* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

quinta-feira, julho 26, 2012

E viva o país da impunidade!!!!

Bem amigos, parece que a loteria da impunidade sorteou mais um felizardo ganhador. 
Ou melhor, felizarda ganhadora.
Agora foi a vez da EX Sinistra da Casa Covil do DERSgoverno da PresidANTA Dilmarionete Ducheff, Erenice 6% Guerra, sair de cu lambido das acusações que a derrubaram da Casa Covil.
As acusações de tráfico de influência que pipocaram em Setembro de 2010 simplesmente foram arquivadas.
O Tribunal Regional Federal da 1ª Região arquivou o processo contra a ex-ministra por suposto tráfico de influência, após acatar recomendação do Ministério Público Federal (MPF). A decisão de arquivar a ação, por absoluta falta de provas, foi decretada na última sexta-feira pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal.
Agora Erenice 6%, estuda junto a seus advogados entrar com pedido de reparação por danos morais contra a revista Veja e também contra a Falha de São Paulo.
Em outras palavras ela sai do processo como vítima da imprensa e ainda pode levar algum por fora.

Com judiciário e um MP como esses, alguém ainda acredita que o julgamento do mensalão vai dar em alguma coisa?

Pobre Pocilga.

E PHOD@-SE!!!
............................... 


Share/Bookmark

2 comentários:

Ajuricaba disse...

Dizer que o processo de Erê não tinha provas é negar a própria existência. Como um juiz federal pode fazer uma coisa dessas?

Anônimo disse...

Deveria ser feito um outdoor para que fosse colocado em todos os pontos do nosso Brasil.

Para aqueles que às vezes aparecem pondo em dúvida para que servem os militares.
Obama deu a resposta....
Isto no país mais democrático do mundo!!!

"É graças aos soldados, e não aos sacerdotes, que podemos ter a religião que desejamos.
É graças aos soldados, e não aos jornalistas, que temos liberdade de imprensa.
É graças aos soldados, e não aos poetas, que podemos falar em público.
É graças aos soldados, e não aos professores, que existe liberdade de ensino.
É graças aos soldados, e não aos advogados, que existe o direito a um julgamento justo.
É graças aos soldados, e não aos políticos, que podemos votar..."


(E é justamente pelo fato de os soldados brasileiros haverem sido desacreditados que este PAÍS vive mergulhado na anarquia, governado por incontáveis quadrilhas de bandidos, instalados nos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário).