebrado José Sarney teve a brilhante idéia de chamar um novo plebiscito, a fim de tentar novamente proibir de vez a comercialização de armas. Hoje foi o sinistro Luiz Fux que falou ao site da Globo.com. O sinistro nomeado pela corriola do PT opinou que não é necessário plebiscito, que basta cumprir a hedionda lei em vigor. Mas foi além. Como o Estado tem autoridade para entrar nas casas das pessoas para combater o mosquito da dengue, o sinistro ensina que teria a mesma autoridade para vasculhar as residências, a fim de apreender armas. Idéia tão hedionda só passou pela cabeça de gente ilustre do porte de Hitler e Stalin. É essa ralé moral que está a nos governar, que ocupa os altos postos da magistratura. As liberdades correm perigo. O Brasil caminha rápido para uma ordem totalitária.


http://www.youtube.com/user/nivaldocordeiro