* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

terça-feira, setembro 13, 2016

Não existem virgens no puteiro.

E o congresso nacional mais uma vez mostra que as velhas piranhas do puteiro nacional seguem apresentando ao mundo que são virgens ilibadas. 
Cândidas figuras representantes da ética e da moralidade, donas da verdade, guardiãs da família e da constituição. Ou seria prostituição?
Ontem, mais uma vez, assistimos estarrecidos a cassação do "Malvado favorito" EduASNO CUnha.
CUnha foi defenestrado do cargo porque mentiu, sim mentiu!!! 
Ele em uma CPI disse que não possuia contas na Suiça, e após algum tempo ficou provado que tais contas existiam, 
VERGONHA gritaram alguns. IMORAL gritaram outros, e todos em uníssono pediram a cabeça do traidor.
Afinal, caixa dois, roubar, desviar, superfaturar, fraudar, matar, empregar parentes, votar contra o povo, tudo pode. O que não pode é mentir para seus iguais. E CUnha mentiu... Cortem-lhe a cabeça gritou a  cafetina das Alagoas!!!
E em um tempo recorde, cortaram a cabeça da Hidra, CUnha está morto. Viva o rei!!!
Duro é assistir aos hipócritas discursos pró ética e moralidade saído das mais podres bocas de vala da república, e do nada, todos se colocaram no patamar mais alto de honestidade, gente que não aguenta uma auditoria mínima em suas vidas legislativas, gente que não disse ao que veio no mandato, hipócritas, bandidos das mais diferentes matizes, conhecidos ladrões, quadrilheiros, ou inocentes uteis que lá estão apenas pelo salário e mordomias. Salafrários!!
O Brasil se livrou do governo da Jumenta graças a falta de ética de CUnha, quando atingido mortalmente pelo PT, usou seu conhecimento regimental e partiu para o ataque, logo ele que já estava caído e exposto a execração pública, todos vimos na sessão que aprovou o impixa da Jumenta o oportunismo e a falta de preparo de suas "excrecências", declarações de voto nada republicanas, a palhaçada explícita, e falta de postura, transformaram o congresso em um palanque de festa junina de igrejinha do interior.
O tiro de CUnha contra a Jumenta foi fatal, derrubaram a bandoleira, livraram o país de seu governo, porém não livraram o país do que há de pior na política, o congresso nacional. O câncer que abate a democracia, o local das maiores maracutaias e armações contra o povo trabalhador e pagador de impostos do Bananal. 
Um circo!!!
Assistir o voto de literais vagabundos em nome da moralidade é de dar ânsia de vomito em avestruz, a desfaçatez dá lugar ao mínimo senso de ética, de vergonha na cara, de compromisso com as próprias consciências. Quando vejo deputados cobrarem que determinado juiz não tem isenção para julgar este ou aquele caso percebo que qual lá teria isenção e honestidade para apontar o dedo para CUnha?
Quem dentro daquele puteiro tem ilibado comportamento ético e moral que possa se colocar na posição de juiz de um dos seus? 
Berraram feito putas histéricas acusando CUnha de não ter estofo moral para estar lá derrubando a Jumenta, mas quem naquele lupanar tem tal condição? 
É o roto falando do rasgado na função de iludir eleitor burro, VAGABUNDOS!!!
O que acontece é que em ano eleitoral as "excrecências" querem mostrar aos idiotas portadores de título de eleitor que são senhores acima de qualquer suspeita. Pobre povo tolo..
Não sei se CUnha vai cair atirando, mas ele sabe demais, e se os esquerdóides não pararem de acusa-lo, acredito que em breve teremos novidades, só se as ameaças de morte forem mais fortes que a coragem em denunciar, aí CUnha vai calar e o puteiro continuará na função de leiloar a virgindade de um povo cansado de ser estuprado.
O PT perdeu uma mãos mas salvou os anéis quando a Jumenta foi defenestrada e em seguida conseguiram derrubar seu algoz,  agora sobrou o FORA TEMER!!
E segue mais uma sessão do puteiro nacional. No Senado o presidente tem 9 processos e 12 investigações, desde 2007 está na mesa de algum Sinistro do STF o processo que poderia livrar o país de outro lixo, Renan CANALHeiros, e nada anda, ninguém se importa que este ou aquele congressista tenha processos indiciamentos ou investigações, o que não pode é mentir em CPI.
E com a cassação CUnha vai parar nas mãos de Sérgio Moro, aguardemos os próximos capítulos.
Moro vai arrasar o congresso, e o STF vai arrasar com o trabalho de Moro.

Não existem virgens nos puteiros de Brasília...

E se o povo não voltar para as ruas, é melhor relaxar e gozar, pois o estupro VAI ser inevitável.

E o Seboso foi convidado de honra na posse da Sinistra Carmen Lúcia, só em uma república bananeira é que um bandido investigado pela justiça é convidado pela mesma justiça para comparecer a posse de alguém que poderia ou poderá determinar seu futuro fora da cadeia.
Esse convite é a mostra gritante que mesmo que Moro prenda o Seboso, o STF vai soltar, mesmo que ele tenha matado a própria mãe. 

E PHOD@-SE!!!
.............................




Share/Bookmark

4 comentários:

O MESMO de SEMPRE disse...


Nem se Celso Daniel se levantar do túmulo e acusar os petistas o stf irá dmitir o banditismo destes quadrilheiros.

O JUDICIÁRIo (errôneamente chamado de justiça) é o mais PUTREFATO, o MAIS CORRUPTO, CANALHA e DESCARADO dos PODERES. O judiciário é simplesmente uma MÁFIA de crápulas dos mais COVARDES e3 BAIXOS moralmente. O judiciário é o ESGOTO da cidadania.


Num país onde um salafrário elevado à corte suprema é capaz de VERGONHOSAMENTE violar a constituição, admitindo tal violação com grande descaramento desavergonhado, não é um país, é um traque. Sobretudo por tal ter sido cometido para favorecer uma organização criminosa.

Eswquecem-se que VIOLAR a LEI É CRIME. Portanto Teori Zavascki COMETEU um CRIME ao violar a constituição: deveria ser PRESO!

Na sequencia Lewandovski em deslumbre da canalhice TAMBÉM VIOLA A CONSTITUIÇÃO para favorecer uma quadrilheira. Um desavergonhado comportamento criminoso.

Barroso violou a lei ao canalhosamente SUPRIMIR TRECHO ao LER A LEI e assim beneficiar o BANDITISMO de um poartido e sua quadrilheira.

Toffoli igualmente violou a lei. Celso de Mello (o pavão sonso) não deixou pór menos e violou deliberação do PLENARIO do stf. Marco Aurélio Mello não se fez de rogado e igualmente viola aas leis sem constrangimento algum, sempre em benefício de bandidos.

QUE PAÍS É ESSE?????

O MESMO de SEMPRE disse...

O grande fato é que a POLITICA do OCASO do IMPÉRIO ROMANO prevalece até os tempos atuais:

A invenção do cristianismo se deu exatamente na decadência do Império. Afinal o Império cresceu demais e as disputas internas pelo Poder e o ALTO CUSTO de o "Estado" manter-se hegemônico na conquista de mentes e corações tornou-se tarefa impossível. Assim, a idéia foi EMULAR SUN TZU e partir para a infiltração e para a difusão da CIZÂNIA na "tropa inimiga" sem esquecer da PRESSÃO MORAL para DESANIMAR o inimigo ou enfraquece-lo moralmente.

Essa estratégia se deu exatamente porque já não havia mais grandes conquistas a serem feitas para saquear novos povos. Devido a isso os custos do PODER deveriam ser cobrados da própria população, que poderia rebelar-se ainda mais com mais elevação de impostos - atente-se para tal fato na Bíblia, que menciona a questão impostos como descontentamento do povo, assim a bíblia quando não os apoia ou disfarsa sua opinião com evasivas.

A estratégia do SINCRETISMO com o judaísmo em uma nova ideologia farisaica inventada para o momento político, estabeleceu a divisão e o antagonismo dentre a ppropria população através de uma NOVA MORAL que não mais insensaria o GUERREIRO, mas sim o insensando o ESCRAVO.

Com essa nova estratégia, baseada na pressão moral, o objetivo era induzir a população pagadora de impostos a ACEITAR A SUBMISSÃO como um valor moral. Ao mesmo tempo induzia-se a maioria da população a ANTIPATIZAR COM OS RICOS PAGADORES DE IMPOSTOS. Assim surgiu o falatório contra a GANÂNCIA, contra a AVAREZA e contra o EGOÍSMO. Foi exatamente a estratégia de FABRICAR INIMIGOS para FAZER AMIGOS: se "João é seu inimigo, junte-se a mim na luta contra João". Com isso a sociedade dominada pelo governo romano foi dividida através da MANIPULAÇÃO aproveitando-se da VAIDADE HUMANA (onde todos querem ser possuidores dos "valores" propagandeados e deixam-se manipular, fazem a vontade alheia, para se enquadrarem nos valores que lhes são oferecidos em troca da anuência).

O governo romano não mais precisava de uma MORAL do GUERREIRO para empreender conquistas de outros reinos e povos para serem dvencidos e saqueados, mas sim precisava da MORAL do ESCRAVO para inibir reações de seu próprio povo contra o governo que o explorava. Daí a NOVA IDEOLOGIA, que "salvaria os fiéis para um Paraíso e mandaria os malvados para o inferno" atribuiu mérito à pobreza (majoritária) e demérito à riqueza dos avarentos e ganânciosos, egoístas malvadões que se revoltavam contra os elevados IMPOSTOS e mesmo eram responsabilizados pela elevação do preços (inflação de preços) devida ao governo misturar outros metais ao ouro e prata para assim aumentar seu acesso aos bens em oferta. Evidentemente um Império decadente, envolto em grandes custos para sua manutenção e em meio a disputas políticas pelo Poder não poderia valer-se de outra alternativa que não a de DIVIDIR o a SOCIEDADE para ASSIM DOMINA-LA e EXPLORA-LA.

A nova ideologia em seu necessário sincretismo com ideologia vigente (judaísmo) passou então a estabelecer uma nova moral onde o VALOR estaria na SERVIDÃO e no desprezo por si mesmo. O altruísmo - negar a si em benefício alheio - deu origem ao COLETIVISMO, onde o valor moral é SERVIR ao coletivo sobretudo em detrimento próprio. Sendo moralmente depreciativo o egoísmo, onde o indivíduo não admite favorecer os demais ao custo do desfavorecimento próprio. Não confundir egoísmo com egocentrismo. Pois egocentrismo é exatamente quando o indivídu almeja SERVIR-SE dos OUTROS.

...comtinua

O MESMO de SEMPRE disse...

Continuando...

Dialéticamente o e nem tão paradoxalmente o ALTRUÍSMO incentiva o EGOCENTRISMO, uma vez que atribui ao necessitado um arbiotrário direito sobre os outros. A reivindicação desse "direito cristão" é exatamente o exercício do EGOCENTRISMO.

Em tal caldeirão politico não surpreendeu que os cristãos se tenham unido aos bárbaros a fim de se alçarem ao Poder do "Estado", até porque os bárbaros também possuiam um "Paraíso" como prêmio ao guerreiro - o Walhala - e nesse emaranhado ideológico onde CONTRADIÇÕES se COMPLEMENTAM em OXIMOROS bem aceitos, o resultado foi a perseguição aos infiéis por parte daqueles cujo deus e líder moral pregava "oferecer a outra face a quem o agride". Daí implantando-se os novos REIS e hierarquia da NOBREZA que abolindo a propriedade das terras transformou os camponeses em SERVOS de GLEBA. Sob a moral de que SERVIR aos UNGIDOS de DEUS lhes atribuia valor moral e salvação os SERVOS de GLEBA eram EXPLORADOS pelo novo sistemna de governo. Um novo sistema onde as perseguições e as piores torturas foram dialeticamente patrocinadas por uma ideologia que preconizava o "oferecer a face direita a quem lhe bate na esquerda", "dar a quem te pedir", "se roubarem o que é teu não o reclames" em plena defesa da INOFENSIVIDADE. Parece paradoxal, mas é apenas SUN TZU: abalar o moral da tropa alheia ou tornar o inimigo inofensivo.

Este foi o objetivo da invenção do cristianismo:
Tornar o povo moralmente abalado e cheio de culpa, desmotivado para reaguir contra seu algoz (governo) e orgulhoso de sua SERVIDÃO.

O cristianismo é a MORAL do ESCRAVO, que valoriza a servidão como uma glória.

Hawk disse...

Um amigo meu vai para um congresso de seu sindicato com palestras. Irão ficar em Laguna - SC, 3 dias tudo pago num hotel 4 estrelas! Vai ouvir cujo 90% do tema vai ser "golpe e fora Temer"! Estão de piada! O estado é o maior câncer desse país! Mais que falta de educação, segurança ou saúde! O pior é que como combater uma cultura "menos estado e mais mercado" se 90% da população brasileira sonha em ser funcionário público por causa da estabilidade? Estamos sendo governados por gente que só pensa em si e o povo que se dane!