* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

domingo, julho 29, 2012

Eleições municipais. Mais do mesmo.

Bem amigos, foi dada a largada pela busca do emprego público na base do voto. Pelo país à fora são milhares de cãodidatos ao cabidasso de emprego que é uma câmara municipal.
E com a liberação da campanha começamos a perceber nas ruas a publicidade de sempre, os carros particulares adesivados, santinhos, faixas e cartazes, e carros de som aos berros anunciando as virtudes de mais um salvador da pátria que tem a solução para todos os problemas da cidade. Só que há séculos os problemas estão aí...e nada acontece.
O que me causa nojo é ver que ainda tem gente disposta a fazer campanha para essa cambada de espertalhões. Nas ruas são carros e mais carros adesivados com a carinha do cãodidato a bandido, e até no Facebook já começam a pipocar os insanos de sempre pedindo votos para aquele amigo "honesto e trabalhador" que se eleito, vai ser a solução para a inoperância e o corporativismo safado que tomam conta dos legislativos municipais desta pocilga.
Será que este povo nunca aprende? Ou a má fé e a busca de uma boquinha é tão latente que o sujeito se sujeita a fazer campanha para aquele espertalhão apostando que sua vida irá melhorar se ele conseguir ajudar a eleger o "amigão".
É impressionante o que o povo reclama da classe política, mas sempre que pode faz campanha para alguém acreditando que esse alguém será o novo "Messias" e mudará a maneira de fazer política na Pocilga. 
Mas como mudar a maneira de fazer política se esses cãodidatos não conseguem mudar a maneira de fazer campanha?
A sujeira e poluição de todas as formas durante a campanha já me levam a não acreditar nas boas intenções dos cãodidatos. Isso sem contar que muitos gastam mais na campanha do que irão receber de "salarios" nos quatro anos de vereança, se conseguirem se eleger. 
Esta é a mais odiosa mostra de que a má fé e o estelionato eleitoral são prática comum nas campanhas políticas deste país.
Quem garante que um cãodidato que é mais do mesmo conseguirá ser uma agradável surpresa no legislativo municipal se tornando uma nova "estrela" política que desafiará as velhas raposas donas dos partidos e promoverá uma mudança radical nos rumos políticos da cidade?
São milhares de cãodidatos em busca da boquinha municipal, mas a imensa maioria não vai chegar e nunca chegará, mas não percebem que sua candidatura só serve na verdade para alavancar a eleição de algum cacique do partido por conta do tal odioso coeficiente eleitoral que faz os votos que esses idiotas recebem serem computados para alguém melhor colocado do seu partido.
E é aí que Tiriricas da vida se tornam interessantes para os partidos, onde uma "sub celebridade" certamente trará votos dos cretinos de sempre ajudando a eleger aquele velho político bandido que já não tem mais eleitorado e consegue a eleição na base da sobra dos votos do "famoso" cãodidato. 
Vejam quanta gente foi no rastro do Tiririca, Protógenes Queirós foi um deles. E o Jean Wyllis, o deputado que tem uma única proposta  e que foi eleito com as sobras do Chico Alencar, entre tantos outros.
Se não fizerem uma reforma política urgente nada vai mudar na pocilga, os caciques dos partidos irão continuar captando o maior número possível de cãodidatos sem noção para continuarem se perpetuando no poder.
E outra coisa, será que teríamos tantos cãodidatos se a vereança fosse um trabalho voluntário, onde o eleito trabalharia de graça em prol da comunidade da cidade? 
O elevado número de cãodidatos é porque o salário e os benefícios são prá lá de bons.
E as vezes o cidadão consegue se eleger mas não tem capacidade de administrar uma carrocinha de pipoca e de repente ele tem a função de ajudar a administrar uma cidade, e é onde começam as barbaridades, as maracutaias, e a inoperância. 
O eleito se mantém no cargo por quatro anos fazendo de conta que trabalha, votando nos projetos feitos pelos mais espertos ou mesmo pelo executivo, e nada muda.
Se as mudanças eleitorais não acontecem, quem deveria mudar é o eleitor, só que à cada nova eleição me decepciono ainda mais com as pessoas que se sujeitam a fazer campanha para vagabundo se dar bem.
E de boas intenções o inferno está cheio. Boa intenção mesmo em busca da melhoria da vida da população seria apenas se os cargos fossem voluntários. 
A partir do momento que se pagam salários de marajás para gente despreparada, as boas intenções caem no vazio da má fé e da maracutaia legalizada pelo voto dos sem noção de sempre.

E PHOD@-SE!!!

..............................................................

Share/Bookmark

4 comentários:

Ajuricaba disse...

Sempre achei que os "representantes do povo" deveriam trabalhar (??) recebendo seus salários de origem. Reembolso de despesas do desempenho da função como transporte, refeição e hospedagem dentro de limites lógicos (lembra do doutor Spock) e mais nada. Aí teríamos os realmente interessados nos negócios da população.
Bom domingo meu caro.

Anônimo disse...

Grande Mascate!
Aqui no Hell de Janêro já vem o atual prefeito(Duduzinho Paz) com um petista como vice. Perdeu playboy, perdeu!!! Na minha concepção, até que vinha bem, mas aí, já colocou um petista "na fita" para, futuramente, usando a máquina municipal, se apossar da administração da cidade. Votei nele para não dar espaço para o "EU FUI GUERRILHÊÊÊRO" Fernando Gabeira. Mas daí, tentar plantar um petista aqui no Hell de Janêro também? Perdeu playboy, perdeu!!!

FORA PT!!! FORA COMUNAS!!! ABAIXO A REELEIÇÃO(que foi decidida sem nenhuma consulta popular!!!).

José T. S.

R25 disse...

Aqui na minha cidade(Fundão/ES), que tem 15 mil habitantes, são 11 vereadores que recebem 7 mil por mês para se reunir a cada 15 dias.
Nessa eleição temos 100 candidatos a vereador, 99% deles não têm nenhuma qualificação ou proposta para exercer essa função, mas o que importa é o salário!
Se a função de vereador fosse voluntária sobrariam vagas!
Na atual legislatura já estamos no 3º prefeito, pois os 2 primeiros foram afastados por corrupção.
A única coisa que interessa para o povo é o que vai ganhar, pode ser um emprego, o aluguel de uma casa ou carro, etc...se vendem para o candidato que dá mais. O futuro da cidade é o que menos importa!

Anônimo disse...

Caro Fernando (O MASCATE).
Aqui em “CU” (pois RITIBA fica mais à frente), os candidatos são os mesmos de sempre: vegetais, “fruitas”, leguminosas, etc.
Minha esperança(última): que dêem ordem sequencial decente ou ascendente aos números - aqueles que identificam as casas, os difícios, etc. Repito: ordem numérica ascenDente!
Caso o milagre se realize, serei o homem mais feliz do município.
Detalhe: vivo de procurar endereços.
Abraço