* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

domingo, julho 25, 2010

Ferrari mais uma vez faz do circo da F1 um CIRCO de verdade.

Hoje, Domingo, 25 de Julho de 2010 este revoltado blogueiro declara que: Assim como o futebol, a fórmula 1 não faz mais parte do meu calendário esportivo.
A dureza em assistir às corridas com a grotesca e patética locução do Galvão Bueno já era um exercício de burrice absurda por parte deste que vos escreve. Mas, eu era um apaixonado pela F1..(ERA) e com isso tolerava a cretinice e a chatice do Galvão...
Após todas as sacanagens que a Ferrari fez com o Rubinho Barrichello,(e que todo brasileiro respeite este piloto com a dignidade que ele merece, pois, se ele fosse assim tão ruim como dizem os "entendidos" brasileiros, ele não estaria a tantos anos no Cockpit de um F1) eu acreditava que o esporte seria levado apenas como competição e voltei a assistir corridas novamente...Apesar do Galvão.
Em matéria de esporte de velocidade tirando a Fórmula Truck, a F1 ainda era o que me dava um certo prazer em assistir....apesar do Galvão....
Hoje quando percebo, a Ferrari mais uma vez faz das suas em detrimento do espetáculo, em prejuízo do esporte, e numa total falta de respeito aos que pagam para assistir as corridas nos autódromos e também aos manés como eu que perdem maravilhosas manhãs de Domingo para ficar grudado na TV em vez de estar passeando à beira mar e tomando uma refrescante água de coco...fiz a opção de ser feito de otário pela última vez, depois de hoje eu prometi que jamais perderia outra manhã de Domingo para ver a sacanagem que fizeram com o mais "elitista dos esportes".
Simplesmente depois do choramingo do Fernando Alonso, a MAFIOSA escuderia mandou o Felipe Massa dar a vitória ao espanhol. Infelizmente para a equipe Italiana, os áudios dos momentos dos "recadinhos" e o vídeo do " cumprimento da ordem" explodiram na cara do mundo como um tapa dado pelo mal caratismo e do corporativismo em busca apenas das glórias financeiras.
Tudo pelo dinheiro e que se dane a competitividade, o esporte, o atleta, e o público. O que vale é o lucro. E não estou protestando por conta de que mais uma vez um brasileiro foi feito de otário, assim como a nação inteira dos brazucas fãs da F1. Mais uma vez cagaram e andaram para a competição e olharam só a grana. E o CIRCO da F1 está ficando à cada dia mais mambembe, perdendo público e não gerando mais tanto interesse pelos amantes da velocidade. Senna, Fangio, entre outros, devem estar morrendo de vergonha em ver o que os interesses financeiros estão destruindo a competitividade no esporte que levou os nomes deles para a história do mundo. Que vergonha!!!!
Que pena ter que chegar ao ponto de banir mais um esporte do meu currículo tele esportivo por conta da falta de honestidade dos homens.
Desde a copa da 1998 em que o Brasil surpreendentemente entregou o jogo para a França eu já estava decidido a nunca mais torcer pela seleção brasileira, e o faço até hoje. ,
Em 2005 onde o Corinthians por uma manobra de bastidores tirou o merecido título do Internacional. Concluí que quem acredita em futebol no Brasil é otário. E hoje chego a essa conclusão com a F1.
Muito se fala das loterias da Caixa, outro trambique pesado contra o otário e crédulo povo brasileiro. Onde já se viu uma Sena acumular tão pouco e a Mega Sena acumula por semanas à fio, não são 6 dezenas nas duas? Porque uma acumula mais do que a outra? E o mais bizarro, os prêmios geralmente saem para cidadezinhas que nem se imagina que exitam no mapa do Brasil.
Pela lógica e pela matemática a probabilidade de acertos na cidade de São Paulo tem que ser absurdamente maior do que em São Miguel do Tapuia. Piauí. Só que os grandes prêmios saem sozinhos para esse tipo de localidade, contrariando a lógica e até as probabilidades, e com isso gerando a desconfiança de manipulação dos prêmios. Se uma urna eleitoral pode ser manipulada apesar da alegações em contrario de todos os que dela se beneficiam, porque um sorteio da Mega Sena não pode ser trapaceado também? Afinal, entre a Sena e a Mega Sena as dezenas são 6 e uma quase nunca acumula e a outra paga prêmios bilionários. É só prestar atenção para perceber que até no Cassino Brasilis, o povo é lesado.
Copa de 2014 no Brasil uma sacanagem contra o otário povo pagador de impostos e uma festa para o otário povo que acredita e torce pelo ludopédico esporte. Morrer na fila do SUS pode, ficar sem copa em SP não.
Um cabeça de Bagre qualquer que sabe dar uma reboladinha, que acerte um chute no ângulo, que faça um ou dois malabarismos com a bola certamente irá ser elevado ao status de gênio e com isso seu salário elevado as alturas. O xaropão mal sabe assinar o próprio nome, mas em questão de meses estará ganhando mais dinheiro que qualquer cientista que descubra a cura do câncer.
Esse é o Brasil dos otários, um povo que tatua na própria pele o escudo do time que torce, que gasta o dinheiro da comida da família em ingressos, que mata, que briga que perde o emprego em nome de um time, onde os jogadores apenas estão preocupados com o quanto irão receber no final do mês. GANHANDO OU NÃO O TÍTULO.
A ignorância no futebol é até tolerável por conta de ser um esporte de massa: Onde se lê MASSA, entenda-se, povo BURRO e IGNORANTE. Mas na fórmula 1, o "esporte da elite" aí já é muita certeza de impunidade.
Enfim, eu ainda tenho a opção de domingo que vem ir caminhar a beira mar...se não chover.

Share/Bookmark

4 comentários:

Anônimo disse...

Mascate


Dá um big post


http://www.youtube.com/watch?v=2ItL3O9_uHY&feature=player_embedded

Anônimo disse...

Olá, meu caro, tudo bem contigo? Olha, eu também sou fã de automobilismo(inclusive corrida de carroça...)e principalmente da F1. E sempre pensei, até pela sua trajetória como piloto, que Felipe Massa não era um desfibrado como Rubens Barrichelo. Por mais que se fale em "cláusulas de contrato" e outros detalhes mais, sempre temos a opção de dizer NÃO! E hoje, Massa teve essa oportunidade. Tenha certeza que isso manchou a sua carreira, afinal de contas o que de grave aconteceria? Iriam demití-lo ou o substituiriam nessa altura do campeonato?
Seria preferível que visse caras feias nos paddocks e em Maranello, do que passar recibo de capacho.
Ele podia dizer NÃO, SIM!

Anônimo disse...

Concordo em gênero, número e grau !

"O Mascate" disse...

Meu caro anônimo, o recibo de capacho é acompanhado com um belo salário.
E no mundo financeiro manda quem pode e obedece quem tem juízo.
E o esporte que se phoda!!!
É assim que pensam todos os que vivem da atividade esportiva. Não existe amor, patriotismo comprometimento, o que conta é a conta...entende?