* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

sábado, maio 02, 2009

**VERGONHA** IRÃ EXECUTA DELARA DARABI.


Na manhã de ontem 01/05, Delara Darabi, pintora iraniana de 23 anos de idade, foi executada na prisão de Rasht (Irã).

Ninguém esperava, pois a pena capital, segundo noticiaram as autoridades iranianas, estava suspensa por dois meses: a execução marcada para 20 de abril passado havia sido suspensa em razão de pressões internacionais e possibilidade de acordo indenizatório com familiares da vítima (forma de extinção da pena de morte).

A filha da vítima, Hayedeh Amir-Eftekhari, negou-se a perdoar Delara Darabi: a vítima tinha cinco filhas e Hayedeh era a única a não aceitar trocar a pena capital por sanção indenizatória.
.
.
Eu gostaria de saber o que é que o Brasil tem comercialmente com o Irã? Quais as vantagens comerciais e tecnológicas que o Irã pode proporcionar ao Brasil?
Ou será que o Batráquio vai receber o bandidão iraniano por que o Loko Chaves mandou?
As vezes tenho a nítida impressão de que quem manda aqui são os Bolivarianos e o Batráquio não se opõe à eles para não perder o "apoio" da Amérdica Latrina.
Como o Batráquio é inculto, talvez ele ainda não percebeu o tamanho do Brasil na Amérdica do Sul.
O Irã é um paizeco de merda que exporta petróleo e ódio, povoado por uma população de cretinos que vivem em fomentar a violência e a guerra.
O presidemente brasileiro irá receber mais um bandido assassino como chefe de estado, para que?
O fundamentalismo Iraniano é preocupante e um atentado ao mundo moderno e democrático, é certo que o Loko Chavez, o caudilhota imbecil da Venezuela recebeu o presidente iraniano apenas para afrontar o governo americano e como arma de propaganda para mostrar à população carente e ignorante da Venezuela o quanto ele desafia os imperialistas Yankes.
Mas o batráquio? Qual o interesse brasileiro com um país desestabilizado políticamente que vive em guerra contra tudo e contra todos?

E as mulheres PTralhas? Essas não se sentem afrontadas por receberem o presidente de um país onde uma mulher vale menos que um monte de bosta de camelo? Cadê a "sinistra" marechal que fala grosso com o mundo e aceita um disparate como esse?
Cadê a deputada que teve um chilique e um ataque de frescura quando foi chamada de feia pelo Clodovil?
Onde anda a Idely, a mulher TPM, constantemente indignada?
E os democráticos defensores dos direitos humanos da igreja e da OAB?

HIPÓCRITAS, TODOS NÃO PASSAM DE UM BANDO DE HIPÓCRITAS E SAFADOS!!!!

Um país atrasado sem tecnologia, sem um parque industrial satisfatório, sem nada, a não ser o petróleo.

O mesmo petróleo que segundo o Batráquio, "já somos auto suficientes com a "exploração" do pré-sal."
Eu como brasileiro, me sinto agredido e afrontado mais uma vez por esse governo esquerdopatico e sem noção. Isso não é democracia, estamos caminhando à passos largos para uma ditadura socialista. Apesar de que o Irã seja uma ditadura fundamentalista religiosa.
Sr. Lulla da Selva a história irá julgá-lo certamente como o presidente que se faz passar humanitário com seu povo, mas vive em babar ovos de bandidos.
Fidel, Chaves, Cesare Battisti, e agora esse
Mahmoud Ahmadinejad, entre outros, um governo que protege os bandoleiros do MST, e diz que a Farcs deveriam ser um partido político, que acha normal uma guerrilha manter reféns civis por por mais de dez anos, mesmo não estando em uma guerra civil, não pode ser considerado uma pessoa sã.
Não esqueça que Jânio Quadros afrontou o mundo condecorando o CHE Quervara e deu no que deu.
Presidente, se o você acredita em democracia, direitos humanos e em civilidade, pare de fazer bobagens.

Todas as revoluções começam da massa popular contra os governantes, é certo que no Brasil isso não irá acontecer. Pois, o governo abastece o campo do MST com dinheiro público e sustenta a vagabundagem dos brasileiros encostados em bolsas esmolas.
Os banqueiros estão ganhando dinheiro como nunca.
Os industriais estão se segurando como podem.
A classe política está podre desde as câmaras de vereadores até o STF.
E a classe média que ainda tem o poder de se indignar vai pagando essa conta.
A propaganda está muito bem feita, o presidemente sabe "se vender" como nenhum outro, e tem otário que acredita e compra!!!!
Só pegando em armas para este país mudar de verdade!!
Na hora em que começarem a enfiar tirambassos na cara de políticos safados, este pais começará realmente uma mudança.

Na conversa e no voto, já está provado que não muda.
Na educação que seria o ideal, levaríamos mais umas três gerações se começarmos agora. E nós não temos três gerações para esperar.
.
.

SE O BRASILEIRO FOSSE REALMENTE UM CIDADÃO, SERÍAMOS PAÍS DE PRIMEIRO MUNDO.
.
.
O PROBLEMA DO BRASIL É O BRASILEIRO!!!

Share/Bookmark

10 comentários:

Dois em Cena disse...

Fernando...é assim que os demônios caminham....nas sombras.
Ele engana. Imagine esse cara com a bomba, pois a sharia ele já tem.
Cadê Marta, a feminista nestas horas?
Ajudando a Maria Machadão a ser mulherzinha?
Petista não é mulher e nem homem..é zebra!

Beto Siqueira disse...

Fernandão
Realmente o brasileiro ainda não se deu conta da importância que tem na América Latina, nos comportamos como um país pequeno, e não como uma nação grandiosa.
O Brasil na verdade não precisa da América do Sul, e sim eles que precisam da gente, "nós somos os caras"
Somos o único país de língua portuguesa nas Américas, só aí já dá uma mostra de quanto somos diferentes, mas, com um governo que vive em ser "bonzinho" com essa lixarada não vamos sair da mesmice e nem sermos respeitados como merecemos.
Mas, é culpa de quem?
Do povo!!!

receber o presidente do Irã é ir na rabeira do Chavez, nem para ser autentico esse apedeuta serve!!!!

Machete disse...

Sapo mor só poder estar querendo uma coisa do Irã: A BOMBA

Chico Xarope disse...

Machete, então ele que enfie a bomba no próprio rabo e detone as pregas e pare de encher o saco da gente!!!!

Mani disse...

Eu fiquei triste com essa noticia. Eu tinha esperança na comutação da pena, afinal, havia a informação de que o autor da morte havia sido outra pessoa (namorado da acusada). Não sei a verdade do processo, claro, mas fica evidente que a execução da pena foi para demonstrar o poder do governo déspota daquele país. Uma noticia triste...E que merece repúdio.

Carlos disse...

Fernando!
EU SOU BRASILEIRO E SOU CIDADÃO. Sou presidente de uma associação comunitária e luto por direitos sociais, vc me ofende e ofende muitos cidadãos brasileiros com essa sua ideologia retrógada de dizer que brasileiro num vale nada e blá..blá..blá...
A respeito das políticas internacionais do governo atual q vc criticou estou percebendo que sua posição é bem a la FHC né?
Agora pense...como disse Lula "Se fizermos uma feira de tratores em Amsterdam ou Frankfurt nós não vamos vender nada...agora se agente fizer na África ou no oriente médio vamos vender muito."
Ei cara... o mundo tá evoluindo, tá se espiritualizando... vê se te acorda mano!

Laguardia disse...

Carlos

Você é daqueles que pensa que no Brasil existem só duas posições. Ou se é a favor de Lula ou se é a favor de FHC.

Com isto você ofende a inteligência do povo brasileiro. Há aqueles que acreditam que o PT e o BSDB são farinha do mesmo saco.

Vocês que defedem este governo corrupto são incapazes de pensar que há gente pensando diferente da esquerda.

Se fizermos uma feira de tratores em Amsterdam ou em Frankfurt, ao contrário do que você pensa, vamos vender muito, principalmente se nossos tratores forem de boa qualidade e tiverem preços competitivos.

Agora se fizermos a feira na África ou no Oriente Médio, não vamos vender nada pelos seguintes motivos.
1. Na África a agricultura ainda não está desenvolvida a ponto de utilizar tratores. Bem se vê que você e o presidente desconhecem a África e o Oreinte Médio.

2. Os países da África ainda não têm condições financeiras para pagar pelos nossos tratores, mesmo que tivessem onde aplicar os tratores.

3. Na África estamos perdendo a competição econômica para a China, que tem sido mais agressiva comercialmente e tem apresentado custos mais competitivos.

Sugiro que você estude um pouco mais de economia e geografia economica. Ser presidente de uma associação comunitária é muito bom, mas não supre a necessidade de conhecimento em geografia economica antes de dar palpite errado.

Ferando, me desculpe a intromissão mas eu não aguento ouvir besteira calado.

Fernando disse...

Laguardia
Não tenho nada a adicionar ao seu comentário. Os esquerdopatas pensam que quem é contra o PT é FHC, além de mal informados são tendenciosos.
Parabéns meu amigom, suas intervenções são sempre bem vindas, ainda mais quando são para enquadrar um socialistóde que nivela todo mundo por baixo.
Presidente de associação, grande coisa né?

BRASIL GRANDE disse...

Em março, pela primeira vez a China foi o principal destino dos produtos nacionais, desbancando a liderança histórica dos Estados Unidos. As exportações para China no primeiro trimestre cresceram 62,67% em valor e 41,47% em quantidade na comparação com o mesmo período de 2008.

Os principais beneficiados foram os produtores de soja, celulose, minério de ferro e petróleo. Essas quatro commodities respondem por 76,6% da receita de exportações brasileiras para o país, aponta a Fundação Centro de Estudos de Comércio Exterior (Funcex).

"No pior dos mundos, o Brasil está melhor", afirma Miguel Daoud, economista-chefe da consultoria Global Financial Advisor e especialista em China. Com a crise global, o governo chinês decidiu injetar quase US$ 600 bilhões na economia. O objetivo é estimular os negócios e mudar o modelo de economia exportadora para outro, voltado para o mercado interno. Esse pacote já começou a fazer efeito, com repercussões diretas no Brasil.

Daoud observa que o pacote está concentrado na construção civil. Isso significa maior consumo de aço e, consequentemente, de minério de ferro, a matéria-prima básica da siderurgia. Além disso, o governo chinês traçou um plano para tornar o país autossuficiente em cerca de uma dúzia de produtos agrícolas. Como apenas 10% do território são próprios para a agricultura, a China está aumentando as importações dos produtos que não são prioridade no plano de autossuficiência. É o caso da soja, o principal produto de exportação das lavouras brasileiras.”

O que dizer daqueles que defendiam que o Brasil deveria centrar seu foco nas exportações para os USA.

Ora, dizer que estavam redondamente enganados!!!

Fernando disse...

Enquanto aumentamos a participação em vendas de matérias prima para a China ela aumentou significativamente a participação em exportações de produtos industrializados para o mundo principalmente para os EUA.
A exportação de grãos cresce à cada ano no Brasil principalmente de soja, mas devemos aos agricultores que ainda insistem em continuar plantando, pois, as políticas fiscais do governo atropelam todo e qualquer plano a longo prazo.
Para o Brasil se tornar realmente grande precisamos urgente de uma reforma tributária que premie mais o produtor e tire o governo de cima desse pessoal.
Agora quanto a vender tratores...
Valmet, Fiat, Carterpillar, Massey Ferguson, Agrale, New Holland, John Deere, Ursus e Valtra. De todas essas marcas à única genuinamente brasileira é a Agrale.
Ou seja, o brasil é exportador de maquinas agrícolas mas o grosso do dinheiro vai para as sedes das empresas em cada país de origem.
A iniciativa brasileira fica sempre na rabeira do crescimento, viramos um gigantesco galpão, uma linha de montagem com mão de obra barata. Agora está chegando a vez da China, que perdcebeu que o comunismo por sí só não iria virar, então, abriram o mercado para o mundo capitalista e continuam comunistas para os empregados.
Seus produtos são mais baratos, em contrapartida péssimos em qualidade e durabilidade. Sem contar o custo social lá na China.
Produtos da grandiosa China são vendidos no Brasil por camêlôs, e alguns distribuidores pequenos.
Exportamos matéria prima de qualidade e recebemos lixo industrializado. Antes íamos ao Paraguia para comprar quiquilharia dos tigres asiáticos, hoje a china despeja dentro do Brasil. E o brasileiro acha ótimo, já que é bem baratinho.
Continuo dizendo, o problema do Brasil é o brasileiro.