* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

quarta-feira, abril 04, 2012

77% de aprovação? Ahhhh, vá pra potaquepareu!!!!

IBOPE/CNI
Sai mais uma pesquisa de popularidade de nossa governANTA!!!.
Apesquisa deu 77% de aprovação à presidANTA Dilmarionete.
Ou seja, de 190 milhões de Brazucas, 43,7% não aprovam seu governo.
Ou, de 2002 pesquisados, 460 desaprovam a Dentuça.
Bem, essa pesquisa é no mínimo estranha, pois ouviram 2002 pessoas em 142 municípios da pocilga e em cada município apenas 14 pessoas foram ouvidas. E isso é universo para declarar a lisura e a validade dessa pesquisa. E de cada 14 3 não aprovam. E assim caminharemos até o ápice que é 100% de aprovação à Dentuça.
Bem, alguém poderia me dar os nomes desses municípios? Pois dependendo da quantidade de bolsa família distribuída em cada um a popularidade tende a aumentar, e em segundo lugar, qual foi o critério da escolha para as pesquisas? Classe social, grau de instrução, emprego, etc.
O que não pode é ouvirem 2002 pessoas em um universo de 190 milhões e colocar o resultado como verdade suprema e absoluta. 
A PESQUISA É VISIVELMENTE MANIPULADA E TENDENCIOSA.
Ou alguém vai querer me convencer que 77% dos Brazucas estão felizes com o DESgoverno da corrupção, da bandalheira, da inércia, dos altos impostos, da desindustrialização, da fraude e da mentira.
Não esqueçam que 44% dos eleitores NÃO votaram na Dentuça em 2010, e só aí já da margem para dúvidas.
Portanto, estão quereno passar atestado de otário para a parte da população que ainda pensa na pocilga. E o mais bizarro é ver a imprensa em peso manchetando esse resultado. É muita cara de pau.

E PHODA-SE em 77%!!!
.....................................................

Share/Bookmark

5 comentários:

Anônimo disse...

...Temo que o Brasil não saia mais desse ciclo imbecilizante, imoral e criminoso que se instalou nos últimos 9 anos. E a que preço? Ora, preço de um cheque em branco, passado de bom auto-engano via voto, nas urnas de todo país! O cheque será descontado. Muito será pedido, de todos, para pagar essa fatura, que segue para os bolsos petralhas, com vigor.

"Passamos tanto tempo enfatizando direitos, que negligenciamos o ensino de obrigações. A quem muito foi dado, muito será pedido”. (Solzhenitsyn)

http://www.venenoveludo.com/2012/04/waterfallgate-e-os-cheques-em-branco.html?spref=fb

Antônio Rangel disse...

Por obra e graça do método esquerdistamente preconceituoso e excludente de criar castas para "lutar por conquistas", estepaiz está tão mergulhado no discurso de que é preciso TER DIREITOS, que ninguém mais fala em TER DEVERES. Esse é o principal objetivo desse tipo de política social: destruir os conceitos morais, e por que não, da legislação, que estabelecem os deveres do cidadão. Através do controle da massa pela propaganda de que a felicidade lhes é devedora, e por isso, ela, a massa, carece de direitos, vai estabelecendo sua ideologia. Enquanto estão ocupados na luta por seus "direitos", vão desconhecendo suas obrigações cívicas, legais e morais. Lei, na minha ignorância politicamente incorreta, existiria para estabelecer limites. No conceito petistamente correto, a lei torna-os elásticos, mas apenas para determinados grupos de seu interesse.

Se o cidadão não se sente imbuído da obrigação legal e moral do cumprimento dos próprios deveres, não cobrará, jamais, das cavalgaduras que nos desgovernam, para que cumpram com os seus. Princípio basiquinho de regimes totalitários insidiosos, que se instalam sorrateiramente e não pela força de armas. Incrível como suportamos que as gerações sejam formadas cada vez mais com cada vez menos capacidade de pensar sobre tudo o que lhes é imposto. Num país em que o seu Ministério da Educação reverencia o erro e os professores do ensino fundamental idolatram "pensadores" como Marcos Bagno, sem ter noção da obra de Rui Barbosa, como esperar que universitários conheçam Alexander Solzhenitshyn ao invés de... Marilena Chauí?

Temo que o Brasil não saia mais desse ciclo imbecilizante, imoral e criminoso que se instalou nos últimos 9 anos. E a que preço? Ora, preço de um cheque em branco, passado de bom autoengano via voto, nas urnas de todo país! O cheque será descontado. Muito será pedido, de todos, para pagar essa fatura, que segue para os bolsos petralhas, com vigor.

"Passamos tanto tempo enfatizando direitos, que negligenciamos o ensino de obrigações. A quem muito foi dado, muito será pedido”. (Solzhenitsyn)

www.venenoveludo.com

Anônimo disse...

MASCATE, já cansei de dar a minha opinião e comentar sobre essas pesquisas de todos os tipos que são feitas por todo País, principalmente sobre os políticos de uma forma geral, em tempo de campanha e depois que chegam ao poder.
E só os mal informados, esclarecidos e desavisados que não sabem como as mesmas são feitas, pois para aqueles que estão em sintonia com tudo e com todos sabem muito bem que são feitas com todos os meios e métodos mais tendenciosos e sem respaldo, onde não preciso aqui desenhar quais são este meios e métodos, onde já tive o desprazer de testemunhar e ser alvo das mesmas.
Só para citar um entre tantos exemplos que eles usam para fazer as pesquisas, pegam o cidadão e fazem as perguntas, e dependendo do que o mesmo responde eles colocam no papel e com lápis, depois passam a limpo conforme suas conveniências, isso sem falar que já procuram fazer as mesmas em lugares e com pessoas que tem tudo aquilo que eles já sabem que vai predominar, concretizar e avalizar o resultado tendencioso que será passado para todos os meios de comunicação, como é o caso de mais essa pesquisa absurda de hoje.

Esperamos que esse Povo que está dormindo em berço esplêndido e aposta na teimosia e ignorância sobre tudo que se relaciona a cidadania e construção de uma verdadeira Nação, acorde antes que seja tarde demais e tenha que suplicar para aqueles que hoje são mal agradecidos e até perseguidos, e os livraram das mãos destes mesmos que hoje estão no Poder e que, tentaram implantar o Comunismo e Socialismo em 64, voltem para restabelecer e salvar novamente este País do prenúncio do Abismo que se torna cada vez mais evidente e concreto desde 2003.

Anônimo disse...

77%... HAHAHAHA... faz me rir!

Ezio

Celso disse...

A meu ver essas pesquisas são "balões de ensaio" para justificar a "confiabilidade" das urnas eletrônicas.
Como justificar a "vitória" sem "aprovação" antecipada?