* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

sábado, abril 09, 2011

Desarmamento é a bola da vez.

Logo após ao ocorrido na escola em Realengo no Hell de Janeiro, já começaram a aparecer os babacas de sempre pedindo o desarmamento da população.
Mas a população já não está desarmada?
O Estatuto do Desarmamento proíbe o porte de armas, apesar da população ter votado CONTRA isso no Plebiscito de 2005.
Ou seja, 64% da população vota contra um referendo criado por um governo composto de bandidos e terroristas e mesmo assim eles criam artifícios legais para que a população continue a mercê dos bandidos sem direito a defesa.
Fizeram aquele movimento em que o cidadão entregava suas armas para a PF e recebia uns caraminguás por isso. R$ 100,00 por revólveres e R$ 200,00 por pistolas. E o que a PF percebeu é que a maioria das armas que foram entregues eram prá lá de velhas e muitas nem funcionavam. Coisas de herança, ou achadas em algum baú no porão de casa. As armas boas e semi novas, com condições de uso não vieram no volume que o DESgoverno esperava. É certo que a grande maioria dos brasileiros conscientes não entregaram suas armas. Sem contar que depósitos da PF foram convenientemente roubados e as melhores armas desapareceram.
Muito se fala em desarmar a população. Essa não é a saída para diminuir a violência no Brasil, por ano 50 MIL pessoas são mortas por armas de fogo, algumas delas são legais e estão nas mãos da polícia. Agora, a grande maioria dessas mortes fortam produzidas pelos bandidos que não usam armas LEGAIS e nem tem porte de arma. No caso da escola em Realengo, uma das armas que aquele desqualificado usou para matar as crianças é um revólver calibre 38 com a numeração raspada e isso não permite que seja descoberta a procedência da arma. A outra, um 32, foi roubado há 18 anos atrás..DEZOITO ANOS!!!! 
Quantos crimes foram cometidos nos últimos 18 anos com essa arma sem que a polícia tivesse colocado as mãos nela? Ou se colocou, como é que ela voltou para as ruas? TODOS sabemos que muito policial apreende uma arma aqui e a revende mais adiante sem ao menos passar pela delegacia. E não venham os hipócritas de plantão dizer que isso não existe porque existe SIM!!!
Agora, a grande pergunta que fica. Comprar munição é impossível para um cidadão comum, o estatuto do desarmamento tornou a aquisição de munição uma manobra impraticável por quem quer que seja. Como é que o vagabundo de Realengo tinha um cinturão repleto de munição encaixadas em speedloaders que tornam o recarregamentode um tambor de seis tiros uma função de apenas 5 segundos?
Se comprar munição é um ato impossível pelas leis do Brasil, comprar em grande quantidade e ainda mais com vários speedloaders é coisa impensável.
Certamente essa munição entrou no país por contrabando, e isso é que o DESgoverno deveria coibir, o contrabando de armas que abastece o crime organizado e a guerrilha urbana que virou a segurança no Brasil.
Morremos feito moscas nas mãos dos bandidos com armas ilegais e contrabandeadas e o DESgoverno não nos dá condições de defesa, assim como as crianças foram mortas sem poderem se defender, é como morrem milhares de brasileiros todos os dias e isso não causa comoção da população e nem preocupação do governantes.
Defesa da própria vida é um direito do cidadão, e quando o desgoverno tira essa direito ficamos entregues à própria sorte. O vagabundo quando chega para assaltar alguém ele sabe que aquela pessoa está desarmada, por isso eles "tocam" tanto terror nas pessoas e dão "esculachos" absurdos nos cidadãos. Se o vagabundo chega na incerteza da reação as coisas mudam de figura e a violência poderá ser medida em condições iguais. Já que o desgoverno não coíbe o uso de armas e nem o contrabando delas pelos meliantes, que libere o cidadão para que possa se defender, pois, da maneira que está, estamos perdendo esse jogo para a vagabundagem por goleada.
Aí dirão alguns que muitas armas são roubadas das mãos dos cidadãos e entram no crime. Oras, é só fazer a estatística e verificar a quantidade de armas que são roubadas de vigilantes e policiais e comparar com as que foram roubadas dos cidadãos e ver que o abastecimento do crime por arma roubada tambem pode ser "oficial". E por conta disso vamos desarmar a polícia?

Essa conversa de desarmar a população não passa de manobra política para que um DESgoverno alinhado com tudo que é ditador do planeta quer para manter o povo submisso e controlado dentro do socialismo do modelo CÚbano, onde a população não tem armas e não pode se rebelar contra os "poderosos".
Nos Estados Unidos que tem uma população muito maior que a do Brasil e o porte de arma é liberado na grande maioria dos estados. As mortes por armas de fogo no ano passado foram de 15 mil contra os 50 mil do Brasil onde o porte é proibido.
Um fazendeiro não pode armar seus funcionários contra os invasores do MST, mas esses mesmos bandidos travestidos de movimento social podem usar facão, pá e enxada contra os fazendeiros alegando que são intrumentos de trabalho. Quando não, armas de fogo que a polícia NUNCA vai buscar.
O que mata realmente no Brasil é a hipocrisia e a safadeza dos governantes e a inércia e burrice do povo.
Os vagabundos continuarão matando o trabalhador e cidadão honesto, malucos continuarão praticando crimes absurdos como o da escola do Hell de Janeiro e o povo "politicamente correto" de joelhos esperando a morte chegar. Se os Judeus na segunda guerra fossem um povo armado a Alemanha de Hitler não teria feito o que fez e a história seria bem outra.
No Brasil dos hipócritas e safados morrer pode, andar armado não pode.
..............
Share/Bookmark

5 comentários:

Ajuricaba disse...

Tá endossado meu caro comerciante intinerante. Para cada arma legal existem 50.000 ilegais e contrabandeadas. Só não vê quem não quer.

BETOMOTOS disse...

É preciso proibir a compra,venda fabricação e o uso de veículos automotores em todo o território nacional,já que, causam muito mais mortes do que as armas de fogo!

Anônimo disse...

Grande Mascate!!!
Esses comunistas brasileiros ficaram muito espertos.
Ao invés de repetirem os "paredons" e "gulags", estão conseguindo que os "cidadãos" se matem uns aos outros e instintuíram o salário mínimo mesmo para quem tem curso superior.
Agora querem tirar a única defesa individual que dispomos. Para mim, aí também tem o lobbying da indústria de segurança.
Você tem toda razão, se o bandido souber que ali tem alguém disposto a reagir, não incomodará, o bandido vai onde é mais fácil, experiência própria. Mas infelizmente, vejo pessoas que dão muito mole, praticamente pedindo para serem roubadas, é muita inocência.
Não pago seguro de carro porque acho um roubo institucionalizado, nunca tive nenhum carro roubado, mas também não dou mole para essa corja, nunca abandono meu carro em qualquer lugar.
Quanto ao ocorrido, ora, os loucos estão soltos por aí! É a política dos comunas.
FORA PT!!! FORA COMUNAS!!!
Abraços do LPS

"O Mascate" disse...

Ajuricaba, você esqueceu do Quinquilharias e bugigangas no "comerciante intinerante".

Beto, são 170.000 mortos por ano em acidentes de trânsito...Vambora proibir o uso de veículos!!!

LPS.
Verdade a comunalha descobriu que o próprio povo se mata sem ajuda oficial.

blog do beto disse...

OLÁ MASCATE.

NÃO NOS ESQUEÇAMOS QUE A QUADRILHA QUE ESTÁ NO PHODER E QUE FOI ELEITA POR ESSE POVINHO IDIOTIZADO E POR ISSO TEM O AVAL EM APOIAR TUDO QUE FOR CONTRA A ÉTICA, A MORAL, A DECÊNCIA, A CORRUPÇÃO E O ROUBAR E DEIXAR ROUBAR.


TÔ CERTO OU TÔ ERRADO?

ABS DO BETOCRITICA.