* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

terça-feira, abril 17, 2012

Crucifixo & Diplomáticos. Vão devolver ou não vão?.

















Só para relembrar. 
O Sebento ainda não devolveu o crucifixo que ele levou do gabinete da presidência quando saiu do Planalto. E os famíliares Buscapé da Silva também não devolveram os passaportes diplomáticos que foram concedidos aos herdeiros do trono de Banânia em uma manobra imoral do Itamaraty. 
Esse povo tem o comportamento típico de pobres. Daqueles que quando alugam uma casa e tem que sair ao final do contrato levam de torneias aos espelhos de luz das paredes. Sem contar a destruição que promovem no imóvel.
Levar a prataria, os presentes dados ao Brasil, e o crucifixo, foi de uma pobreza de espírito impar. Mas no Brasil dos ÉXPÉRRRRTOS levar uma caneta ou um clip da empresa onde se trabalha não é entendido como roubo. É "normal", então, o crucifixo ser levado embora foi comportamento típico de pobre.

E no mais...



E PHODA-SE!!!!
.......................................................

Share/Bookmark

2 comentários:

Anônimo disse...

Boa lembrança, Mascate. Surgem as denúncias, o tempo passa, e nada acontece com essa cambada de marginais.
E o Ministério Público ficou quietinho?
E a OAB? Alardeou que ia tomar providências e tudo acabou em pizza?

LULLA, DEVOLVA O CRUCIFIXO!
DEVOLVAM OS PASSAPORTES DIPLOMÁTICOS, CAMBADA!

Anônimo disse...

MASCATE, vou dizer aquilo que milhões de brasileiros querem dizer, mas não sei qual os motivos que não os deixam fazer, parece que estão com medo da Ditadura das Ratazanas Vermelhas que infesta através da mente os menos informados e esclarecidos de forma geral, então o que este abjeto do Defuntus Sebentus já demorou para fazer, é criar vergonha na cara e falar para o resto da sua família Busca Pé, devolver os Passaportes vergonhosos juntamente com o crucifixo de JESUS, que não existe palavras para enquadrar a falta de caráter de um ser humano que protagoniza um exemplo deste tipo, é na pior das hipóteses, nojento, abominável e repugnante as pessoas que fazem isso.