* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

quarta-feira, maio 01, 2013

E o Brasil maravilha está importando gente para trabalhar.

Os empresários Brasucas estão abrindo vagas para pessoas com qualificação profissional lá fora. Estão trazendo mão de obra de fora para suprir a falta de gente qualificada aqui na terra da marolinha.
Os teimosos empresários que fazem o Brasil seguir adiante, apesar do governo, estão atravessando dificuldades para completar seus quadros funcionais pela falta de mão de obra qualificada entre o povo da pocilga.
O jovem que levar a vida à sério e fizer direitinho a "lição de casa" no auto investimento intelectual e profissional, tem emprego garantido. 
O Brasil está atravessando um apagão de qualificação, a imensa maioria dos jovens não tem estudo suficiente para arranjar um emprego decente ou completar os quadros profissionais de grandes empresas. E na solução para esse problema, os empresários resolveram buscar gente lá fora, são milhares de vagas abertas que serão preenchidas pelos novos imigrantes que vem em busca de uma vida profissional melhor remunerada.
Acontece que apesar de todos os "investimentos" populistas do desgoverno, o empresariado não consegue pessoas qualificadas, muitos tem diploma universitário e são semi alfabetizados, os cotistas então...É melhor nem comentar.
A juventude Brasuca que seria o grosso da mão de obra especializada para alavancar o crescimento do país ao primeiro mundo, está dividida entre os que tem um olho em terra de cego, e a imensa multidão de cegos. Os que tem um olho ainda conseguem estudar com seriedade e levar a vida à sério, arranjam bons estágios durante o curso universitário, e muito certamente ao final da vida acadêmica já estão empregados. 
Agora, os que levam a vida nas marchas da maconha, e nos botecos vizinhos às universidades, somados aos que estão entulhando as universidades públicas para servirem de instrumento ideológico do DESgoverno, são os que mais sofrem na hora que acabam virando adultos e tem que sair à luta.
A falta de capacidade e o total despreparo da juventude estão emperrando o crescimento do país, apesar do DESgoverno sempre atuar contra os empresários.
Infelizmente se criou no Brasil a cultura da doutorite, todo pai quer ter um filho doutor, mesmo que ele não tenha a mínima capacidade para entrar no mercado de trabalho em sua área. 
Ser médico? Não deu na USP? Faça então as da Bolívia, CÚba ou ARGHentina.  Profissionalmente péssimas, mas um título de doutor para realizar o sonho dos papais sem noção. E o futuro? Depois pensam nisso.
E sobram os concursos públicos que são o alento dessa turma, mas, mesmo assim os melhores preparados levam as vagas públicas apesar das cotas. E os de sempre irão amargando uma vida profissional medíocre e sem graça vendo os imigrantes de primeiro mundo tomando os melhores postos de trabalho e fornecendo mão de obra de qualidade superior. 
O governo de SP tem as melhores escolas profissionalizantes de ensino médio do país. É só verificar, a grande maioria se não a totalidade dessa molecada já está empregada antes mesmo de terminarem seus cursos. 
Claro que aí depende da vontade de cada um, tem muita gente que faz curso profissionalizante e acaba se acomodando na situação e mesmo com uma porrada de "depromas" continuam pastando na mesmice do empreguinho medíocre e desqualificado.
E enquanto parte da juventude, balançla a bunda em bailes funk, e grita gol com a cara cheia de fumaça ou cachaça, os realmente espertos e determinados, vão crescendo como seres humanos e profissionais.
E assim a tão propalada desigualdade social vai abrindo um abismo entre a sociedade Brasuca. E os eternos politicamente corretos colocam a culpa nos que se deram bem na vida às custas do próprio esforço e capacidade intelectual.
No Brasil de hoje é crime ser rico ou bem sucedido. O negócio é ser pobre, burro e eleitor.

E vamo que vamo que emprego tem, só não tem gente capacitada para eles.
É o caso de um grande hipermercado aqui da região que abriu duas mil vagas em sua nova loja. Entrevistaram mais de vinte mil pessoas e conseguiram apenas trezentos que efetivamente atendiam ao mínimo necessário para a função. Resultado: na falta de tu vai tu mesmo, pegaram os menos piores e treinaram na base da correria e tocaram a vida. 
E depois o Brasuca reclama que ganha pouco, porra, não tem qualificação, é geralmente indolente, fraco nas atitudes e querem ganhar salário de doutor.
Se o Brasil não investir em educação de forma séria e maciça, e a população parar de pensar só em festa e se atirar na vida de forma responsável, corremos o risco de ter que aprender outros idiomas para podermos comprar uma dúzia de ovos.

E PHOD@-SE!!!
.......................


Share/Bookmark

Um comentário:

Rodrigo disse...

É verdade que o Brasil veem importando muita mão-de-obra extrangeira, mas a maioria é de apenas profissionais que veem aqui realizar trabalhos de curto prazo como um técnico que veem consertar uma maquina, por exemplo e depois volta para o seu país.
Eu me formei em economia na UFES, fiz estágio e curso de inglês e não consigo encontrar emprego. Tenho amigos fisioterapeutas, jornalistas, biólogos e administradores que estão na mesma situação porque o mercado não quer esses profissionais.
Hoje em dia os únicos universitários valorizados são os da área de engenharia e tecnologia, até direito não é mais o mesmo. As empresas só querem técnicos e engenheiros!
Então não é bem assim, basta se qualificar e pronto. Algumas áreas universitárias podem estar bem, mas a maioria está na pior. O mercado pode está sentido falta de caixas de supermercado, motoristas e cabeleireiros, mas para os universitários está uma droga.
Se você que está lendo essa mensagem vai prestar vestibular em alguma área que não seja engenharia DESISTA PORQUE CURSO SUPERIOR NO BRASIL NÃO VALE NADA! NÃO GASTEM AS ECONOMIAS DE SUAS FAMILIAS COM AS CARAS MENSALIDADES PARA DEPOIS NÃO CONSEGUIR NADA, E OS ENGENHEIROS REZEM PARA O PT NÃO QUEBRAR O PAÍS, PORQUE AÍ NEM PARA ELES VAI SOBRAR NADA!