* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

quarta-feira, agosto 04, 2010

Presidente Lula escapa ilseso de atentado. E se mantém na ociosidade.

A imprensa amestrada brasileira divulgou na manhã desta quarta-feira que o presidente Sebento da Selva teria escapado ileso de um atentado à carteiradas de trabalho contra o comboio no qual viajava para um comício na cidade de Caicó.
A assessoria de imprensa do governo, no entanto, negou o ataque, de acordo com a agência FDP.

Emissoras de TV locais chegaram a divulgar que várias pessoas, que aguardavam o discurso do presidente banânio, teriam ficado desempregadas no atentado. Além disso, a NBR noticiou que Sebento teria mantido o protocolo e feito o comício normalmente.

O governo Banânio, além de negar o ataque garantiu que um comunicado sobre o incidente será difundido em breve. A emissora estatal NBR TV também negou a tentativa de atentado, citando uma fonte ligada à presidência e ao ministério do trabalho.

A informação inicial, divulgada pelo site Insano.br era de uma grande avalanche de carteiras tinha sido atirada junto a um minicro-ônibus que transportava jornalistas amestrados e pessoas do governo que acompanhavam o presidente. A NBR anunciou ainda que uma pessoa chegou a ser presa suspeita de ter jogado uma das carteiras de trabalho contra o comboio.

Sebento apareceu depois ao vivo na TV comprada com dinheiro público, em um estádio de Caicó. Parecia bem e não mencionou o ataque. O político populista de linha-mole acumulou inimigos em círculos indignadistas e com vergonha na cara da República de Banânia, bem como no exterior.

Reações
O mercado de emprego informal reagiu inicialmente com calma às informações sobre a tentativa de atentado. Um analista do setor de agência de empregos disse: "As pessoas estão aguardando para ver do que se trata, confirmar a natureza do que ocorreu" e continuar enviando curriculos em busca de um emprego no governo.

Sebento tentou recentemente isolar facções políticas de oposição ao declarar que o regime tem apenas um partido, que é o "PT" - uma referencia a um movimento cultuado pelo vagabundismo safadista representado pelo líder supremo do MST, o Pedro Stédille

Uma das marcas do governo de Sebento da Selva são suas constantes viagens pelo vasto interior do país para fazer comícios pró Dilmá perante multidões de admiradores pagos com dinheiro público, que gritam "morte" para quem inventou o trabalho!!!!


Segundo testemunhas, também foram lançados contra o presidente cartilhas Caminho Suave e Dicionários da língua portuguesa, mas nada ainda foi confirmado.


Uma das carteiras atiradas contra o presidente foi apreendida.
Agora a PF Guarda Pretoriana do Sebentus I, irá investigar a origem do "artefato".



Share/Bookmark

2 comentários:

o copista paschoal disse...

Sorte que o dicionário não o acertou em cheio pois, nesse caso, seria morte certa!

Guará Matos disse...

Estou curtindo as letras "ajuntadas" aqui companheiro!
Quanto aos petistas, o que posso fazer se não faço pela boca o que normalmente é feito por lugar próprio? Eles inverteram as posições então, bosta pra eles, hahaha!
Tô curtindo, amigo.

Abraços.