* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

domingo, novembro 09, 2008

E o sinal não abre!!!

Alguém encontrou a palavra "créu" no dicionário? Pois bem, nem eu. E partindo do princípio de que todas as palavras existentes e com sentido definido constam no dicionário, se "créu" não consta, não existe. Porém existem pessoas que, partindo de uma definição particular de manifestação cultural - que particularmente não considero como sendo - "compõem" uma música com essa palavra que não existe, e essa mesma "música", constando basicamente de uma única palavra - "créu" - é ouvida pela maioria.
Será que a capacidade das pessoas de avaliar o que lhe são apresentados morreu, e por essa razão se quer questionam? É totalmente sem cabimento que um barulho desses seja ouvido e tenha se tornado tão popular, ao ponto de se ouvir no centro da sua cidade carros e mais carros tocando essa "música" a todo volume. E também é totalmente sem cabimento você presenciar um grupo de indivíduos, de organismos desprovidos de massa cefálica, com os "fucinhos" cheios de alguma variação alcóolica misturada a energéticos e cerveja, "dançando" o "créu", que vem de um carro super equipado, com um volume de som que chega a fazer inveja a muito trio elétrico, estacionado na frente daquele boteco que conta com aquela indefectível churrasqueira montada na calçada exalando um odor de carne queimada e muita fumaça de carvão, justamente onde você acidentalmente está parado no trânsito e reza para que o sinal abra o mais rápido possível e você arranque dalí a toda velocidade antes que se intoxique com a fumaça, ou a agressão contra o seu sistema nervoso deixe seqüelas.
Além de carros, desses organismos acéfalos, existem também programas de televisão que, para atrair audiência, abrem espaço para que grupos "musicais" do mesmo gênero se apresentem, e os coitados acéfalos pensam que fazem isso porque são adeptos da "cultura funk" (?).
Essa linguagem apelativa que geralmente está presente nesse tipo de "música", o jeito com o qual se "dança" - que mais parece o ato sexual em si - caracterizam um tipo de pessoas que vulgarizam e banalizam o sexo, igualam-se a animais, que agem por instinto; uma "cultura" baseada na promiscuidade, e é justamente essa "cultura", banal e totalmente ridícula, que é quase venerada. Não há questionamento, não há nenhum tipo de avaliação quanto ao conteúdo - mais precisamente à falta de conteúdo. Porém, quando o assunto é a cultura deixamos muito a desejar, É preferível ser discriminado, sofrer preconceitos do que se igualar a esse tipo de organismo desprovido de massa cefálica, que repete ininterruptamente um requebrado quase que mecânico e a mesma palavra sem sentido, e o pior, dizem ser um (argh!) "movimento cultural... UFA!!! finalmente o sinal abriu....

Share/Bookmark

8 comentários:

beto siqueira disse...

Realmente vc tem razão, não tem saúde mental que aguente tanta mediocridade.
Mas enfim eles tem a musa do Créu, a tal da mulher fruta, aquela que tem bunda de melancia e cérebro de avelã.
Movimento cultural....há há há!!!

JC Ribeiro. disse...

Bem Fernano Créu são quatro letras repetidas á exaustão como uma forma de ensinar o alfabeto aos seres de cérebro atrofiado que mal conseguem assimilar a o abc. Agora chamar esse lixo de movimento cultural é entregar de vez.

Marcelo disse...

POis é... mas é o cultural e todos devemos repetir em coro como um mantra "é cultura, deve ter seu valor reconhecido".. repitamos até que cheguemos a comprar MC Katra e Taty Quebra Barraco a Mozart e Maria Callas...

Sabe o que eu acho? Cultural é o escambau. Aquilo é um lixo e pronto. Vou discutir o quê? Que valor tem aquilo?

Anônimo disse...

"Aquele que não conhece a verdade é simplesmente um ignorante, mas aquele que a conhece e diz que é mentira, este é um criminoso." - Bertold Brecht


a verdade também no
www.blogdoclausewitz.blogspot.com

ateuatoa disse...

É meu caro Fernando. Também esperar o que de jovens formados(?) por nossas escolas(?).
O ensino fundamental que é a base onde toda a cultura futura irá se sustentar é uma merda. Alunos são aprovados mecanicamente, saibam ou não a lição, logo, só pode dar nessa massa anencefálica.
E, de fato, estar exposto ainda que momentaneamente,a um martírio desses é lamentável!

"CHIPS" disse...

Fernandinho, o que vc descreveu é a visão do inferno!!!
Por acaso esse boteco fica próximo a uma universidade "caça-níquel" aqui de Santos?
Aquela que tem uns professores meia-boca que são dublês de comerciante?

Indignatus disse...

É o fim dos tempos, musica ruim, juventude estereotipada a ponto de não conseguirmos diferenciar um jovem de boa família de um bandido, mulheres de bunda grande rebolando continuamente sem o mínimo talento a não ser o dos glúteos, qualquer zé mané que consegue juntar duas a três letras diz que é compositor, e o pior consegue gravar um CD e bombardear nossas vidas com esse lixo cultural, e ainda recebe apoio dos aproveitadores de ocasião que se juntam a esses movimentos para mostrar o "brilhantismo" que vem da favela, OPS, desculpem, comunidade. Depois falam em votar para mudar, mas como se muda alguma coisa com uma juventude alienada a esse ponto?

Fernando disse...

Chips, você deveria ser detetive, he he he.