* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

domingo, outubro 12, 2008

Candidato em SBC, pelegão!!!!

Escândalo sexual na Volks respinga em Luiz Marinho

Do Diário do Grande ABC

Com Agências

O escândalo sexual da Volkswagen, que teria pago, sem o conhecimento da direção, festas e orgias para corromper executivos e sindicalistas, pode ter envolvido o ministro do Trabalho, Luiz Marinho, segundo entrevista concedida pelo ex-gerente de Recursos Humanos da montadora, Klaus Joachim Gebauer, ao jornal alemão Die Welt.

Segundo o executivo, um dos principais envolvidos, Marinho, enquanto presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC (filiado à CUT), e Mário Barbosa, ex-sindicalista da Volks (hoje aposentado), estiveram numa boate em Wolfsburg, Alemanha, com contas pagas pela montadora.

O Ministério do Trabalho não se manifestou oficialmente sobre o assunto, e Barbosa não foi encontrado para comentar as declarações.

O rumoroso caso é investigado por promotores alemães. Gebauer é acusado de ter bancado viagens de turismo sexual a executivos e representantes das comissões de fábrica, para facilitar as relações com os trabalhadores, lançando os gastos na contabilidade de companhia.

O vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e diretor do sindicato na Volkswagen em São Bernardo, Francisco Duarte de Lima, o Alemão, não comentou o assunto, alegando desconhecer as declarações.

As viagens promovidas por Gebauer também incluíam o Brasil, segundo a imprensa alemã. A empresa também teria arcado com os gastos com prostitutas na Alemanha para executivos e representantes de trabalhadores.

A própria Volkswagen está investigando o caso. Criou auditoria interna com 30 profissionais, que realizam pesquisas e levantam informações exclusivamente sobre o caso.

Como presidente do sindicato, Marinho fechou o acordo de estabilidade para os trabalhadores da Volks em São Bernardo, que segue até novembro de 2006.

Fonte: Diário do Grande ABC


Share/Bookmark

Nenhum comentário: