* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

domingo, setembro 02, 2012

Brazuca é o nome da bola.

E no país dos párias de chuteiras, o ufanismo patriótico estúpido já batizou a bola da copa de 2014. 
Agora ela é oficialmente chamada de BRAZUCA.
Nada mais apropriado para definir a brasilidade cretina de parcela da população que vive de torcer pelo futebol. 
O mesmo futebol que transforma medíocres jogadores em "melonarus" semi deuses. Onde a "arte" de bater na bola é mais absoluta que o conhecimento e a educação.
O futebol que aliena e mata parcela de BRAZUCAS sem noção que não entendem mais nada da vida a não ser o amor ao clube do coração.
O futebol que empana o brilho de valentes juízes que estão na luta para transformar este país em uma nação séria e que segue as leis, tentando punir a bandoleiros que entenderam que pão e circo transformam uma população em prezas fáceis para seus planos de perpetuação no poder. Daí a Copa do Mundo na Pocilga.
O mesmo futebol onde a malemolência, a manha e a malandragem dão o tom antiesportivo que acaba se tornando lugar comum na vida das pessoas sem noção que acreditam que o jogo ainda se ganha no campo.
O mesmo futebol que hoje é responsável pelos maiores rombos e desvios corruptos em obras superfaturadas para a construção de estádiios em cidades que nem times em divisões importantes dos campeonatos da pocilga possuem, mas certamente farão o sonho de alguns idiotas por um mês com uma conta social que certamente ficará pendurada em nossas costas por algumas décadas.
 Mas o que importa ser o Brasil uma potência mundial em mediocridade se somos os PENTA campeões da bola em busca do EXA que nos fará os melhores em porra nenhuma.
Brazuca. 
Nada mais apropriado para coroar a mediocridade de uma nação de desdentados sem educação, sem saúde, sem segurança, sem cidadania. Que acham engraçada a propria miséria, onde a tragédia humana é deixada de lado no próximo clássico, onde protestar nas ruas contra a bandalheira é coisa para mané. O legal mesmo é sair às ruas em dias de jogo da "celessão", com a camisa amarela, de bandeira em punho, cantando o Hino Nacional em uma demonstração de orgulho ufano patriótico típico de uma colônia movida a pão e circo. 
Abaixo a letra da Música de Gabriel o Pensador "BRAZUCA", 
Bom para refletir.
Brazuca Gabriel O Pensador

 
Futebol? Futebol não se aprende na escolaNo país do futebol o sol nasce para todos
mas só brilha para poucose brilhou pela janela do barraco da favelaonde morava esse garoto chamado BrazucaQue não tinha nem comida na panelamas fazia embaixadinha na canelae deixava a galera malucaEra novo e já diziam que era o novo PeléQue fazia o que queria com uma bola no péQue cobrava falta bem melhor que o Zico e o Maradona eque driblava bem melhor que o Mané, pois éE o Brazuca cresceu, despertando o interesse emempresários e a inveja nos otáriosInclusive em seu irmão que tem um poster do Romário noarmárioMas joga bola mal pra caralhoO nome dele é Zé BatalhaE desde pequeno ele trabalha pra ganhar uma migalhaque alimenta sua mãe e o seu irmão mais novoNenhum dos dois estudou porque não existe educação propovo no país do futebolFutebol não se aprende na escolaÉ por isso que Brazuca é bom de bola
Brazuca é bom de bolaBrazuca deita e rolaZé Batalha só trabalhaZé Batalha só se esfolaBrazuca é bom de bolaBrazuca deita e rolaZé Batalha só trabalhaZé Batalha só se esfolaChega de levar porradaA canela tá inchada e o juiz não vêChega dessa marmeladaA camisa tá suada de tanto correrChega de bola quadradaEssa regra tá errada, vâmo refazerChega de levar porradaA galera tá cansada de perder
No país do futebol quase tudo vai malMas Brazuca é bom de bola, já virou profissionalCampeão estadual, campeão brasileiroFoi jogar na seleção, conheceu o mundo inteiroE o mundo inteiro conheceu Brazuca com a dezComandando na meiúca como quem joga sinuca com os pésCom calma, com classe, sem errar um passeO que fez com que seu passe também se valorizasseE hoje ele é o craque mais bem pago da EuropaCapitão da seleção, tá lá na CopaEnquanto o seu irmão, Zé Batalha, e todo o seu povão,a gentalha da favela de onde veio, só trabalhaSuando a camisa, jogado pra escanteioTentando construir uma jogada mais bonita do que agrama que carrega na marmitaContundido de tanto apanharConfundido com bandidoImpedidoPode parar!!Sem reclamar pra não levar cartão vermelhoZé Batalha sob a mira da metralha de joelhosTentando se explicar com um revólver na nuca:Eu sou trabalhador, sou irmão do Brazuca!Ele reza, prende a respiraçãoE lá na Copa, pênalti a favor da seleçãoBola no lugar, Brazuca vai baterDedo no gatilho, Zé Batalha vai morrerJuiz apitou... Tudo como tinha que ser:Tá lá mais um gol e o Brasil é campeãoTá lá mais um corpo estendido no chão

O país ficou feliz depois daquele golTodo mundo satisfeito, todo mundo se abraçouMuita gente até chorou com a comemoraçãoOrgulho de viver nesse país campeãoE na favela, no dia seguinte, ninguém trabalhaÉ o dia de enterrar o que sobrou do Zé BatalhaMas não tem ninguém pra carregar o corpoNem pra fazer uma oração pelo mortoTá todo mundo com a bandeira na mão esperando aseleção no aeroportoÉ campeão da hipocrisia, da violência, da humilhaçãoÉ campeão da covardia e da miséria, corrupçãoÉ campeão da ignorância, do desespero, desnutriçãoÉ campeão do abandono, da fome e da prostituição
E PHOD@-SE!!!
.....................................................................................................







Share/Bookmark

Nenhum comentário: