* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

segunda-feira, junho 04, 2012

Brasil, um país que cresce para trás...




Mudaram as moscas mas o entulho ufano patriótico da propaganda mentirosa continua o mesmo!!


Considerando apenas o PIB fraco, o Brasil, está em último lugar, entre os chamados “países emergentes”. Considerando o “rendimento per capita”, o poder aquisitivo, e o IDH (índice de desenvolvimento humano) vê-se, sem maior esforço, que o país dá um mergulho no retrocesso.

O Brasil dos petralhas apresentou o pior desempenho econômico entre os países ‘emergentes’, no primeiro trimestre em relação ao mesmo período de 2011, com um crescimento do PIB de apenas 0,8% no período. No mesmo trimestre, a China cresceu 8,1%, a Índia 5,8%, e a Rússia 4,9%, e, pois, estamos na lanterna no grupo conhecido por BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China). Perdemos também para os vizinhos sulamericanos – Argentina (+4,8%), Chile (+5,6%), México (+4,6%), Peru (+6%) e, até mesmo, a empobrecida Venezuela (+5,6%).

Todavia, se analisarmos a situação do país com relação ao PIB per capita, ou rendimento per capita, despencamos do 86º para o 101º lugar com 10.800 dólares anuais e com relação ao IDH arrastamo-nos no 84º lugar, o que mostra que o Brasil deu um novo mergulho no mar de retrocesso que ganha volume no país.
Tais resultados pífios das sucessivas administrações de esquerda ocorrem não apenas por problemas sazonais de queda acentuada do agronegócio (-8,5%) e dos investimentos em geral (-2,1%), mas também porque a economia brasileira que parece mostra sinais de desestímulo ao trabalho – em virtude das inúmeras benesses distribuídas pelo estado – e pelo recuo dos investidores que têm poucas garantias jurídicas para os seus investimentos, quer no setor primário, quer no setor industrial ou no setor de serviços. Os investimentos em infraestrutura também foram pífios e o país vem se tornando campeão do desperdício e da falta de produtividade, com um sistema tributário paquidérmico que torna o chamado “custo Brasil” quase insuportável para a iniciativa privada, com o contribuinte brasileiro tendo já que trabalhar cinco meses do ano apenas para pagar impostos e contribuições, com uma devolução de serviços públicos da pior qualidade possível.
Todavia, apesar de ruim, o resultado da economia brasileira nos três primeiros meses de 2012 sobre igual período do ano passado foi ligeiramente melhor do que muitos países desenvolvidos, especialmente os europeus. Na mesma base de comparação, o PIB do Brasil foi superior ao da França (+0,3%), Itália (-1,3%), Espanha (-0,4%), Holanda (-1,3%), Portugal (-2,2%), Grã-Bretanha (0%) e Grécia (- 6,2%). Por outro lado, a economia brasileira cresceu menos do que o da Alemanha (+1,2%), Coreia do Sul (+2,8%) e Cingapura (+1,6%).
Todos esses países, no entanto, têm um PIB per capita e um IDH muito superiores ao nosso, o que equivale dizer que, apesar de termos a 6ª economia do planeta, somos ainda um país de pobres, mal educados e mal instruídos e não contamos com um regime político que aja no sentido de reverter essa situação; pelo contrário.
Prendam a respiração, pois acabamos de mergulhar no mar do retrocesso, e vamos torcer para que tenhamos fôlego para nadar de volta à superfície...

Texto: Francisco Vianna



E PHODAM-SE!!!
Como nunca antes na história desse país.

......................................................................................................

Share/Bookmark

3 comentários:

Ferra Mula disse...

O RATINHO VERMELHO DEVERIA TER COLOCADO ESSA SITUAÇÃO PARA O EX-COISA ALGUMA BICHADO, JÁ QUE ELES SÃO CHEGADOS A UMA TROCA DE RABADA.

Sidney disse...

Por acaso sabe a colocação do Brasil na EISJP = Enriquecimento Ilícito de Servidores, Juízes e Políticos ou não existe.

Mosca Verde disse...

O Sebento fez o povão acreditar que com R$ 1.000,00 mensais de salário, poderia comprar carro zero, casa, geladeira pra guardar cerveja e um Hi-Phone de 3 chips pro ranhento. Pronto! Tá feita a merda! Povão esquece que carro tem manutenção, combustível, IPVA e, se quiser ficar mais ou menos tranquilo, um seguro.
Economia aquecida? Só se for em banho-maria.