* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

domingo, junho 13, 2010

E alguns pensavam que a Marina seria diferente do Sebento.

O lançamento da candidatura da senadora Marina Silva serviu como um divisor de águas para os que ainda apostavam na senadora como uma provável opção de voto.
Em seu discurso recheado de frases feitas e muita apelação ao coitadismo biográfico, Marina mostrou que está seguindo pela trilha do "brasileiro igual a você" aberta pelo Sebento em busca do eleitorado de menor favorecimento social e intelectual.
A Senadora nada disse sobre meio ambiente que é a sua bandeira de vida, usou e abusou do já "sacal" companheiros, marca registrada da PTralhada. Colocando sempre em evidência a sua fé religiosa, ou seja, tentou angariar a simpatia dos pobres e dos evangélicos a qualquer custo. Se for pobre e evangélico, melhor ainda. Todos temos nossas convicções religiosas, mas usar da fé para lucrar politicamente é ser no mínimo imoral.

E forçar na marca de que é "mulher, negra e pobre", (só faltou o puta para completar o manual básico da perseguida social) já está se tornando apelativo e cansativo demais.
Esse coitadismo Tupiniquim onde ela tenta mostrar ao mundo que suas origens são quase as mesmas do Sebento, só que com a diferença de que ela é "mulher, negra e pobre" que conseguiu estudar se projetar e vencer na vida já deu no saco.
Eu em um primeiro momento pensei na possibilidade de votar em Marina como uma alternativa para a quase que falta de opção que está se apresentando para as eleições de Outubro. Não sou favorável ao voto útil como forma de derrotar a cã didata dos PTralhas, mas na Marina definitivamente não dá. Eu já estou de saco cheio de um Silva, eleger outra já é burrice.
Que me desculpem os outros Silvas, mas votar em uma "mulher, negra e pobre", esquerdopata, cheia de cacoetes PTralhas e evangélica é forçar a barra um pouco demais. Precisamos de gente comprometida, séria, honesta, competente, e com história, esses currículos carregados de pieguismo não dão mais para engolir. Talvez ela consiga enganar alguns menos avisados ou com menor capacidade intelectual, mas qualquer um que consiga ligar A com B sabe que ela não é a mudança, que ela não é a opção alternativa que todos esperavam, ela só é uma PTralha que abandonou o barco do PT por que perdeu espaço e prestígio com o Sebento, assim como tantos outros que já cairam ou irão cair fora da legenda.
Ainda não decidi meu voto, mas para mim duas alternativas já estão totalmente descartadas.
A desconhecida sem passado de currículo duvidoso, Dilmá. E a coitadinha da "mulher, negra e pobre" do currículo simplório, Marina.
Agora é hora de acompanhar de perto o que o Serra tem para dizer e esperar para ver quem vai ser o seu vice, já que com a história do Tancredo morrer depois de eleito e o Sarnento assumir o poder, eu fiquei pra lá de escaldado.

Share/Bookmark

3 comentários:

LUFE disse...

Eu também nunca fui a favor do voto util, mas nessa eleição, não votar em Serra é dar voto pra guerrilheira preferida do analfa, infelizmente!!!

Pedro da Veiga disse...

Concordo com o Lufe, estamos numa encruzilhada "fila" da mãe...
PTralhas jamais...
Estou copiando esta matéria em meu blog, nada contra né?...

"O Mascate" disse...

Lufe, o que me preocupa na verdade é quem será o vice do Serra. Voto util é recurso de brasileiro que não quer se comprometer. A guerrilheira vai dar muito trabalho para os Tucanos, os PTralhas não tem ética e mentem constantemente. O Serra para ter meu voto vai ter que endurecer o discurso e começar a atacar os PTralhas com as mesmas armas que é atacado.

Pedro
Pode copiar toda e qualquer matéria para seu Blog. Volto a repetir, este blogueiro não está em busca de fama ou reconhecimento, quero apenas um Brasil melhor, e se alguma matéria postada aqui servir para esse fim, copiem à vontade, o que vale é a repercussão das idéias.

Abraço