* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

domingo, fevereiro 15, 2009

Referendo da Re re re re re re re re eleição parte 171.

Portal do Terra
A maioria dos centros eleitorais da Venezuela abriu neste domingo suas portas pouco depois das 6h (7h30 de Brasília) para a aprovação ou rejeição da emenda constitucional que permitiria a sucessiva reeleição de cargos públicos.
Embora os atrasos sejam frequentes na abertura dos centros de votação, a imprensa local indica que um grande número deles se encontra em processo de habilitação, e alguns já receberam os primeiros eleitores.
Hoje, cerca de 17 milhões de venezuelanos poderão aprovar ou rejeitar um projeto de emenda que permitiria aos cargos públicos de escolha popular se apresentar à reeleição quantas vezes quiserem.
Em várias localidades de Caracas, havia pequenas filas nas entradas dos locais de votação de pessoas que seguiram o conselho das autoridades de votar cedo, para evitar depois longas esperas.
Assim como em consultas eleitorais anteriores, por volta das 3h (4h30 de Brasília), os simpatizantes do presidente Hugo Chávez lançaram fogos e percorreram áreas populares em veículos com equipamentos de som para que seus partidários acordassem e fossem votar.
As autoridades do Conselho Nacional Eleitoral (CNE) calcularam que a participação pode chegar a 70%, por isso decidiram ampliar em duas horas o tempo de votação e fixaram o fechamento dos centros para as 18h (19h30 de Brasília).
Imagens transmitidas por canais de televisão mostram eleitores, tanto em áreas populares quanto nas de classe média, em um ambiente de festa.
O CNE habilitou 11,297 mil centros eleitorais com 34,662 mil mesas de votação.
A presença das forças de segurança era ostensiva em todos os centros. É proibido fazer propaganda de última hora perto dos centros de votação, assim como exibir sinais que possam ser relacionados a alguma das opções em disputa e utilizar câmeras dos telefones celulares dentro da área de votação.
Também é proibido divulgar projeções, pesquisas de boca-de-urna ou resultados antes que o CNE emita o primeiro Diário Oficial, algo que costuma ocorrer em cerca de duas ou três horas depois do fechamento dos centros de votação.
Tanto o CNE quanto o governo e instituições como a Igreja Católica pediram aos venezuelanos que reconheçam o resultado do referendo e o aceitem com espírito democrático.

Comento:
Hoje o povo da Venezuela irá novamente votar em um referendo para a manutenção perpétua no poder do bufão mór da Amérdica Latrina, Hugo "Loco" Chavez I o Beiçudo.
Esse senhor já promoveu um outro referendo com a mesma intenção há um tempo atrás e foi sonoramente derrotado. Mas como ele é um "democrático" e a Venezuela não é Cuba, o Caudilhota Bolivariano vai novamente tentar passar pela aprovação popular a tal lei que permite a reeleição indefinida para o cargo de presidemente e alguns outros de menor importância.
Não sou parente da "grande vidente" madame Izolda, mas garanto que muita fraude será denunciada, muita gente será presa e esse refrendo "democrático" dará a vitória ao projeto de perpetuação no poder do Ditadorete Caudilhota.
O pobre povo da Venezuela está sendo calado à força, os meios de comunicação que não se venderam à revolução Bolivariana foram fechados e alguns observadores internacionais foram expulsos do país. Não consigo entender qual é a manobra desse doente do Loco chavez em tentar ganhar no voto um referêndo que ele já ganhou no grito, qual a transparência que ele quer passar para o mundo? Precisamos ficar com as barbas de molho, pois a Venezuela é o laboratório da Amérdica Latrina, e as experiências feitas lá serão colocadas em prática na Bostívia, e no ECÙador e em muito breve no Brasil il il il il ....
Os Caudilhotas estão tentando implantar um socialismo e transformar toda a Amérdica do Sul em uma pequena União Soviética.
Na Venezuela se esse referendo não passar e o Loco Chavez perder de novo, em seis meses ele irá tentar outra vez ou irá ganhar no grito e promover uma matançazinha básica bem ao estilo Comunista.
É esperar para ver.
Share/Bookmark

9 comentários:

A Sentinela disse...

Bom dia,

Essa democracia tupininquim que
querem nos meter de goela abaixo,
é dose para elefante.
abs

Marquer disse...

Na recente constuição do megalomaniaco (ta um surto de latinoamericanos megalomaniacos, não?) bufão, da qual ele escreveu para si mesmo e noa para o povo, consta que um referendo, desde votado, noa poderá ser repetido. Este já é o segundo...de muitos se perder


Eu realmente noa sei como as pessoas não tomam vergonha na cara, desde reporteres, a politicos, a bufões, a quadrilheiros...!!

Ele ja avisoua todo o povo que, se sair do poder, haverá uma guerra civil...

tanto aki quanto lá,, a lei noa existe...alias, existe apenas para inocentar os margginais...so para isso!

Joel Soares disse...

Os Venezuelanos estão ferrados. Vai começar a mais sangrenta ditadura da América do Sul.

Anônimo disse...

Mais um ditador... é tudo que a america latina precisa, parece que não aprendem..

Anônimo disse...

Vcs não tem capacidade para entender o socialismo do século XXI e a revolução bolivariana. Lula deveria fazer o mesmo aqui. O povo quer, a burguesia não !!!
Burgueses, sua hora está chegando !

João Paulo Righetto disse...

Já foi comprovado que governos totalitários não prestam. Chávez está rumando a uma ditadura a todo custo por julgar-se o 'Salvador' da Venezuela e da América do Sul. Graças a Deus que esse tipo de regime no Brasil não existe mais e creio que nunca voltara a existir, tempos difíceis aqueles... Viva a Democracia!

Beto Siqueira disse...

ISSO QUE É DEMOCRACIA HUGO CHAVEZ É MERECEDOR VIVA O DITADOR HUGO CHAVES

Paulo Vilella disse...

Quer dizer entao que esse referendo agora valeu...o anterior, aonde ele tinha perdido, nao tinha valido...engracado, ne? assim fica facil, cada vez que perde vai fazendo referendos ate chegar em um que da certo pra ele...e chamam isso de democracia...

JC Ribeiro disse...

'Chaves é um ditador que GANHA ELEIÇÕES' - claro, todas as eleições que ele perde ele anula e manda votar de novo - assim é fácil ganhar eleições.
A verdade é que o povo não tem voz na venezuela. Se o DITADOR chaves tivesse perdido esse referendo, mês que vem teria um novo.