* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

terça-feira, abril 16, 2013

Eleições na Merdezuela. Recontagem de votos? Como?

É isso aí, não tem como recontar os votos na Merdezuela, tocaram fogo nas cédulas eleitorais com urnas e tudo.
Fraude é pouco para esse comportamento, isso é crime, é estelionato é socialismo boiolivariano.
Maduro foi eleito no grito. Não é a toa que João Santana era o marqueteiro da campanha dele.
Campanha feita na base do PT, usando dinheiro e máquina pública, na truculência, no estelionato, na trampolinagem e no grito.
Mas, ao menos parte do povo VEnezuelano está nas ruas protestando.
E é assim que o socialismo irá ser instalado no continente sul amerdicano. Contando com a omissão e covardia do povo.

Ahhh...antes que uma certa blogueirinha bunda suja venha fazer presepada por conta da imagem, antecipo que peguei a mesma no Google. Sem créditos.

E PHOD@-SE!!!
..........................

Share/Bookmark

3 comentários:

Anônimo disse...

Não existe nos anais da história mundial que um governo extremamente corrupto e/ou sanguinário tenha entregado o poder de forma espontâneo e/ou democrático, todos, sem exceção, foram derrubados por uma revolta popular (exemplo, Tunísia, Egito etc), intervenção externa (ex, Iraque, Panama, Líbia etc), desmonte interno (ex, Argentina, URSS etc) ou acordo com a oposição( ex, Chile, Brasil etc).
A Venezuela não será exceção na história, os chavistas sabem que não podem entregar o poder, pois a corrupção foi tanta, mas tanta, que se a oposição tomar o poder, milhares de chavistas irão presos por corrupção, daí a tentativar de vencer o pleito na marra.
Idem com o Brasil, engana-se quem pensa que Dilma perderá a eleição em 2014, o PT jamais entregará a presidência de forma limpa e democrática, pois eles farão de tudo, inclusive, caso necessário, adulterando as urnas eletrônicas pra vencerem, pois o PT roubou tanto, mas tanto, que hoje praticamente seria impossível Lula e sua turma sair ileso de uma investigação isenta da PF.
O problema do PT é que eles não tem como adulterarem milhares de urnas eletrônicas no dia da votação, só uma pequena parte, daí o desespero de Lula em começar a campanha eleitoral em 2013.
Enfim, o ministro Patriota precisa apoiar Maduro, pois ele sabe que o PT poderá precisar do apoio deles em 2014, caso a oposição no Brasil tenha o mesmo desempenho de Capriles nas urnas.

Anônimo disse...

Maduro não contava com a enorme quantidade de votos do Capriles. Ao contrário daqui, a oposição da Venezuela vai à luta e não tem medo do arremedo de ditador.

Marcos disse...

Falam por aí em voltar atrás com as cédulas no lugar da eletrônica. Mas diante deste caso não sei o que seria melhor.