* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

sexta-feira, julho 09, 2010

Caso Bruno, outro circo de horrores se anuncia.


Do jeito que vai, em breve veremos essa cena de verdade.

Para quem lembra do recente caso Isabela, onde a imprensa botocuda deste Brasil deitou e rolou em explorar a tragédia das famílias.

Agora vai começar o circo em volta desse absurdo que foi o assassinato da garota Eliza. O povaréu vagabundo já começa a se reunir em volta das delegacias onde estão sendo feitas as investigações sobre o caso. Já se ouvem os primeiros gritos de "justiça" e "assassinos", e a imprensa amestrada noticiando o caso à cada segundo com entradas ao vivo a todo instante.
Horas e horas de jornalismo aplicado nesse mundo cão em que se tornou a imprensa polícial da Banânia.
Já vejo o José Luis Dapena se rasgando ao vivo berrando feito um celerado em busca da tão sonhada audiência. Lucianta Gimenez em seu programa, jogando para cima dos telespectadores toda sua bocalidade e requentando o assunto à exaustão.
Esse crime vai ser explorado por semanas até a conclusão do inquérito policial, e o povão vai se acalmar por uns meses até o julgamento, aí veremos novamente todo aquele circo de horrores em que se transformou o julgamento dos Narddoni, onde o povaréu ignóbil passava horas à fio diante o fórum em busca de porra nenhuma a não ser uma ou outra entrada ao vivo de emissoras mundo cão em que o populacho corria a se aglomerar por detrás das câmeras para poderem depois ligar pelo celular para algum parente dizendo que estavam na TV.
Casos como esses estão aí pipocando diariamente pelo Brasil a fora, e o povão "injustiçado" só lembra de pedir por justiça se for em rede nacional e ao vivo.
Em pensar que esse povo vota...é por conta de gentalha dessa calibre que vemos o "melhor" da classe política se elegendo.
Quanta morbidez, quanto circo, quanta palhaçada. Sem cultura este povo vai continuar rastejando na lama da imbecilidade, da ignorância e exploração da tragédia.
As famílias das vítimas precisam chorar seus mortos, tocarem as próprias vidas tentando assimilar o golpe e esperarem por justiça, só que a imprensa amestrada e o povaréu babaquara não deixam ninguém em paz.
Até quando veremos a tragédia de uns se tornar um espetáculo de horrores e ignorância dos outros?
Pobre Brasil.

Share/Bookmark

2 comentários:

"Política sem medo" disse...

Eu concordo consigo Zorayda e acrescento mais, essas pessoas que ficam na frente das cameras de TV nessas tragedias do cotidiano mas muito mais quando os protagonistas sao famosos nao tem um pingo de sentimentos sinceros pois mostram-se sorridentes e em nada mostrando o sofrimento que a situacao requer. Assim sendo seria melhor ficar em casa pois essa postura ofende as familias das vitimas.

Valdecy Alves disse...

Olá!

Leia artigo isento de sensacionalismo. Uma análise objetiva sobre o caso Bruno. Caso goste, divulgue e comente. Acessar em:

www.valdecyalves.blogspot.com