* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

domingo, novembro 04, 2012

E no país do milagre do pré sal, poderá faltar gasolina.

Para evitar o desabastecimento, ou atenuá-lo, o governo federal já começou a traçar um plano de emergência, que envolve a ampliação da capacidade de transporte e de armazenamento.
As reuniões tiveram início em outubro, com técnicos do Ministério de Minas e Energia, Agência Nacional do Petróleo, Petrobras e representantes das distribuidoras e dos produtores de etanol.

"Há uma grande preocupação com o curto prazo. O governo já sabe que será preciso um forte ajuste entre Petrobras e distribuidoras para que não ocorram problemas no fim do ano", diz Antônio de Pádua Rodrigues, presidente da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), que participa das reuniões.
Segundo avaliação do grupo, as regiões mais ameaçadas são o Norte, o Nordeste e o Centro-Oeste, além de Minas e Rio Grande do Sul.
A perspectiva de colapso se deve a três fatores: 
1) o consumo recorde de gasolina, que, em 2012, pela primeira vez passará de 30 bilhões de litros; 
2) a falta de capacidade interna de produção;  
3) problemas de infraestrutura de armazenagem e distribuição.
No fim do ano esse problema se agrava porque, historicamente, o consumo nos meses de novembro e dezembro é cerca de 10% superior à média registrada nos bimestres anteriores.
Para acompanhar a alta da demanda interna, a Petrobras vem importando cada vez mais gasolina. Até setembro, foram 2,4 bilhões de litros, quase o triplo do registrado no mesmo período de 2011, segundo cálculos do Centro Brasileiro de Infraestrutura.
A importação torna a distribuição mais complexa. O transporte da gasolina por navios, já sujeito a intempéries, sofre com a falta de infraestrutura dos portos, hoje sem espaço para atracação e armazenamentos. 

Folha

<><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><>

 Bem amigos, a notícia é essa.
No Brasil "companhêro"do milagre do Pré Sal e da tão propalada auto suficiência em petróleo.
Estamos a beira do desabastecimento. O desgoverno da gerentona incomPTente continua agraciando a indústria automotiva com descontos em impostos para alavancar ainda mais a produção de carros e por consequencia o consumo de combustíveis e o caos urbanos nas médias e grandes cidades. Isso sem contar a poluição do ar. Estamos mais uma vez na contra mão do mundo, mas o povão quer carro novo, então...Dê-mo-lhes carros em troca de votos!!
 Com o crédito fácil para a compra de veículos, aliada a mitomania populista e eleitoreira de uma gang que está no poder. O país está a beira a falta de combustíveis.
Já estamos importando gasolina da Merdezuela e Duzestaduzunidus há algum tempo, e o Pré Sal continua sendo uma falácia. Lembro de discursos pré eleitoreiros onde o EX presidente Defuntus Sebentus em campanha pela eleição do "poste", dizia que em breve o país seria auto suficiente em petróleo, e acima de tudo se tornaria membro da OPEP.
E o que aconteceu? Tamos phudidos, auto Suficiência é um sonho tão distante que o dia em que ela chegar muitos de nós nem neste plano terreno estaremos mais.  Membro da OPEP? Só se for em consumo. A produção brasileira de combustíveis cai mês a mês, a PTroubras está sucateada e aparelhada pela cumpanherada "gafanhótica" que vai sendo empilhada na estatal recebendo salários que beiram a insanidade arregaçando ainda mais os cofres da estatal.
De lá  para cá a PTroubras só perdeu valor de mercado, tem feito empréstimos em bancos chineses para cobrir os rombos em seu caixa, está arrebentando com os investimentos dos pequenos compradores de ações da empresa que só fazem despencar nas bolsas, e o pré sal, além da falta de grana para sua exploração, ainda virou assunto para briga de político mentiroso e vagabundo em busca dos tais royalties que sabe-se-la quando se tornarão realidade.
Fico pensando, se das grandes estatais sobraram apenas os bancos, do Brasil e Caixa e a jóia da coroa que é  a PTroubrás, e o DESgoverno dessas Ratazanas vagabundas conseguiram sucatear tudo e transformar em balcão de empregos para a cumpanherada, imaginem o que aconteceria com o país se as teles e a Vale não houvessem sido privatizadas pelo governo FHC? 
Na verdade a incomPTência no gerenciamento das estatais é tamanha que estão conseguindo quebrar as empresas, e aquela velha conversa de que "o petróleo é nosso" é de um irritante ufanismo estatizante e de uma cretinice sem precedentes. Coisa de terceiro mundista.
Mas de mentira em mentira o Sebento vai fazendo fila nas eleições e sucateando cada dia mais a pocilga. Já imaginaram uma crise de abastecimento de combustíveis em plena Copa do Mundo? Então imaginem que para não quebrar a estatal o DESgoverno vai ter que reajustar os preços dos combustíveis mais caros do planeta.
Ou o DESgoverno aumenta os preços gerando inflação, ou irão quebrar a PTroubrás. Em outras palavras, se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.
Aguardem que essa merda vai feder ainda mais. Esperem para ver.

E PHOD@-SE!!!

.......................................................

Share/Bookmark

5 comentários:

Anônimo disse...

Enquanto isso o cabidão de emprego esta lá firme e forte extraindo, refinar pra que?

Anônimo disse...

Notícia sobre a cura de Lula é mais um embuste jornalístico endossado pela imprensa amestrada.

ucho.info

sicário disse...

Mascate...

O óleo que chega à Refinaria Alberto Pasqualini (REFAP) em Canoas/RS vem por navios e é descarregado através de bóias em alto mar, na região de Tramandaí, litoral gaúcho.
Pois bem, coisa de 2 semanas atrás, faltou combustível em muitos postos na capital do RS e interior do estado. Houve desabastecimento mesmo!
As "autoridades" alegaram que o clima (vento forte e mar revolto) não permitiram que o óleo cru fosse descarregado ocasionando assim o desabastecimento.
Pois bem, o clima gaúcho permanece o mesmo há anos o mesmo, tallvez com uma pequena alteração fruto do tão propalado "aquecimento global" e nunca antes na história do RS houve desabastecimetno por falta de óleoe ainda por cima por culpa do clima. Me parece que no governo do PT, o clima foi cooptado para colaborar numa desculpa cretina para disfarçar a ineficácia administrativa e a falta de visão do todo que engloba a produção e refino de petróleo.
Concordo contigo que com a quantidade de automóveis vendidos com incentivo do governo e a produção baixa, a tendência é que o produto (gasolina) venha a faltar. A mesma ocorre com as "falhas humanas" nos apagões... se milhares de eletrodomésticos são vendidos e a produção de energia elétrica não aumenta: apagão em nós!
abs.
Sicário

"O Mascate" disse...

Sicário.
Mas os apagões neste governo tem sido culpa de ventanias e raios que insistem em cair nas redes transmissoras.
No governo FHC o PT vivia a gritar que era incomPTência. Os p´roblemqas continuam os mesmos, mas agora ela mudou de nome, virou CLIMA!

Anônimo disse...

Prezado Mascate,

Faz anos que o Brasil é auto-suficiente em petrôleo, uma vez que produz a mesma quantidade que consome ou um pouco mais. O problema é que nosso óleo é pobre e precisa de refino sofisticado, que não se faz aqui, e é caro.
A solução é exportar esse óleo cru de péssima qualidade e importar gasolina boa. O pré-sal é uma história da carochinha, fica a 8 KM de profundidade e sua extração demorará, nas mais otimistas espectativas, uns 10 anos. Em síntese: É conversa pra boi dormir.
A Petrobrás, essa é um incomensurável cabide de empregos, o trabalho pesado no mar e do transporte é dado a empresas estrangeiras, a verdade que ninguém fala é que a gasolina mais cara do mundo vendida aqui é para sustentar essa "empresa", sua imensa folha de pagamentos e contratos internacionais, é uma falácia gsgantesca, mas os brazucas alienados, que tomam no rabicó todos os dias, batem no peito e dizem que a "Petrobrás é nossa!".
Os barnabés que ganham sem trabalhar agradecem. O conselho diretor, formados por centenas de vagabundos indicados politicamente com salários nababescos também.
E a gente vai levando...