* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

terça-feira, março 03, 2009

Enquanto isso nas Terras Brasilis... ( Melhor Visualizado com navegador Firefox)


Está na hora da Nação desmascarar o "campeão de opinião pública" e prêmio globeleza das bolsas da miséria . O homem que tem medo de sair nas ruas e ser anunciado às multidões espontâneas como presidente da República, porque teme ser alvo, novamente, de estrondosa e retumbante vaia, é o chefe da família Da Silva que, a curto prazo, tronou-se famosa, rica e poderosa. A Revista Forbes espera a oportunidade para publicação do patrimônio acumulado, bem como das famílias Chávez e Castro.

Do Observatório de Inteligência
Por Orion Alencastro

Há longos meses vimos conscientizando nossos respeitáveis leitores, principalmente os responsáveis por funções que dizem respeito às coisas da defesa do Estado, os profissionais de inteligência, os policiais federais, os auditores da receita e os indormidos militares, sobre a Força Nacional de Guerrilha Rural e Urbana, liderada pelo denominado MST.

O anunciado Carnaval Vermelho do MST foi perpetrado com o conhecimento do Palácio do Planalto e simultâneo aos deslocamentos de Mr.Da Silva e senhora durante os dias de Momo, marcados pela tímida aparição do casal no parapeito do camarote do governador Cabral, na Marquês de Sapucaí.

Bandoleiros armados

Estima-se que haja mais de 140 mil indivíduos alinhados nessa legião transformada de bandoleiros, detentores de armas espalhados no país, criteriosamente financiada sob as ordens do presidente da República, compondo o quadro da guerra assimétrica em desenvolvimento em todo o território nacional, no Estado que está sendo conceituado como albergador de criminosos de toda ordem e partícipe do crime organizado, fragilizando a necessária estatura moral da Nação.

O que acabamos de verificar no estado natal de Mr.da Silva foi o MST massacrar, injustificavelmente, quatro brasileiros que zelavam pela guarda de uma propriedade rural e invadir inúmeras áreas prticulares, no Pontal do Paranapanema, sob a liderança do delinqüente José Rainha, atemorizando centenas de famililas que habitam aquela região do ordeiro Estado de São Paulo.

O que desaponta, dada a repercussão externa do fato, ocorrido enquanto o chefe da Nação graciosamente jogava camisinhas da tribuna carnavalesca, é que nem o próprio financiador da “guerrilha rural brasileira”, nem o Sr. Tarso Herns Genro, neto de judeu enganado e perseguido do

Jorge Armando Felix, general da reserva, Ministro Chefe do Gabinete de Segurança Institucional, seis anos de desapontamento de seus antigos colegas de arma. Conseguiu, com as limitações pessoais, desmotivar e perturbar a função de Estado de uma elite de brasileiros idealistas que êcompõem os quadros da Agencia Brasileira de Inteligência. Nos seis anos de GSI, nomeou cinco pessoas: três apropriados profissionais de inteligência , um desastroso e narcisista delegado de polícia civil de São Paulo e um famoso delegado federal que transformou a Agência em polícia de boca de cais do porto. Serve ao governo imoral e corrupto que não gosta de servidores “inteligentes”.

nazismo, nem o barão Secretário Nacional dos Direitos Hunanos, tiveram a coragem ou a decência moral de virem a público se manifestar sobre o assunto. É o silêncio próprio dos covardes que aprenderam a arte do ocultamento pessoal em cenários conflitantes com os fins revolucionários determinados. A tarefa de "livrar a cara' do 3o. e 4o. andar do Palácio do Planalto foi delegada ao companheiro Ministro do Desenvolvimento Agrário, padrinho do MST, Guilherme Cassel.

CIA e parceiros atentos ao MST

Conforme antecipamos, a CIA e parceiros estiveram assistindo o circo do Forum Social Mundial, em Belém, e seguiram para Caracas, onde permaneceram de campana até apreciação da repercussão dos resultados da consulta popular, sob pressão policial, que garantiu a possibilidade de continuidade no poder do ditador Hugo Chávez na Venezuela.

O fato subsidiou o documento de estréia de Leon Panetta na Chefia da Agência Central de Inteligência. Argentina, Brasil, Equador e Venezuela são espaços territoriais que passam a receber observações clínicas nos periscópios da CIA e congêneres.

A corrupção e o crime organizado circunscrito à Venezuela passam a ser pauta dos analistas de inteligência também em outros paises da América Latina. O desdobramento da crise econômica global e a sua repercussão nas garantias da manutenção da segurança internacional são objeto de prioritário acompanhamento diário do presidente Barack Hussein Obama, por determinação pessoal ao chefe da CIA.

Tarso Herns Genro, Ministro da Justiça, o pontificador de pareceres, zombador da cultura jurídica nacional, especialista na inversão do direito da responsabilidade social e publica, acredita que o seu protegido assassino internacional Cesare Batistti,será seu cabo eleitoral a governador do Rio Grande do Sul. A sociedade ítalo-brasileira gaúcha já está preparando uma resposta nas urnas de outubro de 2010.

Na primeira quinzena de março será elaborado o documento de situação do Brasil, que orientará o presidente dos Estados Unidos no diálogo com o colega Mr. Da Silva, em visita a Casa Branca, dia l7. As ameaças à democracia, a garantia do direito, a segurança regional, o narcotráfico, os movimentos revolucionários ditos sociais, a questão da Ilha Cárcere do Caribe e os acordos bilaterais comporão os subsídios que fundamentarão a interlocução do presidente americano.

STF desperta com o Governo do crime

O Carnaval Vermelho acendeu também as luzes vermelhas no gabinete do presidente do STF. As fichas estão caindo e o Governo do Crime começou a ser entendido pelas pontas dos dedos que acionaram as armas e massacraram quatro trabalhadores em Pernambuco.

É o investimento financeiro na insanidade do MST com o dinheiro dos cofres públicos que leva o ministro Gilmar Mendes a chamar a atenção da opinião pública, perplexa pelo silêncio do Presidente da República Sindical Socialista do Brasil. Calou-se diante do crime praticado pelos seus companheiros de sindicatos e federações, treinados em armas por instrutores das FARC e Via Campesina. Esperamos que o lamentável fato seja o fio da meada para desmascarar Luiz Inácio da Silva, o presidente que passará para a história como o Chefe do Governo mais corrupto de nossa ludibriada Pátria, o Governo do Crime Organizado. (OI/Brasil acima de tudo). As ONG que apoiam o MST e sua petralhada já embolsaram do governo a módica quantia de R$ 49.000.000,00 para financiar as invasões armar e orgagizar militarmente o MST.

O ministro chefe do STF, Gilma Mendes, acaba de despertar da sua letargia e entendeu que a situação do Estado é grave.

O inquilino do Palácio do Planalto subestimou a inteligência do judiciário, que acaba de ligar os fatos que transformaram Brasilia na sede do governo do crime organizado.

Executivo e Legislativo agem em conluio, nas barbas do ministério público e do poder legislativo, a totalidade dos aportes financeiras dos ministérios nunca chega integralmente aos objetivos do interesse público.

O senador Jarbas Vasconcelos vai falar mais.


Share/Bookmark

3 comentários:

Maria B. disse...

Vamos aguardar por quanto tempo se sustenta a afirmação do apedeuta de que é inadimissível a alegação de legítima defesa dos criminosos do MST.Até aqui me parece um bom sinal, sinal de que o governo do ilustríssimo começa a ser arranhado para valer.84% de popularidade rolarão ladeira abaixo quando o povo, este ignorante, se der conta de que essas ações nada mais são do que o PT governando.
Saudações.

Samuca disse...

Fernando
O duro é ouvir o FDP do ministro da justiça chamar o MST de movimento social.
A caradura desse povo é impressionante.
Estamos entregues à moscas mesmo!

Marquer disse...

inacio da silva nunca fora eleito ou nem mesmo teve expressão de importância na disputa presidencial, porque todo o povo tinha medo do PT em conjunto com o MST. TODOS achavam serem uma mesma quadrilha.

Um marqueteiro esperto, tb da familia dos moluscos, fez os PTralhas entenderem este medo. Aceitaram a tese, confiaram na maquiagem a ser feita no marginal, o travestindo de cidadão bonzinho e competente e acabou dando certo! Inacio venceu as eleições...!!!

Anos depois, sem mais conseguir descaracterizar a toda a população, as ligações das facções criminosas PT/MST/FARC/PCC que formam uma mesma quadrilha, tentam maquiar uma genuina terrorista, assaltante de banco e verdadeira marginal em mais uma enganação ao povo.

Esta oposição não vence essas eleições se não quiser!! O prato ta feito, é so comer... mais desmascarados do que eles estão agora, é impossível!