* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

segunda-feira, outubro 24, 2011

Garis atropelados e mortos por bebum.

Na madrugada de Sábado tres funcionários da limpeza urbana da prefeitura de SP, mais conhecidos como garis, faziam a limpeza no canteiro central da marginal Pinheiros quando subitamente um playboyzinho de merda com o fucinho cheio de cachaça e sabe-se-lá o que mais, atropelou os três trabalhadores, matou dois e mandou outro para o hospital com fraturas multiplas.
Após o acidente o motorista se negou a fazer o teste do bafômetro e foi avaliado clinicamente como embriagado.
Na minha opinião, a partir do momento em que uma pessoa se nega a fazer o bafômetro já é uma admissão de culpa, uma vez que quem não deve não teme.
A imprensa noticiou o ocorrido, alguns telejornais deram uma nota ou reportagem pequena outros simplesmente ignoraram o fato. Mas o barulho que vimos quando dos outros acidentes onde os mortos eram pessoas de classe média/alta já não foi o mesmo. Será porque os mortos e ferido no acidente eram pessoas simples trabalhadores invisíveis na sociedade brasileira? Ou  porque essa situação de cachaceiros irresponsáveis a bordo de seus supercarrões cometendo atrocidades no trânsito já virou lugar comum e ninguém mais dá a mínima para essas mortes?
O que sei é que mais vidas foram ceifadas por conta da irresponsabilidade de idiotas que bebem e saem dirigindo pela cidade acreditando na impunidade e pouco ligando para a vida humana. O assassino está em cana à espera de um Habeas Corpus que certamente sairá em mais algumas horas e vai passar os próximos quinze/vinte anos dirigindo e bebendo, empurrando o processo com a barriga contando com a já manjada ineficiência do judiciário e os buracos nas leis mal feitas de um país de bosta.
Todos os que mataram inocentes nos últimos meses por conta da soma entre direção é álcool estão livres, leves, soltos e dirigindo. E os  punidos são sempre os que não tem culpa alguma pela irresponsabilidade de cretinos desse gabarito que acabam sendo vítimas deles. Os mortos e feridos não recebem indenizações, e na maioria dos casos nem a solidariedade das familias dos culpados, recebem um atendimento médico de péssima qualidade do estado que acaba se tornando co-responsável pela tragédia e é obrigado tratar por anos à fio as sequelas dos que sobreviveram no falido sistema público de saúde atravéz dos nossos impostos, e os vagabundos do volante não são responsabilizados a ressarcir o estado pelos custos que eles causaram .
Como eu já disse em outra postagem, vamos aguardar para ver a nova tragédia do trânsito que virá, com novos mortos e feridos, e mais um playboyzinho de merda e embriagado, livre por conta de leis fajutas e advogados extremamente rápidos em tirar seus clientes da cadeia.

E viva o Brasil o país do pão, circo e impunidade!!!!

Share/Bookmark

3 comentários:

Ana Luísa disse...

Alguém diria que "Nunca na hiftória deffe paíf houve lei tão rigorofa" quanto à Lei Seca.

Que o diga o ex-coordenador da mesma, ALEXANDRE FELIPE MENDES, depois de beber "meia taça de vinho", atropelar e matar um cidadão que "apareceu do nada" numa bicicleta. Como é que um motorista se "desequilibra" com uma bicicleta? Ahh, vá... e mande outra, né?

Vamos combinar... as Leis, Emendas, Decretos, Resoluções e o escambau a quatro, são a maior coleção de idiotices da Casa da Mãe Joana que só beneficiam "seus donos" ladrões e corruptos.

Qualquer dia iremos nos deparar com a criação do "Dia Nacional do Coco Azedo".

A Administração Pública no Brasil é uma zona e ponto!

Anônimo disse...

www.naofoiacidente.com.br

Vamos unir forças nessa corrente!!!

Vindo dos Pampas disse...

Os bebados e drogados do Brasil tem um padroeiro forte: São Luiz 51.
Com a bênção do padroeiro deles, vão continuar matando e ficando impunes para sempre. Ou até que façamos como os libaneses.