* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

sábado, maio 14, 2011

Os MEC e us livro didáticus.

O Ministério da Educação (MEC) distribuiu a 4.236 escolas brasileiras um livro didático da organização não governamental Ação Educativa que defende a escrita sem concordância de expressões orais populares, como por exemplo "os livro", apoiado nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs), que dizem que não há só uma forma correta de falar o português brasileiro.
....
POTAQUEPAREU!!!!
Essa notícia só pode ser em homenagem ao Ex presidente Defuntus Sebentus. 
Querem tornar todo jovem brasileiro um medíocre e idiota igual a ele.
Eu sei que não sou uma sumidade em língua portuguesa, mas me esforcei e muito nos bancos escolares para poder ter um mínimo razoável de conhecimento de português. Ao menos sei conversar e me fazer entender. E interpreto tudo o que leio com muita facilidade, afinal, foi para isso que eu, assim como a maioria dos meus cinco leitores estudamos, né?
Anos à fio milhões de brasileiros se arrebentaram de estudar para entender as regras básicas de nossa língua, e hoje vem o MEC e aprova um livro didático que desensina nossos jovens a falar corretamente o português?
Era só o que me faltava em termo de mediocridade e sacanagem com este povo. 
Em vez de as escolas melhorarem o nível de ensino da língua, é mais fácil inventar uma barbaridade desse tamanho para justificar a falência geral do ensino público de Banânia.
Estamos criando gerações de analfabetos funcionais já faz algum tempo, agora foi sacramentada de vez a "jeguerização" do povo. Jovens que mal sabem se comunicar corretamente, agora terão mais um motivo para se tornarem mediocres de uma vez. 
O governo apóia a iniciativa e vai criando uma nação de iletrados e ignóbeis funcionais que irão transformar a comunicação entre as pessoas um exercício de adivinhação. O cretino fala e você tenta adivinhar o que ele quer dizer.
Só falta o MEC aceitar o "miguxês" da internet como a nova língua portuguesa do Brasil.
Um povo que não sabe interpretar o que escuta, pois, o que lê já não interpreta há tempos, só poderá acabar dominado pelos interesses dos que estão por trás dessa aberração. E  quando for votar ou ter que usar de seus direitos de cidadão, acabam sendo tapeados pelos mais "letrados" ou os "poderosos" de plantão.
Fico só imaginando daqui vinte anos um ADEVOGADO saido dessa turma. Qual o nível profissional que ele terá?
Já que até com o exame da OAB querem acabar por ser muito "dificio"

Em terra de cego que tem um olho é rei. 
E no Brasil dos analfabetos, pode acabar virando presidente.
Este país a cada dia me desanima mais.

"SABE NÓIS NUM SABE, NÓIS SÓ QUE OS DEPROMA"
....................

PS: Escrever neste Blog também é exercitar meus conhecimentos da língua portuguesa.
Como dizia meu saudoso pai. 
"Tudo o que você não usa acaba atrofiando" 
E pelo visto tem muita gente que não usa o cérebro...
he he he... 

.......................

Share/Bookmark

8 comentários:

Anônimo disse...

Pois é...rs...no meio do teu texto lembrei do "miguxes"...rs...e algumas linhas abaixo vc mencionou...mas veja, aqui não cabe um "seria"...é trágico e cômico ao mesmo tempo. Isso também é método e de fora pra dentro. Cabe a nós reagirmos a isso...ou Guarulhos e Galeão ainda continuarão a ser a melhor saída.

Anônimo disse...

Bom, festa junina "estão" aê!

Que tal faze um fuguera cum esses livro desgraçadamente infeliz?

Eu vou se a primera apula ela!!!!


Xika

Anônimo disse...

MASCATE, antes de comentar sobre este post, quero dizer a você que no comentário sobre o post do Danilo Gentille, onde citei alguns dos programas de televisão de canais abertos, que é uma união do inútil ao desgradável, onde você respondeu e disse que não mencionei o Futebol entre os mesmos, desculpe o esquecimento, é que quando se trata de futebol aqui no Brasil, o que está acontecendo é algo que não tem adjetivos para definir, mas um deles pode qualificar e resumir tudo, é uma legítima selvageria dentro e mais ainda fora dos campos, que trazem os resultados mais absurdos, abomináveis e repugnantes que jamais poderia se esperar de um ser humano, costumo dizer que são 22 correndo atrás de um couro redondo cheio de vento e milhões de otários assistindo, e depois dependendo do resultado tem aqueles que perdem o couro de vários modos.

Sobre os livros do MEC que estão sendo distribuidos para as escolas do País, acho que tem tudo a ver, pois este governo da era da Mediocridade tem que fazer jus as palavras do Defuntus Sebentus, que entre tantas cretinices, sandices e mediocridades protagonizadas pelo mesmo durante os 08 anos de desgoverno, uma delas foi de falar que o Brasil foi descoberto em 2003.
Então mediante esta fábula, era preciso que eles provassem o novo descobrimento do Brasil feito pelo Defuntus Sebento, e aí está a nova era do País Maravilha começando a todo vapor, e no que depender do português escrito e falado, vai ser uma mistura de Lulês com Dilmês, coisa de espantar burguês, ou melhor, de não conseguir explicar e contentar nem gregos e muitos menos troianos.
Neste ritmo e pelo andar da carruagem, estamos voltando aos tempos das cavernas e da idade da pedra, só com um detalhe, naquela época os seres humanos se comunicavam e se entendiam muito melhor que nos tempos atuais.

Um abraço.

EU SOU NEGUINHA disse...

Eu,que atuo na area da educação,a cada dia mais,me decepciono e me sinto um ser de outro mundo no meio dos seres com os quais me relaciono.
É duro ouvir de gestores da edução algo como: espero que seje legal,ou vou ponhar ali,tá?
Meus ouvidos doem,me pergunto como poso mudar,já que os que deveriam ensina,estão piores do que os educandos...
é foda...
Beijos em ti

EU SOU NEGUINHA disse...

vim consertar,hahaha: não époso e sim posso..rs
Beijos

Anônimo disse...

Mascate,

Sabe me dizer, por quantas vezes o Palloci acertou a mega-sena?

O tamanho da fortuna amealhada nos últimos anos, me leva a crer que acertou o 6 números umas 38 vezes.

"O Mascate" disse...

Meu caro, o Palóffi acertou a sorte grande quandop se filiou ao PT e o partido ganhou as eleições.
Puxar saco de político safado pode deixar um homem rico.
E o Paloffi conseguiu....

sicário disse...

Mascate...

O que esperar se quem tem o poder maior de atingir a massa, a imprensa, é incapaz de questionar com propriedade o fato de livros distribuídos pelo MEC conter erros propositais e, além disto, entrevistar a autora como se a lingua portuguesa fosse uma conversa entre paus de arara viajando de garanhuns para São Paulo.
Só falta após ensinar os estúpidos que falar errado é certo, determinar que seja amputado um dedo de cada um, dar-lhes título honoris causa própria e elegê-los presidente.