* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

sexta-feira, fevereiro 19, 2010

Brasil, o país onde o crime compensa...

A lixarada que está na foto abaixo,
são os que mataram arrastando
por 7 KM o menino João Hélio que ficou preso ao cinto de segurança do lado de fora do carro que roubaram da mãe do garoto em 2007 no HELL DE JANEIRO.


A sociedade brasileira, ao menos os que ainda tem vergonha na cara, se indignou com a notícia da libertação e a possível ida do meliante, Ezequiel Toledo de Lima, um dos acusados do assassinato do menino João Helio, ir VIVER NA SUIÇA.
Uma ONG chamada "Projeto Legal" está tentando dar uma nova identidade para o bandido, assim como uma nova vida na Suiça. É claro, tudo bancado com o suado dinheiro do inseguro refém da bandidagem do Brasil, o otário pagador de impostos e respeitador das leis, POVO BRASILEIRO.
O tal do CHAMPINHA que torturou e matou o casal de jovens, Liana e Felipe, em Embú-Guaçu, no interior de São Paulo, só não foi solto porque a opinião pública e o pai da garota chiaram pra valer, senão....E mesmo assim, já que o vagabundo passou da idade limite de ficar na Febem, foi enviado para uma "hospedaria", onde tem todas as mordomias e regalias que muito trabalhador não consegue.
Porque não está num presídio?
Esse é o Brasil, o país da impunidade, da imoralidade, da falcatrua,e da safadeza.

Falsos moralistas, ou alguns políticos mal intencionados são contra a pena de morte para vagabundos, assassinos, traficantes, e políticos corruptos.
E também são contra o porte de arma para a população. Vai aí um certo receio dos legisladores de que tais leis possam ser aplicadas contra eles mesmos.
Mas, para tudo na vida existem limites, e ser um cordeiro nas mãos de vagabundos por não TER O DIREITO de se defender já é chamar de uma vez o povo de otário.

Digo uma coisa, por não confiar nas instituições e nem na justiça brasileira, apenas rezo para que jamais aconteça uma tragédia como a do garoto João Hélio com um dos meus filhos, pois, desde já deixo claro que tomarei a justiça em minhas mãos.
Não vou sentar e esperar algum ONGueiro "bem intencionado" ou alguém dos DIREITOS HUMANOS que venha em meu socorro.

Portanto, o Brasil só vai mudar na hora em que o povo deixar de se acovardar e começar a caçar os bandidos que roubam de um picolé, até o de colarinho branco que esfola o país tornando a vida por aqui praticamente uma guerra civil. Temos que nos opor a esse tipo de afronta à cidadania e liberdade dos que vivem dentro das regras, estamos nos tornando "patinhos" em estande de tiro de parque de diversões, é só mirar e abater.
Pais de família, jovens, crianças, mulheres, morrem diariamente nas mãos dos "excluídos sociais", e quando algum desses cai em cana, tem direito, a três refeições por dia, visita íntima, banho de sol, médico, dentista, progressão da pena, e não precisa estudar nem trabalhar.
E a família do bondoso marginal, ainda tem direito à passagem de onibus paga pelo estado, caso a pena do "ente querido" esteja sendo cumprida em outra cidade que não a da moradia dos familiares. Passagem essa, para visitar e fazer mais filhos que serão jogados nas costas do estado trazendo ainda mais problemas sociais e pobreza para a sociedade.
Está na hora de alguma coisa mudar neste país.
O brasileiro de verdade, tem e deve pegar em armas para se defender das ameaças à liberdade, à família, e ao patrimônio.
Da forma em que está, em breve, estaremos sendo comparados aos Judeus dizimados pelos alemães na segunda guerra, simplesmente se deixar matar sem reagir.

Passou da hora do povo abrir os olhos!!!!


PORTE DE ARMA PARA O CIDADÃO, JÁ!!!!!

Share/Bookmark

4 comentários:

Anônimo disse...

Muito bem amigo, já passou da hora de mandar alguns para o inferno.

Cachorro Louco disse...

Caro Mascate ,creio que chegou a hora de todo cidadão brasileiro ter sua arma e aprender a usa-la como fazem os suiços .Não dá pra deixar impune um monstro como esse Esequiel .Tem de morrer em praça publica para servir de exemplo.Também acredito que todo vagabundo de ONGs de direitos humanos deve morrer junto ,pois esses desgraçados só querem ajudar criminosos.Essas coisas me deixam indignado .

Abraços

ballarin disse...

Arma em casa deve ser um direito do cidadão. Se não podemos nos defender dessa bandidagem que anda solta por aí, o que mais nos resta.
Porte de arma já para o cidadão. Fogo nos bandidos e prêmio para quem matar um vagabundo dentro do seu território.
João Ballarin

Brasileira disse...

Mascate


De tanto ver a desonra no comando do país, sem reação compatível com a barbárie perpretada pela gentalha PutrefaTa, concluo que não existem mais homens que honram o que contém suas calças.

SÃO EUNUCOS MORAIS!!

Que tragédia de país é esse?

O que herdarão nossos descendentes?