* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

terça-feira, abril 28, 2009

Manifestação contra a Visita do terrorista e presidente do Irã ao Brasil

MANIFESTAÇÃO NA PAULISTA
.
.
Aos amigos de São Paulo, e mesmo os que não são e quiserem ou puderem comparecer à manifestação contra mais um terrorista que será recebido pelo governo brasileiro com honras de chefe de estado.
Está chegando a hora do brasileiro sair da inércia e da covardia, afinal, um dia ainda iremos nos tornar uma nação.
.
.

Em uma iniciativa da Juventude Judaica Organizada (JJO) em parceria com grupos judaicos, evangélicos, homossexuais, bahais, de defesa dos direitos humanos e da mulher, com a participação de autoridades e políticos, será realizada na Avenida Paulista neste domingo uma manifestação contra a vinda do presidente do Irã ao Brasil.
Um país democrático como o Brasil NÃO PODE receber um defensor do totalitarismo, da homofobia, do revisionismo histórico, da discriminação de mulheres e religiosa (bahais, evangélicos, judeus e outras minorias torturadas, massacradas e mortas no Irã); e da destruição de Israel, sem criticá-lo abertamente.
Dia 03/05, domingo, às 11h00
Praça Ml. Cordeiro de Farias (Pça dos Arcos, na Esquina da Av. Angélica com a Avenida Paulista)
Fonte: Blog Dois em Cena http://dois-em-cena.blogspot.com/

Share/Bookmark

7 comentários:

Star disse...

Já estou lá!
Mais um ditador louco ninguém aguenta.

Dois em Cena disse...

Será uma ótima oportunidade de mostrar ao apedeuta e sua doente de estimação que jamais ele falará em nossos nomes.
Estarei lá protestando contra esse cara do Irã e contra O Cara daqui.
Dessa vez, apesar de estarmos absolutamente contrariados com a vinda desse ser, somos em muitos e somos mais esclarecidos. Não seremos mais covardemente atacados sem espernear.
BARUCH ASHEM !!!

Jeryá disse...

Bruno Garcez, BBC Brasil

“O diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, acredita que o Brasil caminha para ser ''um dos maiores nomes da economia mundial'', e que o papel brasileiro junto à comunidade internacional é mais importante do que o fato de o país ainda contar com uma representação dentro do Fundo aquém do peso de sua economia.

Os comentários de Strauss-Kahn foram feitos neste domingo, durante a entrevista coletiva realizada por ele e o presidente do Banco Mundial (Bird), Robert Zoellick, para marcar o encerramento da reunião de primavera do Fundo e do Bird.

''O Brasil está se tornando um dos maiores nomes da economia mundial. E a importância do Brasil na cena internacional, o papel desempenhado pelo presidente (Luiz Inácio) Lula (da Silva), são o que fazem do Brasil mais importante do que o tamanho das cotas'', afirmou Strauss-Kahn.

As cotas destinadas aos países que integram o fundo determinam o poder de voto de cada nação dentro do FMI. Inicialmente, as cotas visavam ser condizentes com o peso econômico de cada país, mas atualmente elas não refletem mais o crescente peso econômico das nações emergentes.”

Fernando disse...

Jeryá

Pelo que vejo sua intenção é querer mostrar a alguém que o Batráquio da Selva é o unico responsável pela política econômica e pelo sucesso financeiro do Brasil lá fora.
Só que eu tenho uma notícia para te dar, o Da Selva apenas continuou o programa econômico do FHC, que já tinha colocado o Brasil no rumo, e mesmo inchando a máquina pública, a dívida interna em níveis estratosféricos com taxas de juros das mais altas do planeta, com uma política fiscal e econômica medieval e com muitomtrabalho da iniciativa privada, o Brasil caminhou rumo ao desempenho que vimos. Mas agora com água, comida e petróleo em abundância é óbvio que o mundo irá babar os ovos do Batráquio ou mesmo de Hitler caso ele conseguisse renascer e ser eleito presidênte da banânia.
Um presidente que passou quase sete anos de governo sem fazer uma obra sequer, sem um grande momento a não ser de corrupção e passeios de repente para os desinformados do Brasil vira estadista. Só gente sem noção é capaz de acreditar no Batráquio. Ele sabe se vender muito bem, fala como sindicalista, administra na onda dos outros e dá comida para o povão vagabundo e indolente. Mantém as estatais inchadas e com salários irreais para seus funcionários, distribui cargos para a PTralhada, joga dinheiro péla janela com os "irmãos menores", deita e rola com o dinheiro do país e vive de inaugurar promessas.
É óbvio que o diretor gerente do FMI vai falar bem do Batráquio, ele sabe que ainda restam reservas canbiais e esse dinheiro é de interesse dele, então, nada melhor que inflar o ego do Batráquio que ele abre o cofre..
Já imaginou se as teles ainda estivessem nas mãos do governo?
Estaríamos com internet discada e celular ainda seria artigo de luxo, sem contar que a cumpanherada estaria fazendo a farra do cargo público.
PRIVATIZAÇÃO JÁ!!!!

Anônimo disse...

porque??mais terrorista é israel,que eentre seus soldados ostentam camisetas com fotos de mulheres gravidas como alvo para serem mortas com apenas um tiro,quem é o terrotista??e israel é um estado forjado,roubado,dos palestinos,quem é o terrorista??e aliás esses judeus se acham israelenses mesmo nascidos em Brasil,pesquisem BEM VINDO EXELENTÍSSIMO SENHOR AHMADINEJAD,SEJA MUITO BEM VINDO AO MEU PAÍS

Jerya disse...

Me desculpe, mas é preciso ser muito fanático ou ignorante para acreditar que um país cresça no vácuo de um governo que não fez nada em relação a: dívida interna e externa, risco país, diminuição da pobreza, aumento do salário mínimo, enfrentamento de crises muito menores que a atual, aumento e melhora da empregabilidade, comércio exterior, balança comercial, inclusão social, universidades federais, escolas técnicas, competentes privatizaões das rodovias, melhoria do portos e aeroportos, seca no nordeste, inflação, renúncia fiscal de setores estratégicos, inserção e respeito internacional para com o Brasil, aumentos salariais para todas as categorias de trabalhadodes, aumento do PIB, juros internos e externos, inserção de cidadãos ao direito à educação, etc. etc. etc.,

Em que áreas mesmo que o FHC fez alguma coisa, onde foi melhor???

Anônimo disse...

Brasileiros e brasileiras!
Acho as manifestações um instrumento muito importante para expor opinião da coletividade, mais acho que precisamos criar vergonha na cara e fazer manifestação para por exemplo: Tirar o presidente do congresso o Jose Sarney, Paulo Maluf, Renan Calheiro, esses sim são os verdadeiros terroristas que fazem o terrorismo em nosso pais com nossa gente, de verdade espero um dia morar em um pais onde as pessoas se preocupem de verdade com o seu povo e não percam tempo em se manisfestar contra uma pessoa que causa terror em outro pais que muitos nunca terão sequer a oportunidade de conhecer é um absurdo.
Cria vergonha na cara Brasil, chegha de se preocupar com a vida dos outros precisamos cuidar de nos brasileiros chega de hipocresia brasileiros.